INICIE CLICANDO NO NOSSO MENU PRINCIPAL



__________________________________________________________________

sábado, 2 de novembro de 2013

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio da Lição 5 - Revista da Editora Betel


AULA EM 03 DE NOVEMBRO DE 2013 – LIÇÃO 5
(Revista: EDITORA BETEL)

Tema: Saul e Davi, dois reis e dois caminhos diferentes
  
Texto Áureo: 1 Samuel 18.12
  
INTRODUÇÃO
- Professor(a), nesta lição
- “Por que Davi não foi governar se já era o rei de Israel?”, essa pergunta pode ser questionável, pois a passagem do reino ocorria em uma cerimônia de coroação, onde um novo rei assumiria mediante a renúncia, impossibilidade ou a morte do rei atual. Durante a cerimônia ocorria a unção do novo rei, o Senhor apenas adiantou esse processo em Davi, mas não houve a cerimônia de recebimento do novo rei pelo povo.
- “um homem sanguinário”, outro ponto contestável, pois Saul não parece ser um homem sanguinário, por mais que ele tenha tentado matar Davi não faz mais sanguinário do que ele que mandou matar Urias, e desejou matar toada a casa de Nabal, ao ponto de ser impedido de construir o templo do Senhor, o maior erro de Saul foi ser desobediente e rebelde, tentando agradar ao povo.
_______________________________________
1. A amizade de Davi e Jônatas
- “os lábios do povo”, se refere ao que as mulheres cantavam .
- “família incompreensiva”, se refere a família de Davi, essa dedução se deve ao fato de Davi não ter sido convidado para o sacrifício no dia em que ele foi ungido por Samuel, e ao que o seu irmão Eliabe lhe falou no dia em que ele enfrentou o gigante. 1 Samuel 17.28
- “injustiça”, esse é um dos maiores gigantes que existe na vida de qualquer crente, muitos homens de Deus já caíram diante desse gigante, ocorre quando o servo fiel é acusado de algo que não fez, ou é perseguido por alguma coisa que ele desconhece ou até mesmo sem motivo algum. As injustiças acontecem no trabalho, nas amizades, nos casamentos, e até nas igrejas.

1.1. Saul, reprovado pela impaciência
- “agiu prematuramente”, Saul tentou agradar ao povo e desagradou a Deus, pois ele era segundo o coração do povo e não o de Deus.
- “Por questões de segundos, Saul perdeu”, parece ter sido isso, mas sabemos que Saul já estava inclinado para a desobediência, nada acontece de repente.
- “como se nada tivesse”, sem ostentar, sem apresentar uma pose de ungido, ele vivia normalmente. Atualmente muitos crentes gostam de serem anunciados e reconhecidos.

1.2. Saul, reprovado pela obediência parcial.
- “males que pode nos causar futuramente”, sendo Deus onisciente, Ele conhece  também o futuro (presciente), precisamos ter fé e confiar totalmente em Deus fazendo o que o Senhor nos orienta.
- “Saul cumpriu apenas meia ordem”, assim existem muitos irmãos que obedecem a Deus parcialmente, não tem o coração voltado completamente para o Senhor. A obediência, a santificação e a consagração deve ser total e não pela metade.
- “simulando que as ovelhas eram para sacrificar”, provavelmente o rei Saul queria somente aumentar o rebanho do reino.
- “que Deus nos mandou destruir, isso pode, depois, destruir-nos.”, essa palavra é forte, os amalequitas representam os vícios, o pecado, e práticas do mundo. Deus já nos mandou destruí-las, mas se deixarmos qualquer uma delas continuar vivas em nós, ela pode nos destruir.  
- CONTÉM A RESPOSTA DA QUESTÃO 2, a ser entendido no meio desse subtópico.

1.3. Saul, reprovado por erguer um monumento a si mesmo (ISm 15.12)
 - “construir um monumento ao Deus Altíssimo”, se refere ao templo, que Davi quis construir, mas o Senhor não deixou por ser ele homem de guerra. 1 Cr 28.3
- “O maior erro de um líder é se achar dono de um povo”, muitos pastores precisarão aprender isso no domingo mais do que os membros, pois muitos deles governam a igreja como verdadeiros chefes e não como líderes.
- CONTÉM A RESPOSTA DA QUESTÃO 1, em cada título dos subtópicos do tópico 1.
__________________________________
2. Davi e as lições do palácio
- “como um ungido do Senhor”, Davi deixou de matar a Saul por duas vezes devido ao respeito que ele tinha por Deus. 
- CONTÉM A RESPOSTA DA QUESTÃO 4, expresso no meio dessa do tópico.

2.1. O Servir e reinar
- “Davi é rei, mas não reina”, o comentarista da lição acredita que Davi podia ser considerado rei, mas esse é um pensamento do comentarista.
- “para crescer ao lado do reprovado sacerdote”, às vezes o Senhor nos coloca no meio de pessoas que agem como Saul no Reino de Deus para aprendermos o que não deve ser feito, como não proceder. Todas as situações difíceis que passamos hoje fazem parte de um plano maior de Deus em nossa vida.
- A RESPOSTA DA QUESTÃO 3, expressa no meio desse subtópico.

2.2. Ser como se não fosse
- “que Davi reinasse e não Saul. Mas Davi é ungido e volta”, essa conjunção “mas”, faz parte de um grupo chamado conjunções adversativas, mas, porém, contudo, ou seja, que expõe uma adversidade, como algo que não pode se concretizar devido a uma ação adversa. Na verdade na acontece adversidade que não esteja no controle de Deus ou que Ele mesmo não tenha produzido.
- “Deus criou um meio para que Davi”, na verdade tudo aqui é criação de Deus, ou por permissão ou por ação direta. Foi Deus quem rejeitou, foi Ele quem mandou ungir, foi ele quem enviou (ou permitiu) um espírito opressor na vida de Saul.
- A ideia desse tópico é que Davi tinha a unção, mas não buscou o reino, ele deixou que Deus coordenasse tudo.

2.3. Reinando sem título
- “Não era preciso ser nomeado a nada”, Davi conquistou prestígio do povo sem ser rei, tinha apenas o cargo de capitão da guarda. Precisamos honrar a Deus nos cargos menores, trabalhando arduamente para que possamos chegar aos cargos maiores.
- títulos valem mais que o caráter, títulos são as imagens que os homens adquirem diante do mundo, enquanto caráter é a imagem que os homens constroem diante de Deus. Atualmente as pessoas se preocupam mais em como estarão sua imagem diante do mundo.
- “mas Davi governava claramente”, não sei o que o comentarista quis dizer com isso, talvez esteja afirmando que Davi mandava no reino, o que eu discordo completamente.
____________________________________
3. A maneira correta de enfrentar crises e perseguições

3.1. Davi não enfrentou Saul, recorreu a Deus
- “Davi não via Saul como inimigo, mas como o ungido”, a forma como vemos nossos líderes determina qual será a nossa conduta no futuro; muitos irmãos não veem os pastores como ungidos por Deus, por isso os tratam com uma falta de respeito terrível.

3.2. A atitude de Davi faz Saul reconhecer sua insanidade
- “Um simples golpe da espada acabaria come”, se refere ao momento em que as momentos em que Saul está dormindo 1 Sm 26.12 e no outro quando ele estava defecando 1 Sm 24.3,4.
- “John Sidlow Baxter”, Teólogo, pastor e escritor, viveu de 1903 a 1999. 
- “homem procede, proceder significa “agir”.
- “quando tenta persuadir a si mesmo”, quer dizer: “quando ele tenta se convencer de que está fazendo o certo, mesmo que não esteja, isso acontece o tempo todo em nossas igrejas.

3.3. Dois reis, dois caminhos diferentes
- “Foram as decisões”, isso é verdade, mas convém lembrar que as decisões materializam aquilo que está no coração. Se um coração é segundo o povo como o de Saul, ele sempre tentará agradar o povo e manter a sua imagem diante das pessoas. Porém se um coração é segundo o Senhor, como era o de Davi, então ele fará tudo para agradar a Deus e manter uma boa imagem diante do Altíssimo (caráter).
- “Cuidemos para que as nossas decisões não abortem”, eu diria também que devemos cuidar do nosso coração para que não extravazemos suas intenções em decisões erradas.  
___________________________
CONCLUSÃO
- “contrastes muito interessante”, contrastes são as características de um que ressaltam o oposto no outro.
- A comparação aqui parece simples, passe aos alunos ressaltando que hoje temos a oportunidade de ser segundo o coração de Deus como Davi e isso com o apoio do Espírito Santo.
- “Como a velha aliança”, se refere à aliança da Lei, em Moisés.
- Faça o resumo e corrija o questionário.
- CONTÉM A RESPOSTA DA QUESTÃO 5, expresso nessa conclusão.
- Todas minhas dicas de respostas devem ser buscadas na revista.

Boa aula!


Marcos André – professor

2 comentários:

  1. muito bom , parabéns pelo trabalho , tem me ajudado muito ,muito mesmo,que o SENHOR continue abençoar vc...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por visitar esse espaço, Deus abençoe teu ministério, ore por mim.
      Paz.

      Excluir

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.