sábado, 30 de novembro de 2013

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio da Lição 9 - Revista da CPAD

INCOMPLETO


AULA EM 1 DE DEZEMBRO DE 2013 - LIÇÃO 9
(Revista: CPAD)

Tema: O TEMPO PARA TODAS AS COISAS
  
Texto Áureo: Provérbios 3.1
  
INTRODUÇÃO
- Amado(a) professor(a), nesta lição mostre como o pregador exorta os leitores a considerarem os tempos futuros e não desperdiçarem o tempo que Deus lhes deu debaixo do sol.
- “tradição bíblica propagada pelo Cristianismo”, se refere aos valores morais e éticos que o Cristianismo através da igreja Católica espalhou pelo mundo. A ideia de que Deus é o Senhor e criador do universo, a pureza da noiva, o casamento monogâmico, a ideia de um inferno e de um julgamento final são alguns desses valores.
- “verdade absoluta”, é qualquer verdade que não pode ser contestada, que se aplica para todos em todas as épocas. Ex: os noivos se guardarem para o casamento deve ser uma atitude honrosa em qualquer lugar do mundo e em qualquer época.
- “não existe verdade, e sim “verdades””, se refere à relativização da verdade absoluta, criando uma verdade para cada situação. Ex: os noivos se guardarem para o casamento deve ser uma atitude honrosa DEPENDENDO do lugar e da cultura em que eles estejam inseridos.
- “corrida atrás do vento”, a sentença “correr atrás do vento.” Que tanto aparece em Eclesiastes significa correr atrás de nada, sem objetivo.
__________________________________________
1. ECLESIASTES, O LIVRO E A MENSAGEM

1. Datação do livro. 
- ...

2. Conhecendo o Pregador.
- “que já estava velho”, existem algumas fases da vida de Salomão que podemos destacar, primeiro ele está assumindo o trono de Israel e buscando a Deus, para poder liderar co sabedoria. Depois ele fortifica a Nação e se engrandece, então vem as atitudes erradas e o desvio.
- “apontam para Deus como a única fonte de satisfação”, pelas considerações que Salomão faz em Eclesiastes dá a entender que ele se arrepende completamente no final. E seu arrependimento é algo que ele não registra, talvez por não ser vaidade e sim sinceridade.
_____________________________________________
2. DISCERNINDO OS TEMPOS

1. A transitoriedade da vida.
- “Sendo a vida tão curta”, hoje ao ler Eclesiastes com meus 38 anos, me lamento de não ter entendido ele na primeira vez que li com meus 14 anos, como entendo hoje. Talvez Salomão tivesse esse mesmo lamento.
- “acham que a sabedoria resolverá o seu problema”, falou comigo aqui, mas já me converti disso. É interessante como Salomão chega a conclusão que até a benção de Deus nas mãos do homem pode se tornar em coisa inútil e até em desgraça.
- Ainda hoje nas igrejas existem pessoas que se afastam de Deus por não saberem administrar o que dEle recebeu.

2. A eternidade de Deus.
- “o homem não deve fixar-se apenas nas coisas dessa vida”, através da exortação da eternidade de Deus e o que escreve em todo o capítulo 3, nos leva à conclusão de que o melhor é fazermos o bem agora, pois o Senhor pedirá conta de tudo que. Ele ainda diz no verso 14 que o que Deus faz é eterno, então haverá uma vida depois desta, que não será uma nova chance para o homem, mas dependerá das obras que praticarmos debaixo do sol.
_________________________________________
3.  O TEMPO E AS RELAÇÕES INTERPESSOAIS

1. Na família.
- “juntamente com o nosso cônjuge e filhos”, a mais de 2600 anos atrás o pregador está orientando que os homens de Deus tomem atitudes que os especialistas em relações sociais apontam como sendo a solução para muitos problemas da nossa juventude, é afetividade dos pais para com os filhos, dedicando mais tempo com a família.
- “permanente ação de graças a Deus”, quando nós reconhecemos o Senhor como nosso abençoador, então estaremos registrando na cabeça das nossas crianças que devemos tudo a Deus e quando eles crescerem serão gratos da mesma forma.
- “A vida do crente não precisa ser triste.”, levanto aqui um ponto meio polêmico: a credito que a vida do crente não precisa ser triste e nem mergulhada em afazeres eclesiásticos que tomam todo o tempo. Os servos de Cristo devem estar na igreja toda semana e também reservar um dia a cada mês para sair com a família, passear, ir ao cinema, ir à praça, ou qualquer atividade que se encaixe no orçamento.
- Todo mundo culpa o demônio e o conjugue, mas às vezes é a própria pessoa que não sabe administrar seu tempo e dedicar parte dele à família, acaba permitindo Satanás fazer arruaça em seu casamento.

2. No trabalho.
- “fim em si mesmo”, significa trabalhar por trabalhar, somente para ser digno ou para ganhar dinheiro.

- “nosso local de trabalho deve ser um lugar agradável”, isso aqui se aplica também nas relações com o patrão, podemos ser pessoas alegres em nosso local de trabalho, poderemos conquistar muitas bençãos e muitos corações para Jesus. Veja o caso de Neemias. Nm 2.1

                            INCOMPLETO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.