quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio da Lição 6 - Revista da CPAD


AULA EM 9 DE FEVEREIRO DE 2014 - LIÇÃO 6
(Revista: CPAD)

Tema: A peregrinação de Israel no deserto até o Sinai  

Texto Áureo: 1 Coríntios 10.11
  
INTRODUÇÃO
- Amado(a) professor(a), nesta lição procure alertar os alunos para a idolatria e murmuração, tente comparar a situação de Israel com a de um filho que está sendo cuidado pelo pai (Deus).
- “sendo nós cristãos da Nova Aliança?”, a pergunta é muito coerente e até inteligente, uma boa resposta está no Texto Áureo. Como acréscimo você pode comentar que o Antigo Testamento é uma preparação para o Novo Testamento, uma preparação para o advento de Cristo e Sua graça. Pois no Antigo Testamento a humanidade é condenada pelo pecado no Éden e pela lei, pois a lei fortalece o pecado, se não houvesse lei nem haveria pecado. Dessa forma com a humanidade condenada pela Antiga Aliança veio a precisar de um Libertador que é o nosso Cristo na Nova Aliança, se a humanidade não tivesse sido condenada ninguém receberia a Cristo.
- “são como figuras”, para representar algo específico e nesse caso, para representar os problemas futuros que a Igreja enfrentaria.
- “caminhada do povo de Deus até o Sinai”, o Sinai também chamado de Horebe, era um monte bem ao Sul da Palestina, hoje aquela região se chama região do Sinai. Quando o povo saiu do Egito eles não foram direto para a terra prometida, foram primeiro ao Sinai.
__________________________________________
1. ISRAEL PEREGRINA PELO DESERTO

1. Israel chega a Mara (Êx 15.23).
- “eram impróprias para beber”, a palavra Mara significa ríspido, severo, amargo, por isso o texto da Bíblia diz o lugar teve esse nome, por causa das suas águas.
- “reclamando contra aquEle que delegou autoridade”, às vezes as pessoas consideram que foi o homem que delegou a autoridade e não Deus, por isso se sentem a vontade para murmurar e fomentar contra o seu líder, mas convém lembrar que mesmo que não tenha sido Deus quem nomeou, o cargo é Dele e se alguém estiver lá é porque Deus está permitindo, por isso toda murmuração estará sendo contra Deus.
- “precisava ser lapidada”, lapidar é tirar os excessos, facear as superfícies e polir para dar o brilho. Assim somos nós, precisamos ser lapidados pelo Senhor.

2. Rumo ao Sinai (Êx 16.1).
- “lugar inóspito”, onde não há hospitalidade onde as pessoas não são bem recebidas, era o caso do deserto.
- “para Deus tratar do seu povo”, é nas adversidades que o Senhor aperfeiçoa seus filhos. Quando as pessoas veem a miséria aprendem a valorizar o que tem, mesmo sendo pouco aprendem a dar graças a Deus.
- “quer mais uma vez retornar ao Egito”, isso mostra que o Egito, embora fosse o local da escravidão, não era um lugar tão ruim. Assim é o mundo, não é um lugar tão ruim, embora seja o local da escravidão espiritual das pessoas. Por isso muitos que se converteram querem retornar para lá, é necessário aos líderes ensinar ao povo qual será o fim do mundo.
- “fenômeno natural”, algo que ocorre naturalmente na natureza, muitos tentam explicar os milagres do Antigo Testamento dessa forma.
- “Tudo que temos vem do Senhor”, no deserto todo alimento e água era providência de Deus, isso nos ensina que tudo que conseguirmos nessa vida é providência de Deus. Ainda que trabalhemos para isso, Deus é nos prover a saúde para o trabalho.
- As pessoas hoje em dia querem tudo rápido, mas precisam primeiro aprender a conhecer o abençoador para depois receber a benção.
_____________________________________________
2. ISRAEL NO MONTE SINAI

1. O monte Sinai (Êx 19.2).
- “revelou-se de modo especial”, em duas ocasiões distintas, primeiro foi na sarça e depois ao entregar os mandamentos. Nas duas ocasiões Moisés foi ao encontro de Deus, primeiro pela curiosidade depois pela necessidade. Todos os moradores da Terra tem um ideia de Deus, mas somente os que o buscam é que recebem a revelação especial e sobrenatural.
- “percorrida em um curto prazo”, seria em quarenta dias, pois foi esse o tempo que Elias percorreu de Israel até o monte Horebe (Sinai). 1 Rs 19.8
- “teve o seu desenrolar”, quer dizer que foi escrito nesse período, quase um ano.
- “levou 38 anos”, levou 38 anos do Sinai a Canaã, e eles partiram dois anos depois de sair do Egito, dando o total de 40 anos.

2. A permanência no Sinai.
- “idolatria do bezerro de ouro”, o povo diante do monte Sinai estava aguardando o retorno de Moisés e foram movidos pela impaciência. Até hoje muitos irmãos se deixam levar pela impaciência, querem ver as coisas acontecerem rápido, mas o nosso Deus usa o tempo Dele para fazer operar em nossas vidas.
- “Com a idolatria veio a obscenidade”, um ídolo é um deus na vida da pessoa, quando aparece um deus, o Senhor que é o verdadeiro Deus se retira, e quando Deus se retira os demônios ficam a vontade para entrar.
- “propósito salvífico de Deus não falhou”, se refere a Jesus o homem falhou e falha sempre, mas Deus cumpriu a Sua palavra profetizada no Antigo Testamento e enviou a Jesus Cristo para morrer em nosso lugar.
_________________________________________
3. A IDOLATRIA DOS ISRAELITAS
1. O bezerro de ouro (Êx 32.2-6).
- “relacionam o ídolo aos demônios”, hoje a idolatria pode ter várias faces e pode ser definida como aquilo que a pessoa valoriza acima de Deus. Ídolos podem ser pregadores e cantores, mas também podem ser objetos, parentes (pais ou filhos) cargos, etc. Basta que valorizemos algo mais do que a Deus para que isso se torne em um ídolo para nós.
.
2. Cuidado com a idolatria.
- “vigilante contra a idolatria”, a forma de vigiar contra isso é observando a nós mesmo, devemos estar constantemente verificando nossas ações e pensamento, examinando a nós mesmo.
- “que ocupa o lugar de Deus”, muitos tentam conviver com Deus e os ídolos, mas é impossível para o homem servir a dois senhores. Mt 6.24
- “livre-se imediatamente de toda idolatria”, seria jogar os ídolos fora, mas há situações em que o ídolo é um filho, é o marido, ou a esposa. Nesse caso jogar não é necessário abandonar o filho ou marido, mas simplesmente colocar Deus acima deles em nossas vidas.

3. A idolatria no coração.
- “propensão à idolatria”, o ser humano vive em uma dimensão física e por isso gosta de ver as coisas acontecerem, gosta de ter algo palpável e o Senhor é um Deus invisível que atua nas regiões espirituais.
- “único dominador e rei em nosso coração”, se o Senhor for nosso único dominador então nós seremos obedientes a Sua voz.
_______________________________________
CONCLUSÃO
- “tropeços de Israel a caminho de Canaã”, foram vários os tropeços que Israel cometeu a caminho de Canaã e eles não foram reprovado no primeiro e nem no segundo, mas sim no décimo. Isso mostra que o Senhor é paciente para com os homens, não podemos abusar da paciência de Deus.
- “infinita misericórdia”, além de paciente, Deus também é misericordioso, ele nos concede a sua graça sem que mereçamos.
- “não foram frustrados”, os planos de Deus não eram salvam somente Israel, mas salvar toda a humanidade. O plano sublime era trazer Jesus Cristo e estender a salvação a toda humanidade.
- Elabore o resumo e aborde os pontos mais importantes.

Marcos André – Superintendente e professor


Boa Aula!

10 comentários:

  1. Respostas
    1. Paz irmão José. Sou grato pelo carinho, continuarei trabalhando pela melhoria da EBD.

      Excluir
  2. Pastor Marcos, obrigado por vossa dedicação por certo é de muita ajuda.

    ResponderExcluir
  3. Pastor Marcos, obrigado por vossa dedicação por certo é de muita ajuda.

    ResponderExcluir
  4. paz irmao,como Deus tem lhe usado para aprimorar meus conhecimentos.como auxiliar na ebd,devo lhe minha gratidao

    ResponderExcluir
  5. Graça e Paz meu amado, Passando pra te dizer que tem sido de grande utilidade para mim seus subsídios, Que Deus continue te inspirando e dado graça, entendimento, conhecimento e sabedoria!

    ResponderExcluir
  6. Paz do senhor sou irmao allan do vila esperança, a EBD é uma bençao de DEUS deixa DEUS usa vaso hooo gloria. deixo ( apocalipse 1;3)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Glória a Deus irmão Alan, obrigado por acessar nosso humilde espaço. Deus está aqui.
      Gostei disso:
      "Bem-aventurado aquele que lê, e os que ouvem as palavras desta profecia, e guardam as coisas que nela estão escritas; porque o tempo está próximo."
      Apocalipse 1:3

      Te amo irmão!!!!

      Excluir
  7. parabéns Pastor por auxiliar tão bem a nos professores de escola dominical Deus ti abençoe ricamente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estamos as ordens, ore por nós irmão Guilherme, estaremos sempre juntos.
      Paz.

      Excluir

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.