sexta-feira, 19 de outubro de 2012

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio - Lição 3 - Revista Betel



AULA EM 21 DE OUTUBRO DE 2012 – LIÇÃO 3
(Revista: EDITORA BETEL)

Tema: “O Discipulado do Apóstolo Paulo”
  
Texto Áureo: At 22.13
  
INTRODUÇÃO
            - Professor(a), com esta lição aproveite para ensinar o que é ser discipulado,
pois muitos querem pular esta importante fase. Querem sair pregando sem
conhecerem quase nada de teologia.
- “Gamaliel”, era um sábio erudito da Lei, aparece uma vez no Novo
Testamento acalmando o ânimo dos judeus para deixarem de perseguir os
apóstolos At 5.34-40.
-“orgulho genealógico”, genealogia é a linhagem familiar, esse orgulho
genealógico era pelo fato de ele pertencer a tribo de Benjamim.

1. A NECESSIDADE DE CUIDADO
- “aguardando a resposta de Deus”, alguns estudos afirmam que mesmo
depois de receber a sua cura Paulo não saiu pregando, mas ele teria se
retirado para a Arábia a fim de meditar e retornou depois de três anos.
- O fato é que ele não saiu sem uma direção como alguns fazem hoje em
dia, não sabem nem qual é o seu chamado e saem pregando por ai sem
nenhuma visão do seu chamado.

1.1. Paulo não podia ver
- “A Bíblia omite”, algumas pessoas afirma algo que a Bíblia não, como
o aquela velha afirmação de que “Paulo caiu do cavalo”, é necessário entender
que a Bíblia só trata do que é necessário para a salvação. Muita gente fica
ponderando  sobre detalhes.
- “mas agora amparado”, há um primeiro momento na nossa caminhada
que precisamos ser conduzidos, pois nossos olhos não estão completamente
abertos, é o momento em estamos aprendendo as doutrinas, depois que
passamos a conhecer, podemos então pregar.

1.2. Limitado para andar
- “precisava ser abatida”, algumas pessoas para serem usadas pelo
Senhor precisam primeiro serem libertadas da arrogância pessoal e esse
foi o caso de Paulo. Outro casa conhecido foi o de Moisés que precisou
passar quarenta anos no deserto, antes de ser enviado pelo Senhor par
libertar o seu povo.  

1.3. Sem comer e beber
- O jejum também demonstra prioridade ao Senhor, por isso foi instituído
para adoração ao Senhor. Quando alguém se dedica a fazer algo pra
Deus e o faz em jejum, essa pessoa tem mais chance de ser aceita por
Deus. Não é correto um jejum para troca, pois o Senhor quer um
coração contrito e não um coração ganancioso.
- Não existe uma doutrina bem definida sobre jejum, o que muitas
igrejas fazem é seguir as tradições.
 ________________________________________
2. A VISÃO DE CUIDADO                            
             
            2.1. Levanta-te e vai à...
            - “Por que Cristo não fez assim?”, essa é a pergunta chave, recomendo
que você deixe os alunos responde-la e veja se tem coerência com as
respostas apresentadas nesse tópico.
- Eis as respostas:  
a) “para que as experiência...tivesse testemunha”, mostrando para todos
que o Senhor é quem estava levantando aquele vaso, se Cristo mesmo
curasse Paulo, poucos acreditariam nele e o inicio da obra estaria prejudicado.
b) “ele mesmo...acesso em sua lembrança”, Deus nos permite passar por
situações mais adversas para que tenhamos experiências de vida, pois
poderemos e seremos usados para fortalecer pessoas que estarão passando
pelas mesmas provações.
c) “usar os vários membros”, o Senhor deseja que vivamos em união, por
isso Ele se agrada em que trabalhemos unidos, ele sempre envia de dois em dois,
às vezes, com tantos irmãos perto de nós, mas o Senhor trás um servo de
longe para falar algo. Assim o Senhor faz a integração do seu povo.

2.2. Punha sobre ele a mão...
- O Senhor sabe que o ser humano é psicologicamente frágil, nem todos os
irmãos aceitam quando dizemos: “Quando eu chegar em casa eu oro por você.”
ou se dizemos: “Nós já oramos por você na igreja.”, muitos não aceitam
isso, pois eles querem que vamos até suas casas, e lá estendamos as mãos
sobre seus filhos seus móveis, suas camas, etc.

2.3. Senhor de muitos ouvi...
- Às vezes ocorre conosco como com Ananias, demonstramos uma falta
de fé em relação a algum ímpio, mas o Senhor pode tudo.
- Temos que acreditar que o Senhor pode fazer uma grande obra na
vida do pior bandido.
- Cristo estava também discipulando a Ananias para que ele aprendesse
que Deus pode levantar pessoas de onde menos esperamos. Alguns
agem como Ananias e colocam empecilho para tudo que lês são ordenado
a fazerem, esses precisam aprender que se eles não quiserem trabalhar,
o Senhor pode salvar um traficante e levantá-lo com o servo fiel e
corajoso.
________________________________________
3. A MISSÃO CUMPRIDA
- Deus permite que alguns irmãos ponderem com Ele, porém somente os
servos, como foi com Moisés que intercedia pelo povo e com muitos
outros servos.

3.1. Ananias foi ao encontro de Paulo
 - O Evangelho precisa de servos como Ananias, que tem uma palavra de
esperança o abatido, encontramos irmãos que ao verem alguém na dificuldade
ainda aponta dizendo que está em pecado ou que não tem fé.
- No tempo em que vivemos em que não há aquela perseguição como
no tempo de Ananias e Paulo, deveria existir mais irmãos do
tipo de Ananias, Barnabé, Silas, Tito, Apolo, Áquila e outros, que mesmo
não sendo muito famosos, mas são verdadeiros exemplos de simplicidade
e disposição, e alegria de coração.

3.2. Paulo foi batizado
 - “deitado ou sentado”, não convém debater se o batismo de Paulo foi
por imersão o ou aspersão, é interessante não deixar a aula entrar nesse
problema que nunca foi resolvido.

3.3. Paulo com outros discípulos
- Paulo não se achava digno de ser um servo do Senhor, pois ele
havia perseguido o povo de Deus.
- Paulo também não conseguiu ter um relacionamento muito próximo
dos doze apóstolos, devido a sua obra e o seu temperamento.
 ___________________________
CONCLUSÃO
- Para encerrar, comente que aqui tem um esboço do discipulado de
um servo que foi um grande vaso nas mãos do Senhor.
- Faça um resumo e apresente aos alunos.
- O discipulado é uma obra tão importante quanto evangelismo, pois
se o evangelismo a alma pra Cristo, é o discipulado que ajudará
essa alma a permanecer firme.

 Boa aula!
 _____________________________________________

Marcos André - professor

2 comentários:

  1. pastror a paz do senhor!
    no cap.1.3 da liçao sobre Paulo da betel no segundo paragrafo o senhor disse que nao existe certa um adoutrina para jejum e sim para ter mais aceitaçao(chance)com Deus certo? te pergunto:
    e nossas igrejas,fazem campanhas e mais campanhas,com esse pensamento o nosso povo não se esfriará se não existe uma regra?

    obrigado antecipado pela resposta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paz querido(a), gostaria que você assinasse a pergunta.
      Acho que o povo de Deus se esfriará sim se não conhecer a Palavra de Deus, o que se vê é que os cultos de campanhas estão enchendo, e as Escolas Dominicais esvaziando. Eu acho que esvaziaria sim por que iria sair os comerciantes que fazem jejum para conseguir coisas de Deus, mas nunca assumem compromisso com Ele.

      Excluir

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.