INICIE CLICANDO NO NOSSO MENU PRINCIPAL



__________________________________________________________________

sábado, 23 de fevereiro de 2013

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio para a Lição nº 8 - Revista da CPAD



AULA EM 24 DE FEVEREIRO 2013 - LIÇÃO 8
(Revista: CPAD)

Tema: “O Legado de Elias”
  
Texto Áureo: 2 Rs 3.11
  
INTRODUÇÃO
- Amado(a) professor(a) neste lição você falará de um grande exemplo de homem de Deus e de ensinador, que soube conduzir seu discípulo no correto aprendizado.
- “quando um homem de Deus morre”, a afirmação feita aqui ocorre quando a pessoa deixa um legado e se ele for homem ou mulher de Deus, isso ocorrerá sempre.
- O ministério profético foi um dos grandes legados de Elias, e houve continuação na pessoa de Elizeu.
- “escolha de seu sucessor”, Elias ao ser orientado pelo Senhor, rapidamente fez como o Senhor dissera. Muitos ministros hoje em dia, são centralizadores, não preparam sucessores, pois tem medo de serem superados por obreiros capazes e mais dedicados.
__________________________________________
1. O LONGO PERCURSO DE ELIAS

1. Uma volta às origens.
- O monte Sinai era conhecido também na época de Moisés como o monte de Deus. É na verdade uma cadeia de montanhas e uma delas é o Horebe.
2. Uma revelação transformadora.
- “próprio Senhor trata de dialogar”, existem situações em que o tratamento é diretamente do Senhor.
- “vendo as coisas distorcidas”, relembre aos alunos que a visão distorcida de Elias é expressa na própria afirmação dele, de que só ele havia ficado dos profetas do Senhor.
- “Quem eram? Ninguém sabe,”, ensine aos alunos que ainda hoje o Senhor tem muitos adoradores ocultos e fies, e de vez em quando, o Senhor levanta um desses adores e os faz profetas melhores do que alguns pastores que existem por aí.
- “ninguém é insubstituível”, infelizmente muitos irmãos pensam que são insubstituíveis, e se esforçam para não expressar isso em palavras, mas as suas atitudes mostram que ele pensa assim.
_________________________________________
2. Elias na casa de Eliseu

1. A exclusividade da chamada.
 - “vocação”, é um termo derivado do verbo no latim "vocare" que significa "chamar". A vocação é uma inclinação para exercer uma determinada profissão ou um talento (aptidão natural) para executar algo.   
- “pessoas que são ocupadas”, não é necessariamente uma regra, pode se dizer o seguinte, Deus chama pessoas para o trabalho na Sua casa, por isso não chama preguiçosos. Lembre o seguinte: Deus chama a todos para a salvação, mas para obras específicas como a de Elizeu, o Senhor chama os que gostam de colocar a mão no arado.
- “não pode olhar para trás”, quando Elizeu sacrificou os bois e destruiu os aparelhos, ele estava eliminando todo o vínculo com a sua vida secular. Muitos crentes estão na casa de Deus, mas não se desvincularam de pecados, amizades profanas ou coisas que conduzem ao erro, que eles tinham no passado.

2. A autoridade da chamada.
- “se a unção não o acompanha”, muitas pessoas desejam alcançar posições elevadas na obra de Deus, mas não tem a unção para tal cargo.
- “Hoje há muita titulação”, criou-se muitos cargos nas igrejas, alguns são necessários, outros porém, foram instituídos com o objetivo de sustentar o ego de alguns líderes.  
_________________________________________
3. ELIAS E O DISCIPULADO DE ELISEU

1. As virtudes de Eliseu.
- “demonstrou perseverança”, o Senhor não se escolhe os acomodados, Eliseu não era um acomodado por isso ele foi escolhido pelo Senhor para substituir o profeta Elias.
- “não teria sido o homem de Deus que foi!”, parecia uma escolha simples, permanecer junto a Elias, mas essa escolha lhe trouxe uma grande recompensa. Às vezes nos deparamos com escolhas assim, onde a fé nos convida a sermos perseverante, mas o cansaço físico nos estimulam a abandonar. Muitos abandonaram missões dadas pelo Senhor e perderam grandes oportunidades, outros perseveraram, passaram apertos, mas no final foram vitoriosos.
- “quando viu”, havia uma proposta de Elias para o cumprimento de pedido de Eliseu, veja:
“E disse: Coisa difícil pediste; se me vires quando for tomado de ti, assim se te fará, porém, se não, não se fará.” 2 Reis 2:10
- Se Eliseu visse Elias sendo tomado, então seu pedido seria atendido. Daí em diante Eliseu não tirou os olhos de seu mestre.
- Ensine aos alunos que quem quiser ter a unção multiplicada jamais deve tirar os olhos do Mestre Jesus.

2. A nobreza de um pedido.
- “Deus agradou-se do pedido”, Eliseu pediu algo espiritual por isso agradou ao Senhor. Por outro lado o pedido de Eliseu parece mostrar a intenção de continuar a obra que Deus colocou em sua mão, pois ele sabia perfeitamente que fora chamado para substituir Elias, e assim como Salomão temeu a grande responsabilidade em assumir o reino, pedindo sabedoria, Eliseu temeu a responsabilidade em assumir o posto de profeta comissionado e pedi unção dobrada.
- Com certeza se Eliseu tivesse pedido poção dobrada para mostrar que era melhor do que Elias, o Senhor o teria rejeitado.
- “aquilo que é medíocre”, medíocre é aquilo que está na média, não é de médio valor, não está entre os melhores, muitos irmãos não usam todo seu potencial. Aqui se refere às pessoas que pedem ao Senhor aquilo que não melhora a obra do Senhor, aquilo que não levantam o ministério. Muitos irmãos na posição de Eliseu teriam pedido casa, carro, promoção no trabalho, etc.  

4. O LEGADO DE ELIAS

1. Espiritual.
- “exemplo de piedade e serviço”, piedade é a obediência e o valor que se dá às coisas de Deus. Elias deixou esse bom exemplo ao tomar atitudes simples, e sendo observado pelo seu aluno, foi criando nele um desejo de fazer o mesmo e de como fazer o certo.
- Da mesma forma o exemplo de serviço, por não basta só saber o que temos que fazer, é preciso fazer. Atualmente encontramos irmãos que não se dedicam em serviço na obra do Senhor. Estamos em um tempo de muita falação e pouca ação.
- “foi influenciado por ele”, ensine aos alunos que as nossas ações sempre servirão de exemplo. Alguém sempre estará nos observando.
- Se a classe for de adultos comente que os nossos filhos nos observam, os novos convertidos nos observam, o que fazemos ficará como lembrança. Será que estamos influenciando bem os irmãos mais jovens?
- Se a classe for de jovens, mostre no que Eliseu se tornou ao andar com Elias, ensine aos alunos que eles serão influenciados pelo tipo de companhia que eles tiverem. Tem ainda o exemplo de Josué. Pergunte: Que tipo de influencia você tem recebido?

2. Moral.
- “autoridade moral”, é a autoridade de quem tem atitudes morais corretas, essa tem sido uma outra grande crítica que o povo de Deus tem sofrido. Muitos crentes que são uma benção na oração, nas línguas estranhas, vão a todos os cultos, mas fogem dos cobradores, firma acordos e não cumprem, acham valores em dinheiro e não se esforçam em devolver; acham aparelhos celulares e tiram o chip para possuírem o aparelho; participam do gato de energia juntamente com os ímpios e dão um mau testemunho no local de trabalho e na escola. Alguns não crentes jamais aceitarão a Jesus pela má conduta de alguns crentes.    
________________________________________
CONCLUSÃO
- Essa lição fala daquilo que Elias deixou para Eliseu, de seu legado, comente ou pergunte aos alunos. O que deixaremos como legado para nossos filhos, nossos jovens e nossos novos convertidos? Temos sido homens e mulheres de fé como Elias? Temos sido homens de moral como ele?
- Pegue bem nessa parte da questão moral, pois tem sido um dos grandes problemas do povo de Deus no século XXI, e essa problemática se observa com mais intensidade no meio pentecostal e neo pentecostal, não estou aqui para puxar a sardinha pra ninguém. A verdade é que importa.   

Boa Aula!

Marcos André - Professor
                   

Um comentário:

  1. Uma benção Pastor, obrigado! vai me ajudar muito como professor..

    ResponderExcluir

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.