INICIE CLICANDO NO NOSSO MENU PRINCIPAL



__________________________________________________________________

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio para a Lição 10 - Revista da CPAD


AULA EM 08 DE SETEMBRO DE 2013 - LIÇÃO 10
(Revista: CPAD)

Tema: “A ALEGRIA DO SALVO EM CRISTO”
  
Texto Áureo: Fp 4.4  
  
INTRODUÇÃO
- Amado(a) professor(a), nesta lição você mostrará como a paz de Deus opera maravilhas na vida do servo de Deus.
- “paradoxalmente”, significa contrariamente, em oposição.
- “caminhava muito bem”, Paulo se ocupava das boas notícias que ouvia sobre a aquela igreja. Se alguém se dedicar em ouvir somente as más notícias, certamente se atribulará e se entristecerá.
__________________________________________
1. EXORTAÇÃO À ALEGRIA E FIRMEZA DA FÉ

1. A alegria de Paulo.
- “continuação do capítulo 3”, a Bíblia foi dividida em capítulos e versículos para facilitar o estudo, mas essa divisão muitas vezes não seguiu uma regra específica. Por isso a ideia de alguns capítulos só se completam em outro.
- “coroa”, era o motivo de orgulho dos reis e símbolo da autoridade, assim Paulo considera os irmãos da igreja de Filipos, pois eles comprovavam a autoridade apostólica de Paulo.
- CONTÉM A RESPOSTA DA QUESTÃO 1.

2. A alegria nas relações fraternas.
- “relações fraternas”, se refere a relação entre irmãos.
- “problema de relacionamento”, nas igrejas sempre existirão problemas de relacionamento, isso não significa que a igreja é ruim. O que precisamos é aprender a conviver com esses problemas e ir tentando resolvê-los.
- “perturbando a comunhão”, isso porque as duas irmãs eram fundadoras da igreja, dessa forma dividia muitas opiniões. Lembre que o inimigo prefere atacar os de maiores posições na igreja.
- “devido cuidado e respeito”, Paulo tinha o receio de perder alguma alma pro mundo, alguns pastores e líderes de departamentos deveriam aprender essa lição com o apóstolo Paulo. Existem líderes e pastores que machucam as ovelhas, com palavras e atitudes.
- “ambas terem contribuído”, eram mulheres trabalhadoras da obra e tinham ajudado muito o apóstolo. Existem irmãos que lutam muito tempo em um ministério e de repente por cometerem um deslize, ninguém se lembra de todo trabalho que fizeram e estão prontos a condená-los.
- CONTÉM A RESPOSTA DA QUESTÃO 2.

3. A alegria de ter os nomes escritos no Livro da vida.
- “Livro da Vida”, também chamado de Livro da Vida do Cordeiro, Apocalipse 13.8 e 21.27
- “cidadania romana”, era uma cidadania muito cobiçada, pois dava ao portador direitos e privilégios. Muitos gregos compravam o direito à cidadania por elevada quantia em dinheiro.
- “tem convicção”, estar convencido é concluir por razões obvias, que algo é verdadeiro. Assim todo crente pode ter essa convicção na sua vida, basta ler a Palavra e usar o bom senso.
- CONTÉM A RESPOSTA DA QUESTÃO 3.
______________________________________________
2. A ALEGRIA DIVINA SUSTENTA A VIDA CRISTÃ

1. Alegria permanente no Senhor.
- “versão bíblica ARC”, é a versão mais antiga da tradução de João Ferreira de Almeida, foi corrigida em 1898 e passou por diversas revisões, sendo a última em 2009, é usada como referência padrão para os estudos das revistas da Escola Dominical e diversas publicações, muitos especialistas apontam a versão Revista e Atualizada como sendo melhor do que a Corrigida para fins de estudo.
- “alegrar-se plenamente”, é se alegrar de forma completa, total. Ainda que um ou outro problema venha a entristecer o servo de Jesus, logo ele é esquecido e o crente se alegra novamente.
- “presença viva”, se refere às atividades do Espírito Santo, pois Ele estando vivo em nós, significa que está agindo em nosso ser. Aqui está falando que o Espírito Santo opera a certeza da nossa reconciliação com Deus.
- “imperativamente reitera”, imperativamente significa “de forma incisiva” ou “em forma de ordem”, e a reiterar significa “confirmar ou repassar”. Quer dizer que Paulo repassou de modo incisivo, a orientação de que os filipenses deveriam “regozijar-se no Senhor”

2. Uma alegria cuja a fonte é Cristo.
- “adversidade sofridas em Filipos”, se refere principalmente à prisão junto com Silas por causa da expulsão do demônio de adivinhação de uma jovem Atos 16.16-24.
- “grandes experiências de alegrias”, na mesma ocasião o apóstolo Paulo e o missionário Silas foram libertos da prisão pelo poder de Deus que faz ablar o cárcere e também ganharam para Jesus, o carcereiro e toda a sua casa. Note que o apóstolo Paulo tinha motivos para se entristecer, mas também tinha boas lembranças que davam alegria. Ensine aos alunos, que em nossa caminhada sempre teremos motivos para nos entristecer, mas também teremos motivos em dobro para nos alegrar em Cristo. Depende em quais lembranças nos apegaremos, pois o ser humano tem mais facilidade em se abalar pelas coisas ruins, do que se alegrar com as coisas boas. 

3. Uma alegria que produz moderação.
- “equidade”, significa “igualdade ou imparcialidade, apontando para honestidade”, porém na versão ARA (Almeida Revista e Atualizada) foi traduzido como “moderação” que significa “equilíbrio”. Nota-se a diferença entre os dois conceitos: equidade e moderação.
- “ambas as palavras são sinônimas”, quer dizer que tem o mesmo significado, mas acabamos de ver que cada uma delas tem seu próprio significado. Se você explicar do jeito que esta na revista, poderá se embolar, pois tem sempre aquele aluno que conhece bem a Bíblia.

_________________________________________
3. A SINGULAR PAZ DE DEUS

1. A alegria desfaz a ansiedade e produz paz.
- “contraria a confiança”, confiança é acreditar mesmo quando tudo está indicando que não vai dar certo.
- “que afirmamos ter em Deus”, corremos o risco de ensinar algo e não acreditar realmente nisso.
- “com ação de graças”, com atitudes de agradecimento.
- “em reconhecimento”, quando agradecemos à Deus por algo, estamos reconhecendo que tudo veio dele e que Ele é quem nos abençoa.

- CONTÉM A RESPOSTA DA QUESTÃO 5.

2. Uma paz que excede todo entendimento.
- “que excede todo entendimento”, quer dizer que não há forma de entender, não se pode comparar, nem medir, nem ser compreendida por qualquer outro método, pode ser vivida, mas não compreendida.
- “são recíprocas entre si”, recíprocas quer dizer: que falam da mesma forma. Aqui significa dizer que uma vem acompanhada da outra ou uma traz a outra. Seria assim: quem tem a paz de Jesus, também tem a alegria.
- “como o mundo a dá”, significa que é uma paz diferente da do mundo e não vem da mesma forma que no mundo.
- “transcende”, vai além de.
- “não depende das circunstâncias”, circunstâncias são situações particulares da vida, é o conjunto de fatores que envolve uma tomada de decisão ou uma tarefa. Existem circunstância que impedem a paz do mundo, mas não existe nenhum que impede a paz de Deus. Ex: o crente pode estar na prova, com dívida, com problemas diversos, mas consegue dormir tranquilo porque tem paz com Deus.

3. Uma paz que guarda o coração e os sentimentos do crente.
- “guardará o vosso”, guardar aqui tem o sentido de “manter”, significa que a paz de Deus manterá o coração e os sentimentos do crente, limpos sem mancha para o Dia do Senhor. Na prática a pessoa que tem a paz de Deus consegue resistir ao pecado.
________________________________________
CONCLUSÃO
- “alegria passageira”, é a alegria que vem e vai embora rápido. A nossa alegria não é assim, ela é a mesma de Cristo, por isso ela é permanente.
- “sentinela espiritual”, assim como a sentinela guarda alguma coisa a paz de Deus também guarda algo.
- Faça perguntas, puxe a participação dos alunos.
- A RESPOSTA DA QUESTÃO 4 está no contexto geral.

Marcos André – Superintendente e professor

Boa Aula!



-->

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.