segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio - Lição 12 - Revista da Editora Betel



AULA EM 23 DE DEZEMBRO DE 2012 – LIÇÃO 12
(Revista: EDITORA BETEL)

Tema: “Noções do Pensamento Escatológico de Paulo”
  
Texto Áureo: 1 Co 10.11
  
INTRODUÇÃO
            - Professor(a), eis aqui uma aula interessante que vai manter sua classe bem ligada, cuidado porém com as crenças sem base bíblica que surgem no meio do povo de Deus.
            - “escatologia”, é o estudo dos últimos acontecimentos ou últimas coisas, trata dos acontecimentos próximo e após a volta de Cristo.
- “Questões como...”, essas questões na verdade não eram enviadas a Paulo, elas surgiam nas igrejas e viravam polêmicas, chegando a dividir ministérios, geralmente as polêmicas chegavam aos ouvidos de Paulo, que lhes escrevia as cartas, para corrigir os desentendimentos.  

1. FONTES DA ESCATOLOGIA DE PAULO
- “acreditavam que o fim era chegado”, esse era um pensamento corrente na época dos apóstolos, a comunidade cristã pensava que Jesus retornaria por aqueles dias, a crença de que Jesus pudesse retornar a qualquer momento era tão forte que muitos crentes de Jerusalém chegavam a vender tudo que tinham e davam na igreja.

1.1. O Antigo Testamento
- “material do judaísmo”, essas eram as fontes de Paulo, de onde ele extraiu a doutrina das últimas coisas. Esse material era o Antigo Testamento, o Talmude e os livros apócrifos.
- “basta ter lido o A.T.”, infelizmente existem crentes que lêem somente o Novo Testamento, assim como existem pregadores que só pregam no Antigo Testamento. O crente deve ser completo, é necessário ler toda a Palavra de Deus.
 - “resumiam-se ao A.T.”, nessa época já existia a Septuaginta, contendo o rol completo do A.T. todo em grego.

1.2. Baseado na pessoa de Cristo
- “primícia dos que dormem”, ou seja, é o primeiro dos que dormem, nesse caso é o primeiro a se levantar dos mortos, quando Paulo diz que Jesus foi o primeiro a se levantar da morte, está demonstrando que depois Dele muitos outros se levantarão.
- Conclui-se nesse tópico, que Cristo é a base de toda escatologia.
- Outra conclusão é que pela doutrina que Paulo ensinou, Jesus é a base de toda a ciência e o fundamento da fé cristã. Por isso o Senhor Deus escolheu a Paulo, pois ele foi capaz de mostrar nas Escrituras como ela aponta para Jesus.

1.3. Novas revelações de Cristo
- “trata-se de um segredo divino”, convém lembrar que a doutrina sobre arrebatamento não inicia com Paulo, ela começa com Jesus prometendo voltar para os seus discípulo após preparar um lugar Jo 14 e depois é anunciada pelos anjos em At 1.10,11 sendo dito que Jesus desceria da mesma forma como foi visto subir, ou seja, tendo desaparecido nas nuvens, apareceria novamente nas nuvens. GLÓRIA!!!
(Correção do irmão Mendes: a doutrina do arrebatamento é o evento anunciado em 1 Ts 5.2.)
- Mas a palavra arrebatamento, essa sim fica no crédito de Paulo, pois não aparece em lugar nenhum, a não ser em suas cartas, sabemos com certeza que é revelação do Espírito Santo.
________________________________________
2. ESCATOLOGIA SUBJETIVA                           
- “diz respeito ao indivíduo”, fala o que vai acontecer individualmente com cada um nos acontecimentos futuros do plano de Deus.

            2.1. A certeza da volta do Senhor
            - “parousia”, essa palavra grega foi usada por Paulo em suas cartas, quando encontramos nas cartas falando sobre vinda de Cristo, sabemos que a palavra usada no original grego foi “parousia”.
            - Acréscimo: pela escatologia atual, entende-se que a 2ª vinda de Jesus ocorrerá em duas etapas, na primeira Ele vem como um ladrão arrebatar a sua Igreja, sendo oculta aos olhos do mundo 1 Ts. 4: 17, e na segunda, Jesus vem com a Igreja e com os anjos de guerra, como um general a frente do Seu exército, a fim de livrar Israel do cerco do anticristo Ap 19: 11-14; Zc 14: 4.

2.2. O estado intermediário da alma
- “não precisam ter medo de morrer”, obviamente a morte nos leva para perto de Deus, mas a experiência da morte é sempre difícil para qualquer pessoa devido a natureza humana, pois o ser humano não foi criado para morrer, mas sim para viver eternamente. Por isso todos sentem um certo medo de passar pela morte.
- “sono da alma”, teologia adventista onde afirma que a pessoa ao morrer, a sua alma entra em um estado sono, aguardando o dia da ressurreição, essa teoria surgiu com as passagens que usam o termo “dormir no Senhor” 1 Ts 4.15.
- “purgatório”, dogma católico. Afirma que a pessoa ao morrer permanece em um local sendo purificada pelo fogo, ou seja, purgando seus pecados. Essas duas teorias não são doutrinas bíblicas.

2.3. A ressurreição dos mortos e arrebatamento dos vivos
- “estranhamente não criam nisso”, mantinham uma dupla personalidade, professavam com a boca, algo que em seus corações não creditavam. Isso é semelhante ao que muitos irmãos praticam hoje em dia.
- “saduceus”, era uma partido religioso de Jerusalém, que não acreditava na ressurreição dos mortos.
- “um novo corpo espiritual”, essa concepção da existência de um corpo espiritual, surgiu com a ressurreição do Mestre, veja a conclusão de Paulo em I Co 15.44.
- Havia um conflito de ideias na igreja dos tessalonicenses, mas pelo ensinamento das cartas Paulo esclarece, não deixe de ler as passagens das referências.
- A importância do ensino é devida ao fato de esclarecer esses pontos de dúvidas na fé, o problema é que o ensino é pouco frequentado nas igrejas.
____________________________________
3. ESCATOLOGIA OBJETIVA

3.1. O surgimento do anticristo
- “anticristo”, aquele que se opõe a Cristo, será um líder habilidoso que conseguirá reunir as potências mundiais em um governo único, mostrando-se um homem bom e capaz. Mas no devido tempo ele se revelará contra tudo que se chama Deus.
- “homem do pecado”, entende-se pela referência de 2 Ts 2.1,2 que a manifestação do anticristo ocorrerá antes da vinda de Cristo, porém a pessoa do anticristo aparecerá depois do arrebatamento, pois a Igreja arrebatada virá com Cristo quando Ele vir livrar a Israel Zc 14.15.
- “epifania do anticristo”, epifania significa a conclusão, a peça que faltava, aqui seria a revelação final do anticristo.
- “ambiente preparatório”, esse será o preparo do mundo para a aceitação do governo do anticristo, os países estarão em crise, a violência dominará e a igreja estará inerte a toda essa situação.

3.2. A revelação da epifania
 - “revelação da epifania”, significa a aparição da última peça que faltava para essa escatologia, que seria a própria pessoa do anticristo. Por isso o comentarista chama de “ápice da escatologia”.
- “exposição de sua palavra”, a exposição da Palavra de Deus não é uma pregação simples, funciona como explicação dos textos sagrados, tirando as dúvidas e esclarecendo os pontos mais complicados. As pregações atualmente são mais temáticas e podem ser manipuladas, ou seja, um pregador desenvolve sua teoria, cria um tema e pega vários versículos isolados para comprová-la, ai é só ter uma boa eloquência e pronto, todos comem a comida podre que é oferecida no púlpito, e ainda dão glória a Deus.
                     
3.3. Tempos de restauração de Israel
- O evangelho é uma mensagem de esperança para todas as pessoas, a escatologia embora descreva um cenário horrendo, ela dá esperança ao que estiver no Senhor. Ensine seus alunos para que não deixem cair no esquecimento os ensinamentos escatológicos, isso está ocorrendo nesse momento nas igrejas.
___________________________
CONCLUSÃO
- Apresente os sinais, veja as tragédias, e a última chacina de crianças ocorrida em Connecticut, EUA veja que o atirador também matou a própria mãe Mc 13.12. LAMENTÁVEL.
- Procure sempre os temas da atualidade para ilustrar a aula, isso ajuda a manter a atenção e fixa o conteúdo.

Boa aula!
 _____________________________________________

Marcos André - professor

12 comentários:

  1. ADOREI O TEXTO ! DEUS VOS ABENÇOE ! ROBERTA MARTINS

    ResponderExcluir
  2. Paz irmã Roberta, essa revista de editora Betel dá mais trabalho que as outras, mas é muito legal estuda-la.
    Obrigado por comentar.

    ResponderExcluir
  3. Há paz do senhor meu irmão seu comentário vai me ajudar muito
    Deus lhes abençoe Att Pr Ailton de sapucaia Para

    ResponderExcluir
  4. A Paz Pastor, uma correção,no subitem 1.3, At 1.10,11, no seu retorno faz alusão a segunda Vinda , sete anos depois do arrebatamento. Todo olho o verá vindo em poder e grande bGlória. Arrebatamento , evento de 1 Ts 5.2, descreve como outras passagens sendo sem avisar e em um piscar de olhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paz irmão T. Mendes, concordei com a colocação do irmão, a não ser no seguinte: Muitos teólogos, inclusive eu acreditamos que a segunda vinda (parousia) ocorrerá em dois eventos, arrebatamento e vinda em Glória. De fato o comentário do irmão está correto, porém eu diria que a referência de At 1.10,11 fala da 2ª parte da parousia.
      Espero que esses nossos comentários não embole a cabeça de ninguém rsrsrs.

      Excluir
  5. Luciene paz do senhor amo seus estudo DEUS abençoe rica mente sua vida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paz irmã Luciene obrigado pela preferencia, pode criticar e corrigir igual fez o irmão Mendes, recebo criticas também.
      Deus abençoe tua casa.

      Excluir
  6. uma benção esses estudos estão me ajudando muito Deus abençõe á todos!

    ResponderExcluir
  7. Exato. Em dois momentos como falei. No monte das Oliveiras de Zacarias 14 Ele retorna como foi a ascenção. O Senhor realmente tem fruto do Espírito pois não é comum em site de ebd expor a correção de irmão de fora e é por isso que Deus continuará te usando. Lembrando que a revista do trimestre que vem como já conversamos estará não pouco mas bastante polêmica não pelos tremas mas com a forma como foi comentada pelo autor.O Capítulo 6 sobre profecias e "profetadas" faltou em minha opinião muitas referências de testificação, no 9 tem sobre o evangelho da prosperidade que apesar de falar uma linha no texto sobre as campanhas irá causar dúvidas quanto a essa programação, no capítulo 2 distorcidamente fala sobre a importância do ensino na Igreja hoje e muito mais. Vamos ajudar seu site com contribuições(aqui sem mostrar o que a mão dá) pois assim como o Professor Érick nos estudos e comentários bíblicos, Pastor Ciro, vcs são vasos continuos para professores de ebd.
    Paz e até se for da vontade do Pai.
    Amém

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso ai irmão Mendes, o CLUBE DA TEOLOGIA é um blog que tem compromisso com a Palavre de Deus, e eu não sou o dono da verdade. Toda vez que o irmão desejar fazer alguma correção eu vou analisar e tendo coerência com certeza será publicado. Vou comprar as revistas essa semana. e pretendo comprar mais livros de estudos para auxiliarem nos esboços. Toda oferta e ajuda é bem vinda, principalmente as orações, que tem me dado muita força para elaborar os estudos, que levam em média três horas e meia pra ficarem prontos cada um.
      Deus é o Senhor, continue sendo humilde e deixe o Espírito Santo continuar te usando.

      Excluir
  8. esses esboços são bençãos pura ! Muito Bom !
    edson luis

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paz de Cristo irmão Edson Luis, Deus tem me abençoado e eu faço questão de abençoar a vida dos irmãos que amam o ensino e aprendizado na obra de Deus.

      Excluir

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.