quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio da Lição 2 - Revista da CPAD


AULA EM 12 DE JANEIRO DE 2014 - LIÇÃO 2
(Revista: CPAD)

Tema: o Um Libertador para Israel
  
Texto Áureo: Êxodo 3.14
  
INTRODUÇÃO
- Amado(a) professor(a), nesta lição trace comparações entre o chamado de Moisés e o chamado dos crentes hoje, para poder explicar algumas adversidades.
- “não é feito da noite para o dia”, aqui já dá para tecer crítica sobre essa galera que mal aceita a Jesus e ainda nem tem a certeza de seu chamado e já saem pregando em tudo que é igreja. Várias vezes vemos alguns desses se desviando, em geral são jovens que querem apressar as coisas de Deus.
- “amadurecida pelo tempo”, que adquiriu experiências de vida ao longo da caminhada, que podem aconselhar sobre aquilo que já viveram.
- “ao longo dos anos”, Moisés viveu 40 anos no Egito e depois 40 anos no deserto, devia ter uma boa bagagem para a obra para a qual Deus o convocou.
- “parece não era muito eloquente”, devido à afirmação que ele fez para Deus em Êx 4.10 onde ele chegou a afirmar que era pesado de boca.
- “viu que ele seria obediente”, Deus não chama alguém porque é perfeito, mas porque Ele enxerga algo de bom nessa pessoa para o Seu ministério.
__________________________________________
1. MOISÉS — SUA CHAMADA E SEU PREPARO (Êx 3.1-17)

1. Deus chama o seu escolhido.
- “um excelente aprendizado”, esse ofício Moisés aprendeu no deserto durante quarenta que passou lá, se no Egito ele aprendeu a escrita e as ciências, no deserto ele aprendeu a humildade, a sobrevivência, o cuidado, os perigos, etc.
- “e capacitando para o santo ministério”, muitos irmãos estão sendo treinados por Deus nesse mesmo momento, eles se sentem num deserto assim como Moisés, mas no momento certo o Senhor falará com eles no meio do fogo.
- “cabe ao homem cuidar do seu preparo”, Moisés estava apto para tirar o povo do Egito, pois ele primeiro fugiu de lá, ele não fez do Egito a sua casa, ele se tornou insuportável para ele, pois para Moisés o Egito se tornou em lugar de morte. Se comparamos o Egito com o mundo, veremos que muitos crentes passaram a gostar dele e até buscam seus entretenimentos.  
- CONTÉM A RESPOSTA DA QUESTÃO 1, expressa no início desse subtópico.

2. O preparo de Moisés (Êx 3.10-15).
- “foi chamado e recebeu treinamento”, na verdade o treinamento de Moisés começou antes do seu chamado. Muitas vezes não estamos preparados para um chamado, mas o Senhor vai nos preparando para o momento adequado, Ele vai9 nos moldando.
- “conhecimento adquirido por Moisés”, Moisés aprendeu a escrita hebraica, isso foi essencial para escrever o Pentateuco.

3. O objetivo da chamada divina (Êx 3.10).
- “seu método é usar homens e mulheres”, Deus prefere que haja intermediadores homens, pois devido ao nível de rebeldia humano, o povo seria rapidamente consumido.
- “É o mundanismo entre os crentes”, nesses últimos dias, Satanás encontrou maneiras de adentrar as igrejas com seus entretenimentos, é fácil encontrar crentes dentro do culto, mais preocupados em saber quem está online no Facebook ou no What’s up.
- “tudo o que Moisés precisava como líder”, Moisés entendeu por muitas provas que só conseguiria conduzir o povo de Deus se o Senhor estivesse com ele e perdoasse o pecado do povo no caso do bezerro de ouro Ex 32.32. Assim também os líderes de hoje devem se preocupar com o rebanho do Senhor, intercedendo para que Deus perdoe seus pecados e o aceite. Um líder, até mesmo de departamentos, que não ora por seus liderados, corre o risco de sucumbir no deserto.
- CONTÉM A RESPOSTA DA QUESTÃO 2. expressa no início desse subtópico.
_____________________________________________
2. AS DESCULPAS DE MOISÉS E A SUA VOLTA PARA O EGITO

1. O receio de Moisés e suas desculpas.
- “havia sido mudado e moldado pelo Senhor”, quarenta anos apascentando ovelhas no deserto foi a escola de Deus para moldar Moisés, ele se tornou o mais manso de todos Nm 12.3, podemos compará-lo a Jesus que era manso e humilde de coração Mt 11.29.
- “não no seu potencial”, e Moisés tinha potencial, ele havia estudado nas melhores escolas do Egito, conhecia a arte da guerra, conhecia os mapas, conhecia as regiões, a escrita, mas em nenhum momento encontramos Moisés registrando essas habilidades como úteis ao ministério, em nenhum momento ele registra ser mais conhecedor do que todos das ciências humanas e sabemos que ele era.
- “não sou eloquente”, esse tipo de desculpa é comum em nosso meio, mas foi registrado para sabermos que o Senhor não tolera e não aceita desculpas, pois Ele é quem capacita o homem.
- “não queira acender a ira divina”, a ira divina pode vir de várias formas, mas sempre nos conduzirá a fazer a Sua vontade, com Moisés a ira foi a repreensão verbal, com Jonas foi o ventre do grande peixe.
- CONTÉM A RESPOSTA DA QUESTÃO 3, expressa no meio do subtópico.

2. Deus concede poderes a Moisés.
- “Deus ainda demonstra sinais”, hoje nós temos os dons espirituais para fazer a grande obra do Senhor, aquele que assumir um ministério deve buscar os dons espirituais. Com isso e com outros sinais que o Senhor fará, haverá confirmação do ministério e o povo temerá ao Senhor.
- CONTÉM A RESPOSTA DA QUESTÃO 4, expressa no meio do subtópico.

3. O retorno de Moisés.
- “não era a hora certa para isso”, encontramos muitos irmãos que rapidamente revelam os projetos de Deus em suas vidas, atraindo par si provas, invejas e lutas. Todos devem aprender com Neemias que não revelou a ninguém o que Deus colocou em seu coração Nm 2.12, lembre-se do que aconteceu com José depois que ele contou os sonhos.
- “rever seus irmãos”, note que Moisés omite a informação principal, que era libertar o povo de Deus. A mentira é pecado, mas a omissão nem sempre o será.
- “ter o apoio e cooperação da sua família”, o exemplo de Moisés deve ser seguido, pois alguns líderes na ânsia de fazerem a obre de Deus oprimem suas famílias.  
_________________________________________
3.  MOISÉS SE APRESENTA A FARAÓ (Êx 5.1-5)

1. Moisés diante de Faraó.
- “Faraó agora aumenta o volume de trabalho”, faraó representa o inimigo, Satanás, assim como Faraó impôs trabalho pesado ao povo para que eles parassem com ideias de libertação Ex 5.8, assim também Satanás impõe atividade demasiadas para ocupar o povo de Deus.
- “isto não vai impedir que surjam dificuldades”, atualmente existem alguns pregadores que afirmam que Deus dará solução para todos os problemas, isso é verdade, mas não da forma como falam, pois Deus não dá a solução Ele é a solução. Deus não resolve todos os nossos problemas, porque acabaríamos nos esquecendo Dele.
- CONTÉM A RESPOSTA DA QUESTÃO 5, expressa no início este subtópico.

2. A queixa dos israelitas (Êx 5.20,21).
- “esperavam que a saída do Egito fosse imediata.”, o povo sempre vai quere o mais fácil e rápido, mas não é assim, o líder deve estar preparados para a murmuração do povo, as são rápidas para reclamar e tardia em ajudar.
- “faz várias indagações”, assim acontece com o líder que não se preparam para as lutas iniciais do ministério, surgem logo as dúvidas e o desânimo, mas veja o exemplo de Moisés, ele busca a Deus para obter a orientação.
- “mas Deus estava no controle”, essa era a certeza que dava força a Moisés, para isso ele buscava a Deus constantemente. Todos somos falhos e fracos como Moisés, mas o que faz a diferença entre uns e outros é a fé de que Deus está no controle de tudo.

3. Deus promete livrar seu povo (Êx 6.1).
- “seria algo sobrenatural”, assim como a entrada deles na terra prometida, com a abertura do rio Jordão, dessa forma é a saída de uma alma do mundo (Egito), é operado pelo poder de Deus e assim será a sua entrada no céu (terra prometida) pelo arrebatamento da Igreja.
- “ia agora redimir o povo de Israel”, significa readquirir, tornar o povo novamente seu, fazer as pessoas voltarem a natureza como filhos de Deus. Esse processo será completado na vida de cada crente, quando forem levados ao céu, pela transformação total da sua 1 Co  natureza.
_______________________________________
CONCLUSÃO
- “levantar e preparar homens”, o exemplo de Moisés ocorre hoje em maior ou menor grau, com muitos crentes, por isso devemos estudar este assunto e usá-lo para ajudar os obreiros a entenderem as aflições da chamada.
- Não se esqueça do resumo do que foi aprendido.

Marcos André – professor


Boa Aula!

9 comentários:

  1. Muito bom comentário, confesso, Deus falou comigo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa lição é muitos devocional, se o professor tiver uma boa didática poderá passar uma mensagem muito forte ao coração dos alunos.

      Excluir
    2. Realmente essa lição está cada vez mais maravilhosa.

      Excluir
  2. Esta liçao eu vou aprender muito com ela a paz do senhor

    ResponderExcluir
  3. A paz,sou professora da Escola Dominical e estes resumos ajudam a abrir a linha de raciocínio completando com o que Deus revela sobre a aula.Muito Bom....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém irmã, é exatamente isso que esse trabalho pretende.
      Paz

      Excluir
  4. hoje passei essa lição, com o intuito de mostrar o trabalhar de Deus em nossas vidas, tentando mostrar todo o processo da vida de moisés, o que Deus preparou e o que prepara para os crentes de hoje se forem obedientes a sua chamada como foi moisés. Pastor descobri o seu blog hoje, já vou começar a usa-lo muito bom.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Glória a Deus, fique a vontade para usá-lo. Depois me diz como foi a aula assim como você fez hoje.
      Paz.

      Excluir

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.