sábado, 27 de julho de 2013

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio para a Lição 4 da Revista da CPAD


AULA EM 28 DE JULHO DE 2013 - LIÇÃO 4
(Revista: CPAD)

Tema: “JESUS O MODELO IDEAL DE HUMANIDADE”
  
Texto Áureo: Fp 2.5
  
INTRODUÇÃO
- Amado(a) professor(a), e
- “naturezas inseparáveis em Jesus”, Jesus tem até hoje em sua essência essas duas naturezas a humana e a divina. Ele fez coisas próprias dos humanos como sentiu sede, fome, se cansou, riu e chorou, etc. E também fez coisas próprias de Deus como falar com Moisés e Elias no monte da transfiguração, conhecer os pensamentos, etc.
- “apresentada por Paulo”, uma das maiores discussões no meio cristão daquela época era sobre a divindade de Jesus, haviam grupos na Igreja que tinham dificuldade em aceitar que Jesus mesmo era Deus.
- “nunca deixou de ser Deus”, existem pessoas até hoje que defendem a ideia de que Jesus teria deixado de ser Deus e se tornado novamente em um ser divino a partir do batismo nas águas Marcos 1.11.     
__________________________________________
1. O FILHO DIVINO: O ESTADO ETERNO DA PRÉ-ENCARNAÇÃO
                                        
1. Ele deu o maior exemplo de humanidade
- “que haja em vós”, nesse texto Paulo também está convidando os filipenses a seguirem o exemplo de Jesus. Esse convite também deve ser estendido a nós, devido ao forte apelo do mundo para a altivez.
- “modelo perfeito”, muitas pessoas procuram se espelhar em alguém, muitos vêem nos líderes espirituais grandes referenciais, como o papa por exemplo, que é aclamado nas ruas do Rio de Janeiro como o grande exemplo de fé. Porém é necessário que ensinemos que a praticar o modelo perfeito de Cristo.
- “mesma disposição”, se refere a obra desenvolvida por Jesus até o Seu sacrifício, pois não adianta ser ou estar convencido de algo é preciso trabalhar e lutar pelo evangelho, muitos se contentam apenas com as convicções, mas o Senhor nos chama a trabalhar em prol de sua obra.
- Aqui contém a resposta da QUESTÃO 1.

2. Ele era igual a Deus.
- “Cristo é Deus”, assim como o Espírito Santo também é Deus é a doutrina da Santíssima Triunidade, que afirma que Deus se constitui em três pessoas, Pai Filho e Espírito Santo, está implícita na Palavra, essa doutrina não aparece na Bíblia com esse nome, mas é aceita como doutrina por se entender que tanto o Espírito Santo como Jesus são da mesma essência de Deus, portanto são Deus.
- “Ele dizia ser”, na referência de João 14.9-11 o Senhor Jesus está falando aos discípulos, mas diante dos fariseus Ele tomava atitudes que mostravam ser Ele igual a Deus, Ele perdoava pecados Marcos 2.10, Ele conhecia os pensamentos Lucas 6.8, e chamava Deus de pai, isso era inadmissível para os fariseus.
- Aqui contém a resposta da QUESTÃO 2.

3. Mas não teve por usurpação ser igual a Deus.
- “expiação”, significa morrer no lugar de outro, assim é classificado o sacrifício de Jesus, um sacrifício expiatório, pois Ele morreu em nosso lugar.
- “voluntariamente”, Jesus se humilhou não por obrigação, nem precisou ser convencido a isso, essa é mais uma característica da sua humildade, ela é voluntária, assim nós devemos ser humildes também de forma voluntária, não para agradar aos pais ou ao pastor.    
- “com exceção do pecado”, quer dizer que Jesus não era frágil em relação ao pecado, mas havia a possibilidade de pecar, se Jesus não pudesse pecar a tentação no deserto teria sido um teatro, uma farsa.

2. O FILHO DO HOMEM: O ESTADO TEMPORAL DE CRISTO

1. “Aniquilou-se a si mesmo”.
- “esvaziar comunica melhor”, passa melhor a ideia do que “aniquilar”, pois aniquilar dá a ideia de destruir ou de acabar. Talvez na época da tradução não avia esse entendimento para o termo “esvaziar-se”, por isso a palavra “aniquilou-se” foi usada.
- “verdadeiro homem”, significa que Ele era um completo homem, nasceu pelo processo normal de gestação e parto e cresceu sem nenhum evento miraculoso em seu corpo, podemos concluir que Jesus nunca se acidentou e nem teve algum membro fraturado, porque assim como o cordeiro para a expiação nos rituais da lei deveria ser sem defeito, Ele também deveria ser para se entregar pela humanidade.
- “plenitude dos tempos”, significa um tempo propício, em que o mundo estivesse em certa tranquilidade, e tivesse uma cultura e um idioma conhecido no mundo e as cidades se comunicavam por estradas dessa forma o nome de Cristo seria espalhado pelo mundo mais facilmente, como de fato foi.
- “consubstancial com toda a humanidade”, “consubstancial” significa da “mesma substância”, quer dizer que Cristo tem a mesma substância da humanidade.
- Aqui contém a resposta da QUESTÃO 3

2. Ele humilhou-se a si mesmo.
- Professor nesta parte você pode comentar esse aspecto da humildade de Cristo, permitiu ser escarnecido e humilhado por causa da sua missão. Assim os servos de Deus devem seguir esse exemplo dEle, pois muitas vezes falamos que somos seguidores de Jesus, mas não suportamos quando somos afrontados por alguém.

3. Ele foi “obediente até a morte e morte de cruz”.
- “obediente à vontade do Pai”, Outro exemplo da humildade de Cristo, a Sua obediência até mesmo diante da morte. Vivemos em um tempo de grande rebeldia, até mesmo por parte de alguns jovens crentes.
- “Getsêmani”, foi o horto onde Jesus sofreu sua profunda angústia, a palavra “guetsêmani” significa “prensa de azeite”, era onde as azeitonas eram prensadas para liberarem o óleo. Dessa forma entendemos que Jesus naquele jardim foi prensado pela agonia que se aproximava.
- “ponto mais baixo”, a morte na cruz era uma morte humilhante, pois a pessoa deveria carregar a sua cruz até o local separado para esse fim e ali era crucificado nu diante de todos.
_________________________________________
3. A EXALTAÇÃO DE CRISTO

1. Deus o exaltou soberanamente.
- “passou pela humilhação”, comente que Jesus é o nosso exemplo máximo, pois assim como Ele a nossa exaltação também vem após a humilhação. Durante a humilhação que passamos na obra de Deus devemos ser humildes como Jesus, pois aquele que se exalta a si mesmo não será exaltado por Deus.
“kyrios”, palavra grega que significa Senhor, nas traduções em grego substituiu o Tetragrama sagrado YHWH que em português foi substituído pelo termo “SENHOR” com todas maiúsculas.
- “equivalente a Senhor”, o nome Jesus significa “Deus salva”.
- Além da exaltação de receber um nome que está acima de todo o nome e todos se curvarem ante à Ele, também o Mestre receberá o reconhecimento de todos, conforme o escrito em Apocalipse 1.7. Assim os humildes a exemplo de Jesus serão exaltados diante dos homens dessa mesma forma, todos verão que somos de Deus e que o Senhor está conosco.
- Aqui contém a resposta da QUESTÃO 4.

2. Dobre-se todo o joelho.
- “reconhecer a autoridade de alguém”, não existe um mandamento bíblico sobre ajoelhar-se para orar, mas devido à soberania do Senhor e seu imenso poder, é o melhor sinal de respeito que existe e de reconhecimento, porém sabemos que em situações adversas não a possibilidade de orar de joelhos, nesses casos os crentes devem orar em pé.
- Ajoelhar-se na presença de Jesus em oração é o maior sinal de humildade que seus servos demonstram.
- “animadas e inanimadas”, animadas se refere às criaturas que tem vida e movimentos e sentimentos e inanimados se referem àquelas que não possuem movimentos nem expressão de sentimentos.  

3. Toda língua confesse.
- “pregação do evangelho”, essa pregação só poderá ser possível se os servos de Jesus confessarem o senhorio de Cristo.
- “confissão de que Jesus Cristo é o Senhor”, essa é a pedra fundamental da Igreja de Jesus, quando Pedro declarou que Jesus era o Cristo o Filho do Deus vivo Mateus 16.16, então o Mestre disse logo a ele sobre aquela pedra seria edificada a Sua Igreja. Mateus 16.18, a pedra a qual Jesus se referiu foi a afirmação que Pedro acabara de fazer.
________________________________________
CONCLUSÃO
- Note que esta conclusão está em forma de recapitulação do que foi ensinado, isso ajuda na fixação da matéria estudada.
- As perguntas do questionário também ajudam muito, recomendo que você cultive na sua classe o hábito de responder as perguntas do questionário.
- Conclui-se que ser humilde não é apresentar com roupas velhas e com poucas condições financeiras, mas sim demonstrar o mesmo caráter de Cristo, existem pessoas ricas que são mais humildes do que muitos pobres e vice-versa.

Marcos André – Superintendente e professor

Boa Aula!



2 comentários:

  1. Qual seria hoje o Senhor da Igreja?
    O homem com seus desejos aflorados ou Mammon.
    Charles H. Gabriel' autor de diversas composiçoes do hinario, disse
    "Ele não derramou lagrimas pelos seusproprios males,
    Ele derramou sangue por nossos males"
    A igreja em Filipos foi orientada a. Acabar com o egoismo e Paaulo. Cita exatamente o maior exemplo de amor, o de dar a vida por alguem querendo assim que acabassem com o partidarismo.
    A paz Pastor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paz irmão Mendes, sinto que você está empenhado na luta contra as panelinhas e os partidos ocultos nos ministérios, estamos juntos, vamos orar pelos nossos líderes e abrir a boca contra os desmandos e a política dentro das igrejas. PAZ.

      Excluir

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.