INICIE CLICANDO NO NOSSO MENU PRINCIPAL



__________________________________________________________________

quarta-feira, 12 de junho de 2013

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio da Lição 11 - Revista da Editora Betel


AULA EM 16 DE JUNHO DE 2013 – LIÇÃO 11
(Revista: EDITORA BETEL)

Tema: “A BENÇÃO DA BOA E SOBERANA VONTADE DE DEUS”
  
Texto Áureo: Rm 12.2
  
INTRODUÇÃO
- Professor(a), nesta lição apresente o caminho para se conhecer vontade do Senhor.
- “a partir do estudo”, comente que se vivermos sem estudar a Bíblia na sua profundidade não conheceremos o amor de Deus profundamente, pois são as Escrituras que falam do sacrifício de Cristo, da descida do Espírito Santo, da Arca de Noé, da salvação da família de Ló, etc.
- “Ele deseja o melhor para o seu povo”, a palavra “melhor” aparece na Bíblia aproximadamente 290 vezes. Entendemos por diversas referências que o Senhor sempre ordena que se faça o melhor para Ele e Ele sempre nos abençoa com o melhor.

            1. O QUE É PRECISO PARA SABER A VONTADE DE DEUS
- “movimentos importantes”, são movimentos da pessoa em relação a Deus. Comente que ninguém deve ficar inerte ou de braços cruzados, para saber a vontade de Deus devemos nos esforçar.  

1.1. Nascer de novo.
- “reconhecer sua condição”, para que haja novo nascimento a pessoa precisa reconhecer essa condição, para que isso ocorra é fundamental que haja o estudo, que essa pessoa aprenda sobre o que desagrada a Deus. Na verdade muitos que aceitam a Jesus ainda não tem esse conhecimento e ainda não reconhecem sua condição de pecador.
- “natureza interior”, a natureza herdada de Adão, também chamada de natureza adâmica.
- “nascidas de novo”, na verdade ainda é a mesma pessoa e ainda possui a mesma natureza, mas agora essa pessoa não é mais um escravo do pecado. Assim como povo judeu atravessou o mar Vermelho para a liberdade, representando o batismo nas águas, também nós no batismo deixamos o velho homem e renascemos para a liberdade em Cristo.

1.2. Ter compreensão espiritual
- “compreensão espiritual”, muitas coisas que acontecem no mundo material são influencias do espiritual, às vezes um comentário uma situação pode ser o resultado de uma ação do maligno no campo espiritual como em Mateus 16.22,23 quando Jesus repreendeu a Pedro dizendo que era Satanás que estava por trás daquelas palavras.
-“vida altaneira”, altaneiro que dizer elevado, de alto nível, significa que tendo a compreensão das coisas espirituais podemos ter uma vida elevada na presença do Senhor.
- “se discernem espiritualmente”, discernir significa entender, quer dizer que só entende as coisas espirituais quem é espiritual. Se o crente viver na carnalidade ou no racional jamais entenderá o que é espiritual.
- “de ninguém é discernido.”, ninguém o entende.

1.3. Obediência a Palavra de Deus
- “os mais simples”, são os que vivem a vida espiritual na simplicidade, sem procurar um aprofundamento, sem buscar as respostas, vivem num comodismo de um evangelho superficial e barato.
- “vontade de Deus”, é a vontade soberana do Senhor para a nossa vida, às vezes o Senhor quer que não deixemos um projeto, ou que não troquemos de igreja, ou que não casemos ainda, ou que façamos uma viagem, ou que assumamos uma mesa de oração, ou ainda que convidemos determinada pessoa para nos ajudar num projeto, etc. Muitos crentes não obedecem a Deus diante de decisões que não lhes agradam.
- “revelada progressivamente”, quer dizer que vai sendo revelada aos poucos a medida que vamos nos aprofundando no conhecimento Dele pela Sua Palavra. Tem crente que quer ver tudo acontecendo imediatamente. Mas tudo virá a seu tempo.
________________________________________
2. INSTRUMENTOS CONFIAVEIS PARA SABER A VONTADE DE DEUS

2.1. A poderosa Palavra de Deus
- “portadora dos conselhos de Deus”, o que a Bíblia ensina podem ser seguidos em todas as épocas, para as diversas situações em que nos encontramos a Bíblia tem uma semelhante, com orientação específica.
- “examiná-la constantemente”, examinar é mais do que ler é buscar ver minuciosamente, e isso deve ser feito constantemente.
- “abrir as Escrituras aleatoriamente”, é abrir a Bíblia ao acaso e ver o que está escrito nas páginas, essa prática não é recomendada. Pois a vontade soberana de Deus não pode ser passada em um único versículo isolado ou uma passagem solta. Deve-se lar a Palavra diariamente, Deus recomenda que a leitura da sua Palavra seja examinada de dia e de noite Josué 1.8.
- “atitude de muito risco”, pode ser que Deus já tenha falado dessa forma com alguém, mas certamente Ele não falará sempre assim. O risco existe pela possibilidade de Deus não falar dessa forma e a pessoa abrir em um versículo que leve ela a tomar uma decisão errada.
- “compreensão do todo”, é compreender toda a vontade de Deus, isso acontece quando a pessoa estuda toda Palavra e pelo conhecimento ela passa a tomar suas decisões de acordo com a soberana vontade de Deus.

2.2. A vida constante de oração
- “conexão com Deus”, quando nos conectamos com o Senhor pela oração passamos a receber suas orientações, que surgem dentro de nós como uma fonte de ideias. Quando temos uma decisão importante para tomar e dobramos o joelho logo a resposta vem a nossa mente.
- Recomendo que você passe para a classe uma experiência particular ou um fato desse tipo ocorrido com alguém.   

2.3. O bom senso e os sábios conselhos
- “bom senso”, é a sensibilidade do que é bom, do que é correto, essa sensibilidade nos ajuda a tomar as decisões.
- “circunspecção”, é a característica de agir com cautela, observando os detalhes e as circunstâncias. O que tem bom senso age dessa forma, não toma decisões precipitadas.
- “sábios conselhos”, quando a pessoa não possui a mente de Cristo, não gosta de ouvir conselhos, assume uma posição arrogante e soberba. Mas quando o Espírito Santo habita no crente ele entende que às vezes até o ímpio pode passar algum conhecimento, como foi o caso do conselho de Jetro, sogro de Moisés Êxodo 18.13-21.
____________________________________
3. QUAIS OS RESULTADOS DA PALAVRA DE DEUS
- “vontade objetiva”, é a que está na Sua Palavra, é o que Deus quer que acontece.
- “vontade permissiva”, ocorre quando Deus permite que façamos algo, mesmo que não esteja em seus projetos. Ex: Em Isaías 38.1-7, a vontade objetiva de Deus era de recolher Ezequias, mas diante da oração do rei Deus manifestou Sua vontade permissiva deixando que ele vivesse. A vontade objetiva de Deus era mais sábia, pois naqueles quinze anos que Ezequias viveu ele gerou a Manasses, o pior rei que Israel já teve.

3.1. Uma vida de paz
- “esteja no interior”, lembre que essa é a paz com Deus, pois sempre estaremos em guerra contra o mundanismo.
- “alguma coisa está errada”, por mais que haja lutas no mundo o crente terá paz interior. Crentes que ficam atribulados com questões externas, devem rever essa situação, provavelmente estão fora da vontade do Senhor. O crente não pode se abalar porque fizeram macumba pra ele, ou porque alguém falou mal a seu respeito, ou porque outro foi elogiado e ele não.

3.2. Uma vida bem sucedida
- “bem sucedidos”, esse é o verdadeiro significado de prosperidade, ter sucesso naquilo faz.
- “vida de derrotas constantes”, as derrotas que surgem em nossa vida podem ocorrer por motivo de aprendizado, para termos experiências, por não esperarmos o tempo de Deus, para evitar um grande mal lá na frente ou até mesmo por algum pecado, mas isso não será constante, se o servo de Deus estiver no centro da vontade do Senhor, para cada porta fechada o Senhor abrirá muitas outras.

3.3. Uma vida de convicção
- “nem sempre surgirão de imediato”, alguns irmãos ficam frustrados por esperarem resultados positivos imediatamente, há casos de obreiros que desejam pregar para multidões, mas primeiro devem passar pelo aprendizado do serviço cristão. Às vezes leva anos para que Deus faça de um servo um grande pregador da Palavra.
- “plena de convicção”, essa convicção é que sustenta a nossa fé, não basta só acreditar que Deus existe, mas devemos crer também que Ele é galardoador daqueles que o buscam Hebreus 11.6, e assim praticarmos as obras da fé.
- “maturidade cristã”, é a qualidade de quem está maduro na obra de Deus, nada abala a sua fé, se comporta como um crente dos tempos primitivos, como Paulo e até como Jesus. Não fica parado em disse-me-disse, nem em contendas ou pecados.
___________________________
CONCLUSÃO
- Conclua dizendo que aquele que busca conhecimento na Palavra de Deus, que ora sem cessar, que usa o bom senso cristão e sabe ouvir e pesar os conselhos, então ele saberá qual é a vontade de Deus e quando não é.
- Lembre aos alunos que Deus não trabalha pela ótica humana, nem de maneira racional. Pela nossa ótica Davi merecia passar pelo que Jó passou e Jó merecia ter o que Davi teve, mas pela ótica de Deus aconteceu o que tinha que acontecer.
- Sugiro que você passe algum trabalho pra casa, você pode elaborar uma pergunta da próxima lição e corrigir na próxima aula.
- Não deixa a didática ficar na mesmice.

Boa aula!

Marcos André – professor





9 comentários:

  1. a Paz Senhor pastor Marco Andre muito bom o comentario dessa liçao que DEUS o abençoe ricamente. Manoel Messias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado irmão Manoel, estamos trabalhando duro para postar os melhores comentários, continue orando pela gente. Paz.

      Excluir
  2. A Paz que excede todo entendimento,
    Com relação ao subitem 3.2, vejo que o comentarista autor da revista associou passagens como Êxodo 3 a fim de justificar a consequência da obediência sendo prosperidade material, e tudo que o termo "bem sucedido" pode aqui significar, "dar certo em tudo que faz ou almeja".
    Bem, tenho como interpretação de que José teve sua fase de humilhação e posterior a isso Deus o exaltaria mas para glória de Deus e não de José. Veja que em sonho foi revelado a fome que viria ao Egito e José sabiamente armazenava grãos em celeiros, ou seja, de fato houve obediência a Deus mas a mensagem não era para mostrar a outras gerações o segredo para "vitórias bem sucedidas".
    Não temos exemplos de seguidores de cristo no evangelhos e cartas que criam esta regra do já calejado e citado evangelho da prosperidade. Vamos ler Colossences 3.5:
    "Fazei morrer a Vossa natureza terrena: prostituição, impureza, paixão, lascívia, desejo maligno, e a avareza, que é idolatria. Por estas coisas é que vem a ira de Deus[sobre os filhos da desobediência]"
    Estudamos outro dia do perigo das riquezas, do amor ao dinheiro. É sabido que "bem sucedido" é enfatizado como próspero materialmente externando em levantar e arrumar um emprego, conversar com um chefe e sair contente numa negociação, tirar um resultado médico positivo, construir uma casa, ganhar um carro, crescer em postos numa empresa...
    "bem sucedido não foram os apóstolos. Ao obedecerem logo vieram perseguições, apedrejamentos e morte. "bem sucedido" é uma expressão bem diferente de uma igreja a dois mil anos. Obedecer significava vida encurtada, perdas, Rm 8.17 já diz algo?
    Incrível como esse subitem não cabe a todos os cristãos do mundo, somente em nossa sociedade democrática ocidental. Obedecer em alguns países significa morte e não "bem sucedido" como o autor compara erroneamente com José.
    O que dizer do ímpio que prospera de Sl 73 e Ezequiel com suas observações? O ímpio não obedece hoje e é "bem sucedido"!
    2 Tm 2.11 deveria não ser conhecido de nenhum cristão "bem sucedido". Por amor ao evangelho, houve total obediência e a consequência em Paulo se cumpriu quando Jesus disse a Ananias: "pois mostrarei quanto lhe importa sofrer pelo meu nome" - Rm 9.16
    Carregar a cruz é consequência do obedecer a Palavra. NENHUMA PARTE DA BÍBLIA DIZ QUE DEUS SE INTRISTESSE, COMO DISSE O AUTOR DA REVISTA, ao ver um irmão dando tudo errado constantemente na sua vida. Paulo apanhou tanto (em todos os sentidos) até sua sua morte, carregando as marcas de Cristo bem sucedido".
    O ensino que o cristão deve ser um bem sucedido por obedecer a Deus parece ter se espalhado.Encerro com Colossences 1.24-29;
    "Agora me alegro nos meus sofrimentos por vós e completo no meu corpo o que me resta do sofrimento de Cristo, por amor do seu corpo, que é a igreja" - Isso é ser "bem sucedido"
    A paz amigão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paz irmão Mendes, li minuciosamente o que você escreveu, chego a conclusão que "bem sucedido", ocorre quando algo dá certo, se o apóstolo sofreu, foi espancado, ou até morreu, mas o objetivo de levar a Palavra ao país estrangeiro deu certo, então ele foi bem sucedido. Se Josué obedeceu a Palavra de Deus em Js 1.8, e foi a Canaã e obteve a vitória, então ele foi bem sucedido. Eu acredito que ser bem sucedido não está ligado especificamente às vitórias materiais ou financeiras, nem fala somente dos objetivos de Deus, mas simplesmente diz: ser bem sucedido é alcançar sucesso naquilo a que se propôs a fazer.
      Paz irmão.

      Excluir
  3. otima ferramenta p/ o estudo das lições,que deus continue lhe dando sabedoria de sua maravilhosa palavra....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado irmã, estou trabalhando para que essa ferramente chegue ao conhecimento de todos os professores, me ajude a divulgá-la. paz em Cristo.

      Excluir
  4. A REFERENCIA BÍBLICA DO TEXTO ÁREO ESTÁ EM Rm.12.2 E NÃO E I CO.11.29 COM FOI POSTADO. DEUS ABENÇÕE.ISAIAS SILVA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ok, corrigido às 8:35h obrigado irmão.
      Paz de Deus! e boa aula!

      Excluir
  5. Aproveito antecipadamente o ensejo Pastor na identificação da próxima lição concernente ao tema contenda na igreja, no sentido de definí-la quando há questionamentos doutrinários durante ensinos ou até mesmo em cultos. Dá uma olhada com carinho Pastor pois aqui na ASSembléia ensino quer defender a fé nada tem haver com trazer contendas para a igreja. Ao contrário, Judas 3 ensina assim como 2 Tm 2.4 SOBRE A NOBRE MISSÃO DE DEFENDER A FÉ CUSTE O QUE CUSTAR.
    paz

    ResponderExcluir

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.