terça-feira, 23 de julho de 2013

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio da Lição 4, Revista da Editora Betel


AULA EM 28 DE JULHO DE 2013 – LIÇÃO 4
(Revista: EDITORA BETEL)

Tema: “O MODELO DIVINO DE COMUNICAÇÃO”
  
Texto Áureo: João 1.14
  
INTRODUÇÃO
- Professor(a), nessa lição fale da importância da encarnação, mas não confunda com a reencarnação pregada pelo espiritismo.
- “efêmero”, aquilo que dura pouco. Na verdade somos eternos, mas deu pra entender o que o comentarista quis dizer.
- “clímax relacional”, a melhor forma de relacionamento nosso com Deus. Essa lição apresenta a melhor forma de se relacionar com o Pai, dentre todas que já existiram e a única forma que existe atualmente.

            1. DEFININDO A COMUNICAÇÃO
            - “é o assunto atual”, atualmente quem sabe se comunicar tem mais chances de ascender na carreira profissional e de conseguir excelentes oportunidades em todas as áreas da vida.
            - “Então o que é comunicar?”, você pode fazer essa pergunta para a classe e pedir que cada um diga o que entende por comunicação. Uma resposta simples pode ser: “É a ferramenta para que os indivíduos se relacionem uns com os outros.”

1.1. Comunicar é a chave para o sucesso
- Podemos aqui dar outras definições para comunicar:
a) passar aos outros nossas ideias e intenções de forma eficiente
b) saber ouvir as ideias deles.
c) interagir com os indivíduos a nossa volta.
d) prestar a atenção ao que está sendo passado, etc.
- Existem muitas formas de se comunicar, por palavras, gritos, ou simplesmente por um olhar.
- “chave para o sucesso”, às vezes deixamos boas oportunidades passar simplesmente porque não entendemos o que foi dito, ou porque não atentamos para a hora marcada, ou porque esquecemos de passar o número do telefone, etc.
- Professor você pode aproveitar isso e fazer perguntas do tipo: Por que comunicar é a chave para o sucesso? E deixar seus alunos falarem. Como resposta você pode utilizar a minha explicação.

1.2. O Que não é comunicar
- “tecnologia da informação”, se refere a internet e seus recursos para transmissão de notícias online. No século XIX se uma autoridade fosse assassinada na Europa, a notícia chegaria ao Brasil em alguns dias, no século XX a notícia chegaria em algumas horas, já no século XXI, essa notícia chega em alguns minutos.
- “em questão de segundos”, se está falando de uma pessoa se comunicar com outra, então se refere às redes sociais, que nos permite falar gratuitamente com alguém em qualquer parte do mundo.
- “era dos divórcios”, atualmente nos Estados Unidos a maioria dos divórcios tiveram sua origem nas redes sociais.
- “que nunca passam do virtual”, as redes sociais, como o Facebook, Orkut, Twetter, etc, deveriam tornar os relacionamentos mais próximos, mas após anos de experiências observamos que elas deixam os relacionamentos mais fracos e carentes de uma coisa que as redes sociais não podem dar, o abraço.

1.3. Comunicar é, principalmente, tornar comum
- Nesse tópico entende-se que comunicar faz com que as pessoas se equiparem, se aproximem uma das outras, se conheçam, troquem experiências e se entendam mais de perto .
- Em um mundo tão corrido como o nosso, com milhares de atividades, a comunicação tem se tornado cada vez mais difícil.
________________________________________
2. DEUS COMUNICOU-SE COM A HUMANIDADE PELA ENCARNAÇÃO
- “nível vertical”, “de baixo pra cima e de cima pra baixo”, se refere ao relacionamento do homem com Deus.
- “nível horizontal”, “de um lado para o outro”, se refere aos relacionamentos dos homens entre si.

2.1. A encarnação foi o recurso completo utilizado por Deus
- “terrivelmente santa”, Deus só pode se comunicar face a face com alguém que tem a natureza em um estado de pureza semelhante à Dele, do contrário a simples presença do Senhor pode destruir fulminando a pessoa pecadora.
- O restante desse tópico é lindo, é simples de explicar, mas peça que os alunos leiam o texto de referência em João 1.1 e 1.14. 

2.2. Na encarnação Deus comunicou vida, exemplo e ensino
- “trouxe até e para nós”, como comunicar é tornar comum os problemas, as aflições, é compartilhar ideias e experiências, vemos então que o Senhor deu o grande exemplo, se fazendo como nós pela encarnação do Seu filho, e assim conhecendo de perto as nossas aflições e as nossas limitações. Jesus nos mostrou na prática que é possível vencer.
- “Deus se fez nosso exemplo”, toda prova para ser corrigida, precisa de um gabarito, um padrão. Assim o Senhor Jesus se tornou o nosso padrão de vida e comportamento aqui na terra, podemos e devemos imitá-lo.

2.3. A comunicação feita através da encarnação transformou a Palavra de Deus em fato histórico
- “ápice das providências comunicativas”, as providências do Senhor no Antigo Testamento foi por meio dos seus profetas, sempre o Senhor usava um de seus servos para vaticinarem sobre a sua vontade.
- O ápice das providências se refere ao envio de Jesus Cristo, a encarnação do verbo.
- “fato histórico”, no Antigo Testamento a vinda do Messias eram apenas promessas, mas um dia o Senhor cumpriu sua promessa enviando seu Filho, dessa forma o Senhor Jesus entrou para os registros históricos.
____________________________________
3. PARA EFETUAR A SALVAÇÃO DO MUNDO DEUS SE FEZ HOMEM
- Os os.

3.1. A necessidade da encarnação para salvar a humanidade
- “infinidade de meios”, o Senhor poderia, por exemplo, perdoar o pecado da humanidade, não precisando ninguém morrer. Mas se Ele fizesse isso não haveria correção de conduta. Deus queria fazer a obra completa. Jesus pagou o preço morrendo em nosso lugar, mas na verdade a nossa dívida não acabou, pois agora temos uma dívida de consciência com o nosso Senhor.
- “resgate eficaz”, é o resgate completo, pois Jesus não só nos livrou da morte eterna, mas também nos tirou das mãos de Satanás e nos fez filhos de Deus.
- “e santificá-la”, essa parte da obra é o trabalho do Espírito Santo em nossa vida a fim de nos preparar para o encontro com o Pai. Hebreus 12.14  

3.2. A encarnação era necessária para transculturação do Verbo entre nós
- “mútua ou unilateralmente influenciadas”, mútua significa igualmente, simultaneamente, uma com a outra, é quando as duas culturas se influenciam. Unilateralmente significa de um único lado, ocorre quando uma cultura influencia a outra sem ser influenciada por ela, esse é o caso da nossa cultura em relação a Deus, Ele nos influencia mas nós não o influenciamos. Deus não muda se o homem mudar.
- “legitimidade para confrontar”, o confronto é legítimo quando o que confronta for plenamente conhecedor da situação. A encarnação proporcionou a Cristo, conhecer de perto a humanidade e viver Ele mesmo os seus problemas, dessa forma Seus mandamentos e orientações e exemplo podem ser plenamente seguidos. Atualmente existem muitos crentes que mandam ou orientam sem terem nenhum conhecimento do assunto.  
- “com nova mentalidade”, infelizmente cada vez mais os crentes assumem a mentalidade do mundo. É possível encontrar crentes que jogam na loteria, consultam o horóscopo, se deleitam em novelas de cunho espírita, contam pequenas mentirinhas, participam dos gatinhos comunitários de água, luz, TV a cabo, internet, etc.  

3.3. A encarnação foi necessária para que Deus demonstrasse sua solidariedade
- “comprovada pelo nascer entre os homens”, Deus prova seu amor por nós pelo nascimento e também pela morte de Jesus Romanos 5.8. Foi a forma mais eficiente de o Senhor provar seu amor por nós, pois Jesus deixou a sua glória para se fazer semelhante a nós. Filipenses 2.6,7 .
___________________________
CONCLUSÃO
- “testemunhando acerca dela”,devemos sempre anunciar a Jesus passando essa doutrina, ensinando o propósito dEle vir na forma humana pelo nascimento.
- “encarnação”, esse modelo pode ser referenciado como exemplo para nós, pois assim como o Senhor Jesus deixou tudo e nasceu por nós, devemos também deixar tudo e nascer pra Ele.

Boa aula!


Marcos André – professor

6 comentários:

  1. Que Deus o abençoe.subsidios enriquecedores,obrigado.

    ResponderExcluir
  2. Que Deus continue lhe abençoando e abrindo-lhe a mente para continuar nos ajudando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado irmã Milva, estamos sempre prontos a ajudar. Paz.

      Excluir

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.