INICIE CLICANDO NO NOSSO MENU PRINCIPAL



__________________________________________________________________

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio da Lição 3 - Revista da CPAD


AULA EM 19 DE JANEIRO DE 2014 - LIÇÃO 3
(Revista: CPAD)

Tema: As Pragas Divinas e as Propostas Ardilosas de Faraó  

Texto Áureo: Efésios 6.11
  
INTRODUÇÃO
- Amado(a) professor(a), nesta lição você usará a linguagem figurada, mas cuidado para não virar pregação rsrsrs.
- “flagelos”, azorrague com que se açoita, castigo, tormento.
- “por seus atos”, as pragas visavam humilhar a idolatria atingindo aquilo que os egípcios consideravam mais sagrados como o sol e o Nilo.
- “ardilosas”, que tem um ardil, ou seja, uma estratégia, um engodo, uma astúcia.
- “destruidoras”, a fim de destruir o projeto de Deus, Faraó representa Satanás, aquele que tente impedir a saída do povo de Deus do Egito (mundo), Assim como Faraó Satanás tem perdido alguns dos seus escravos para o Reino de Deus, as propostas de Faraó representam as propostas de Satanás para manter o povo aprisionado.
__________________________________________
1. AS PRAGAS ENVIADAS E A PRIMEIRA PROPOSTA DE FARAÓ

1. Pragas atingem o Egito (Êx 7.19 — 12.33).
- “considerado um deus”, assim como Satanás é considerado um deus desse século.
- “com sinais e maravilhas”, existem situações em que a razão não funciona, não basta ter conhecimentos teológicos, é necessário apresentar sinais de autoridade divina, esses sinais não salvam as almas, mas abrem caminho para que a Palavra de Cristo alcance os corações.
- “endureceu o seu coração”, houve permissão de Deus para esse endurecimento, para que o Senhor pudesse fazer toda a sua obra.

2. A primeira proposta (Êx 8.25).
- “ecumenismo também parte deste princípio”, o ecumenismo é uma crença que hoje tem a proposta de unificar as religiões, tornando todas comuns.
- “separei-vos dos povos”, a palavra “santo” significa separado, assim como Deus achou por bem separar o Seu povo do Egito, também nós devemos estar separados do mundo. Porém para nós hoje essa separação não é física, mas sim espiritual, conforme João 17.15 o Senhor não quer nos tirar do mundo, mas quer que sejamos santos (separados) no mundo.
- “tantos crentes frios espiritualmente”, crentes que não são fervorosos na fé, que vibram com o poder de Deus, que amam estar na presença de Deus, são crentes que vão conduzindo sua fé como se fizessem parte de clubes ou grupos de auto ajuda. São crentes cheios de mistura, pois convivem com a idolatria e se deixam levar por ela.
- CONTÉM A RESPOSTA DA QUESTÃO 1, expressa no início desse subtópico, mas na revista aparece o versículo.
_____________________________________________
2. FARAÓ NÃO DESISTE

1. A segunda proposta de Faraó (Êx 8.28).
- “não vades longe”, era para ficarem por perto ao alcance de Faraó. Note a semelhança do que o Diabo propõe hoje. É como se dissesse ao novo convertido hoje: “Não se aprofunde muito.” “Não se envolva demais.”
- “mas o Egito não sair deles”, significa que o Egito está sempre perto, dentro do crente. Muitas vezes ele tem até saudade do que fazia no mundo.
- “e perdeu-se”, essa comparação é muito ilustrativa, pois a mulher de Ló estava apegada a algo que estava sendo destruído, assim como esse mundo está para ser destruído, nós não podemos nos apegar a ele.
- “era vigiar e controlar os passos”, para poder atacar a hora que quisesse. Satanás tem essa intenção em que os crentes não se distanciem muito dele para poder atacar com mais eficiência e quando quiser.
- “o rompimento parcial com o pecado”, significa romper somente em parte, é deixar Cristo entrar em sua vida, mas fechar algumas gavetas para Ele não ver, ISSO É FORTE, PARECE QUE ESTOU PREGANDO! Esse tipo de crente pode ser comparado ao crente morno de Laudiceia Ap 3.16.
- “vida cristã superficial”, que está na superfície, que não se aprofunda.
- CONTÉM A RESPOSTA DA QUESTÃO 2. expressa no início desse subtópico.

2. A terceira proposta de Faraó (Êx 10.7).
- “resultaria no fracionamento”, fracionamento significa divisão, seria dividir a família, enquanto Jesus quer salvar nós e a nossa casa, Satanás quer que alguns da nossa família se percam. Como disse a Lea Mendonça, de vez em quando ele acerta um dos nossos.
- “sem provisão, sem proteção, sem direção”, os pais são quem ensinam, veja o caso dos jovens em Babilônia no livro de Daniel, eles foram ensinados por seus pais a vida toda e quando estivaram longe deles sabiam exatamente o que podiam e o que não podiam fazer.
- “Diabo quer a ruína do casamento”, notamos isso hoje em filmes e novelas e nos adventos de redes sociais, etc, são criados milhares de recursos e armadilhas para a traição e a infidelidade. Nas rodas de amigos do mundo, a infidelidade é uma coisa legal e bem vista.
- “Miscigenação devastadora”, o povo judeu é um dos povos mais unidos da terra, ele conseguiu ser espalhado duas vezes na História da humanidade e sempre manteve sua identidade, isso ocorreu devido ao costume dado por Deus aos patriarcas de eles não se casarem com pessoas de outros povos, dessa forma eles manteriam suas tradições. Assim a Igreja de Cristo procura seguir essa orientação do Senhor, quando um crente namora ou se casa com alguém do mundo, existe mais chance da pessoa ímpia desviar o(a) servo(a) de Deus.
- CONTÉM A AJUDA PRA RESPOSTA DA QUESTÃO 3, no meio do subtópico, na revista aparece o versículo.
_________________________________________
3. A PROPOSTA FINAL DE FARAÓ

1. A situação caótica do Egito.
- “ficou sem luz”, na época as luzes eram de lamparinas ou velas, provavelmente era impossível acender fogo e durante o dia uma espécie de eclipse ocorreu no sol, porém era um eclipse diferente, pois na terra dos judeus havia luz.  
- “seu país devastado pelas pragas”, e suas divindades humilhadas e tudo que trazia orgulho aos egípcios foi destruído.
- “há um preço alto a se pagar”, algumas pessoas não dão ouvidos a Deus por estarem presos à idolatria e ao orgulho pessoal. São exatamente essas coisas que o Senhor tira daqueles que Ele quer trazer para uma chamada especial.

2. A quarta e última proposta.
- “para oferendas de sacrifícios”, apesar de o cerimonial só ter sido regulamentado no livro de Levítico, o Senhor já havia recebido sacrifícios de Abraão, Isaque e Jacó, com certeza Faraó sabia disso.
- “Não haveria entrega ao Senhor”, é como se fosse proposto ao crente hoje que deixasse de adorar a Deus. Nós não podemos adorar a Deus somente com a convicção, precisamos adorar com nossos recursos, dons e talentos. Precisamos investir na adoração. Deus aceita qualquer adoração que venha do coração, mas existe um adorador diferente que é aquele que diz: “porque não oferecerei ao Senhor meu Deus holocaustos que não me custem nada.” 2 Sm 24.24b

- “não santificados e não sujeitos à vontade”, tudo que nós temos ou fazemos dever ser para louvor ao Senhor, se vamos trabalhar, o nosso testemunho no trabalho deve anunciar a bondade de Deus, se acessamos as redes sociais, o que fazemos lá deve testificar que Deus nos transformou,
- “santidade é um imperativo”, quer dizer que é uma ordem, significa que Deus não está nos recomendando a ser santos, Ele está nos mandando e o pior é que o mundo sabe disso e nos cobra isso o tempo todo.
- CONTÉM A AJUDA PRA RESPOSTA DA QUESTÃO 4, no início do subtópico.
_______________________________________
CONCLUSÃO
- “traiçoeiras propostas do Maligno”, as propostas vem com outras palavras, mas são exatamente as mesmas.
- “não mudou em relação à sua luta”, assim como em Deus não há sombra de variação, o inimigo de nossas almas também não muda, por isso já está condenado, mas nós ainda não estamos porque podemos mudar, convide seus alunos a mudarem a forma de responder às propostas de Satanás.
- Essas propostas vem na boca de colegas ímpios e às vezes através de alguns crentes que emprestam seus lábios para Satanás usar.
- “más insinuações, sugestões, conclusões etc”, essas são algumas amostras desse tipo de propostas do inferno, quando alguém insinua algo, devemos estar atento, pois pode haver uma intenção satânica por trás. Às vezes um elogio pode ocultar uma artimanha maligna, o crente deve estar atento.    
- Não se esqueça do resumo do que foi aprendido.
- É interessante fazer um fechamento com oração pedindo a Deus para abrir os olhos dos alunos quanto à vigilância.
- CONTÉM A RESPOSTA DA QUESTÃO 5, expressa no início este subtópico.

Marcos André – Superintendente e professor

Boa Aula!

2 comentários:

  1. QUE DEUS de autoridade aos pastores,voltarem a pregar santidade ao Senhor e tirar o mundanismo de dentro da igreja local,o povo de DEUS tem que fazer diferença por dentro por fora MT 5;17 e 1ts 5;23

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, eu peço a Deus essa autoridade, para que eu possa trabalhar assim contra o mundanismo. Paz irmã Verinha.

      Excluir

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.