INICIE CLICANDO NO NOSSO MENU PRINCIPAL



__________________________________________________________________

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio da Lição 6 - Revista da Editora Betel



AULA EM 10 DE FEVEREIRO DE 2013 – LIÇÃO 6
(Revista: EDITORA BETEL)

Tema: “O Exercício do Dom de Profecia na Igreja Atual”
  
Texto Áureo: 1Co 14.31
  
INTRODUÇÃO
            - Professor(a), nesta aula você terá a oportunidade de esclarecer sobre uns dos principais problemas do culto cristão pentecostal, a desordem e a falta de ética devido a falta de conhecimento acerca dos dons espirituais.
          - “dons espirituais”, são os dons concedidos pelo Espírito Santo, com o objetivo de propagar o evangelho, combater o mal e edificar o povo de Deus.
           
            1. O QUE É DOM DE PROFECIA
            “dom de profecia”, é o dom pelo qual o servo profetiza em nome do Senhor, anuncia um acontecimento futuro, um alerta acerca de algo que está por acontecer. Pode ser ministrado na 1ª pessoa Ex: quando o profeta diz: “Eis que te digo meu servo...” 2 Cr 20.14-17 (esta forma é muito criticada, por não conter uma base bíblica sólida), e na 2ª pessoa Ex é quando o profeta diz: “O Senhor mandou te dizer...” At 21.11
- “missões especiais”, podem ser definidas como aquelas executadas pelo Espírito para falar a uma alma especificamente, Ex: quando o Senhor quer alertar alguém de uma armadilha de morte, contra essa vida, o Espírito Santo usa alguém para profetizar sobre esse laço de morte.
- “edificação”, é a solidificação da base doutrinária, pela confirmação da Bíblia através dos sinais.
- “exortação”, é o ato de animar alguém a fazer o certo, a se desviar do mal e a abandonar o pecado.
- “consolação”, é confortar por meio da presença, mostrando que o Espírito Santo está em nós e que o Senhor nos ouve. Isso deixa a pessoa mais segura e confiante.

1.1. Uma ação direta do Espírito Santo
- “conhecimento dos dons espirituais”, são nove os dons espirituais de acordo com a relação de 1Co 12.8-10
- São estes os dons: palavra da sabedoria, palavra da ciência, fé, cura, operação de maravilhas, profecia, discernimento os espíritos, variedade de línguas e a interpretação das línguas.
- “reconhecer e exaltar a pessoa de Jesus”, essa é a missão do Espírito Santo, prevista nesta passagem:
"Mas, quando vier aquele, o Espírito de verdade, ele vos guiará em toda a verdade; porque não falará de si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido, e vos anunciará o que há de vir." João 16.13
- “influência do espírito imundo”, são os demônios que fazem possessão no corpo daqueles que se sujeitam a Satanás. Esses demônios são anjos decaídos e também falam as línguas dos anjos, dessa forma eles também usam essas pessoas com profecias, enganando muitos irmãos.
- “devem ser discernidas”, significa compreendidas, aqui tem o sentido de julgadas ou experimentadas pode ser pelo dom de discernimento de espíritos ou pela Palavra, conforme o seguinte texto:
Amados, não creiais a todo o espírito, mas provai se os espíritos são de Deus, porque já muitos falsos profetas se têm levantado no mundo.
   Nisto conhecereis o Espírito de Deus: Todo o espírito que confessa que Jesus Cristo veio em carne é de Deus;
  E todo o espírito que não confessa que Jesus Cristo veio em carne não é de Deus; mas este é o espírito do anticristo, do qual já ouvistes que há de vir, e eis que já está no mundo.” João 4.1-3

- “produzidas pelo espírito humano”, é a profecia produzida na mente de alguém, sem nenhuma influencia satânica ou divina, simplesmente por vaidade, por inveja ou orgulho. Alguns irmãos transformam o culto num show de meninice, inventando profecias, imitando ou deduzindo coisas a partir do que se sabe sobre alguém.                                     

1.2. Providências divinas através das profecias
- “a Bíblia é a maior profecia”, essa afirmação está correta, mas existem situações em que o Senhor precisa falar especificamente com seus filhos, em um assunto particular. Existem situações em que é necessário a intervenção direta do Espírito Santo, pois até mesmo os que conhecem a Palavra de Deus erram, por arrogância, presunção ou falta de vigilância. 

1.3. A utilidade e proveito da profecia
- Os problemas pelos quais tem gerado muita desconfiança sobre os profetas da atualidade são conhecidos, há casos em que irmãos pegam carona na profecia de outro, falando de outra forma aquilo que já foi dito. Outros profetizam um pretendente para casamento para uma determinada irmã sem saber que a tal irmã já é casada. Isso ocorre principalmente nos montes, mas também tem acontecido em muitas igrejas. Atualmente os crentes pentecostais tem sido motivo de chacota na internet e TV, tudo por conta desses besteiróis, que são promovidos por aqueles que não estão presentes na aula da Escola Dominical.
- Muitos deixam de comparecer a EBD no domingo de manhã porque passaram a noite toda pulando no poder. Pensam que estão cheios de poder, mas na verdade não adianta estar cheio de poder e vazio do conhecimento de Deus.
________________________________________
2. RESPONSABILIDADES COM O DOM DE PROFECIA
- “busca do progresso da igreja”, lembre aos alunos que o dom é para o progresso da igreja, pela edificação, exortação e consolação dos membros, dessa forma entendemos que os dons não são para salvação, ninguém pode pregar que alguém deve ter dons espirituais para ser salvo.
- “pelo caráter de Deus em nós”, quer dizer que devemos ser cuidadosos com os dons não somente pelo castigo que virá para aquele que não é cuidadoso, mas porque nós somos filhos de Deus e o filho vai se tornando parecido com o pai no caráter.

           2.1. Todos podem profetizar
            - “todos temos potencial”, de acordo com a lição o dom de profecia não será sempre apresentado por uma irmã ou irmão, mas o Senhor pode usar a qualquer um.
            - Infelizmente alguns irmãos que tem o dom de profecia, deixam a arrogância sobressair. Em alguns cultos eles não ouvem a voz do Espírito, mas para não ficarem sem serem o centro das atenções, eles falam o que Deus não mandou.
           
2.2. Todos devem saber a finalidade
- “finalidade funcional”, significa que a profecia tem as funções de... edificar, exortar e consolar. Muitos na igreja não sabem disso e pensam que um certo irmão é mais santo do que outro por profetizar.
- “finalidade ampla”, é a finalidade geral, que diz respeito a todos da igreja, quer dizer que o dom de profecia ministrado busca dar unidade ao povo de Deus, disso entendemos que se alguém profetiza e essa profecia causa confusão, então a liderança deve analisar essa profecia e prová-la ou por dom de discernimento de espíritos ou pela Palavra de Deus conforme o a passagem de João 4.1-3, citada anteriormente.
- Muito cuidado com profecias assim: “Eu via um traidor ao lado do pastor!” essa profecia deixa o mistério dividido, não deve ser considerada sem antes de o Senhor dar uma confirmação.
- “finalidade pedagógica”, que ensina ou que colabora para o ensino e aprendizado, no caso da profecia ela apenas vai colaborar para o aprendizado, pois ela poderá confirmar aquilo que o servo(a) aprendeu na palavra, na EBD ou na doutrina.

2.3. Todos devem cuidar uns dos outros
- “hierarquização dos dons”, só tem uma hierarquia no povo de Deus: “o maior será o menor”. Quanto aos dons, todos são igualmente importantes. (CORRIGIDO PELO PR VALDEMIR JR, CONFIRA NOS COMENTÁRIOS ABAIXO)
- “competição”, às vezes surgem irmãos que disputam silenciosamente. Sem que os outros percebam, ficam um tentando ser mais do que o outro.
- “trazendo mágoas”, alguns irmãos ao observarem as divisões, as disputas, as profetadas, e as desordens em geral, ficam decepcionados e magoados, alguns saem até da igreja.     
____________________________________
3. ÉTICA NA PALAVRA PROFÉTICA

3.1. Procurando manifestar a presença de Deus
- “esteja inconsciente”, ensine que o Espírito Santo não domina ninguém, Ele respeita a pessoa. Ele não leva a pessoa inconsciente a fazer coisas sem que ela saiba o que está fazendo. Desconfiem de pessoas que rodam a igreja toda e depois dizem não se lembram de nada.
- “livre-arbítrio”, é a capacidade de um indivíduo de tomar suas próprias decisões e se responsabilizar por elas.

3.2. Mantendo a ordem no culto
- “excesso de zelo”, é o excesso de cuidado com as coisas de Deus, não devemos impedir a manifestação das profecias por medo de alguém falar besteira ou falar o que não se deve falar. Deve-se ensinar aos irmãos que cada um será responsabilizado por aquilo que fala, e que cada um deve julgar o que foi profetizado.
- Recomendo que os pastores fiscalizem se os que são usados na profecia estão frequentando a EBD e os cultos de ensinamento. Se fizerem isso vai ter gabinete para metades dos profetas de cada igreja.

3.3. A humildade dos que profetizam
- “ser preditiva ou não”, preditivo é o que faz predições acerca de acontecimentos futuros.
- “de acordo com os oráculos de Deus”, oráculos são as profecias e revelações de Deus.
- “submetida à análise”, quer dizer que toda profecia pode ser contestada, e não é recomendável que seja aceita de imediato, mas cada um pode pedir a confirmação ao Senhor pela boca de outro profeta.
- Outro problema é que alguns profetas recebem a revelação da profecia e a transmitem de qualquer maneira. Às vezes o Senhor mostra que alguém está sendo tentado pela homossexualidade, então o profeta fala isso diante da igreja, submetendo o irmão a um constrangimento.
___________________________
CONCLUSÃO
- Atualmente precisamos também do dom de discernimento de espíritos, pois existem muitos falsos profetas.
- Lembre aos alunos que o dom de profecia não é para a salvação individual do profeta e sim para ser usado para a salvação do povo de Deus.
- Recomendo que você faça o seu esboço usando esse como base.

Boa aula!
 _____________________________________________

Marcos André - professor

7 comentários:

  1. Grato pelo estudo meu querido. Muita profundidade bíblica e muito esclarecedor. Entretanto gostaria de corrigir um único tópico que está em discordancia com o ensino bíblico.

    O apóstolo Paulo ensina aos coríntios sobre os dons (Í Cor capítulo 12 a 14)que existiam dons que eles deveriam procurar mais que outros, como o dom de profetizar ou o dom de discernir linguas (I Corintios 14:4-5). Isto pelo fato de que o dom de linguas só edicifa a aquele que fala.
    Apesar de ser pentecostal, discordo com nosso comportamento de buscar excessivamente pelos dons de linguas em detrimento dos demais dons. Deveríamos ter "campanha" de busca por outros dons que não somente os de linguas.

    Gostei muito do seu estudo, mas este único ponto está incorreto.

    VALDEMIR JR
    valpqd@yahoo.com.br
    ________________________________________________
    DETALHAMENTO:

    "E a uns pôs Deus na igreja, primeiramente apóstolos, em segundo lugar profetas, em terceiro doutores, depois milagres, depois dons de curar, socorros, governos, variedades de línguas."
    1 Coríntios 12:28
    === Por que o apóstolo está listando numericamente e ordinariamente os dons, incluindo dons de serviço e ministeriais na relação? A palavra dá a entender que está falando de uma hierarquia nos dons, mas sem menosprezar um ou outro.

    "Têm todos o dom de curar? falam todos diversas línguas? interpretam todos?

    Portanto, procurai com zelo os melhores dons; e eu vos mostrarei um caminho mais excelente."
    1 Coríntios 12:30-31
    ==== "os melhores dons", então há uns dons melhores que outros, apesar de todos serem sumamente importantes;

    "Segui o amor, e procurai com zelo os dons espirituais, mas principalmente o de profetizar."
    1 Coríntios 14:1
    === Mostra claramente o dom de profetizar sendo superior aos dons de linguas e outros dons;


    "O que fala em língua desconhecida edifica-se a si mesmo, mas o que profetiza edifica a igreja.

    E eu quero que todos vós faleis em línguas, mas muito mais que profetizeis; porque o que profetiza é maior do que o que fala em línguas, a não ser que também interprete para que a igreja receba edificação."
    1 Coríntios 14:4-5
    ==== O dom de profecia é superior ao dom de linguas, ou seja, há uma hierarquia nos dons. Porém TODOS devemos buscar os dons de linguas, para nossa própria edificação, mas também os demais dons, para edificação da igreja.



    GRAÇA, PAZ E MISERICÓRDIA SOBRE TI MEU QUERIDO. E QUE O SENHOR OCNTINUE LHE ILUMIMANDO PARA TRAZER ESTES ESTUDOS ABENÇOADOS AOS NOSSOS CORAÇÕES.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Graça e Paz pr Valdemir, não conseguir encontrar o ponto errado que você mencionou, peço que o amado pastor indique o local, se é no Tópico 2.2 ou 3.1, só assim eu poderei analisar, pois eu sei de que erro o amado irmão está se referindo. Ok!

      Paz em Cristo.

      Excluir
  2. Este:
    2.3. Todos devem cuidar uns dos outros
    - “hierarquização dos dons”, só tem uma hierarquia no povo de Deus: “o maior será o menor”. Quanto aos dons, todos são igualmente importantes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Pr Valdemir, agora entendi perfeitamente onde está o erro que o Senhor falou, e concordei contigo neste ponto e vou colocar a tua correção no tópico, mas a minha opinião particular, é que atualmente o dom de profecia tem sido muito banalizado por aí, eu que acho que deveríamos buscar alguns dons necessários para a nossa realidade atual, seria o dom de discernimento de espíritos e o de interpretação das línguas, e principalmente o de palavra da sabedoria.

      Paz de Jesus.

      Excluir
    2. Graça e PAz meu irmão. Primeiramente é importante esta relação, mesmo que curta que traçamos aqui, neste espaço virtual. Acredito que a igreja é assim. Vamos nos calibrando, pontuando uns aos outros e crescendo juntos.
      Bom seria se em muitos outros lugares encontrássemos pessoas dispostas a ouvir o outro a verificar e rever nossas visões, sempre e sempre pelo crivo da Palavra de Deus.

      Me surpreende sua atitude de humildade. Isto significa qeu grande honra vem em seguida (Provérbios 15:33).

      Tenho o mesmo sentimento que meu irmão em relação a banalização do dom de profecia. E sei que em muito esta culpa cai sobre os nossos ombros, os pentecostais. Sou militante para o retorno ao evangelio puro e simples e sei que meu irmão também o é.

      Vamos ensinar as igrejas a buscar o DOM DE DISCERNIMENTO e pedir ao Senhor que entregue este dom a mais dos seus servos.
      "Portanto, procurai com zelo os melhores dons; e eu vos mostrarei um caminho mais excelente."
      1 Coríntios 12:31


      QUE O SENHOR JESUS CONTINUE LHE ABENÇOANDO E USANDO EM SUA OBRA MEU AMADO IRMÃO.

      ÁH, AINDA NÃO SOU PASTOR, MAS EVANGELISTA rsrs.

      Excluir
    3. Amém irmão evangelista, meu desejo é que o Senhor te erga cada vez mais como uma voz profética nessa Terra. Obrigado pelo comentário.
      Paz.

      Excluir

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.