INICIE CLICANDO NO NOSSO MENU PRINCIPAL



__________________________________________________________________

sábado, 8 de março de 2014

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio da Lição 10 - Revista da Central Gospel


AULA EM___DE______DE 2014 - LIÇÃO 10
(Revista: Central Gospel - nº 37)

Tema: O MEMORIAL DA NOVA ALIANÇA
  
Texto Áureo: Mateus 20.18
 _________________________________________
 PALAVRA INTRODUTÓRIA
- Professor(a), nesta lição apresente os elementos da Santa Ceia e sua importância.
- “antecederam a consumação do plano”, se refere aos fatos que ocorreram nos momentos finais de Cristo na terra, pois a consumação ocorreu na Cruz.
- “peregrinos judeus”, eram judeus que viviam em países distantes, desde a época do exílio em Babilônia, pois eles não regressaram para Jerusalém, mas ficaram morando na terra do exílio.
- “Jesus pressentiu”, não é correto falar dessa forma, pois o Senhor já sabia de tudo o que ia acontecer Lc 24.7.
- “um memorial”, algo que serve para lembrar um fato, o memorial pode ser um evento como a Santa Ceia ou um monumento como as pedras que Josué mandou tirar do rio Jordão. Josué 4.20
_______________________________________________
1. OS CHEFES RELIGIOSOS PROCURAM OCASIÃO PARA MATAR JESUS
- “falar abertamente”, Ele deixou de usar as parábolas, mesmo assim os discípulos não entenderam e não aceitaram a ideia de o Cristo ser morto.
- “sofrer muitas coisas”, mesmo para os discípulos que viram muitos milagres de Jesus era difícil entender que Ele deveria sofrer, mas o plano da salvação só foi revelado na íntegra após a ressurreição do Mestre.

1.1. Fatores que motivaram a perseguição
- “desejo de vingança”, devido a Jesus ter desmascarado quem eles eram, chamando-os, inclusive de “sepulcro caiado” Mateus 23.27.
- “milagres que Ele operava”, isso despertava o ciúme nos fariseus, pois eles achavam que Jesus era apenas um profeta como outro qualquer e por isso estaria em pé de igualdade com eles. Outros achavam que Ele era apenas mais um charlatão.
- “ressurreição de Lázaro”, Lázaro passou a ser uma prova viva de que Jesus é poderoso, então eles queriam fazer uma queima de arquivo, queria matar também à Lázaro.

1.2. O plano oculto
- “Sinédrio”, era um tribunal que se reunia para julgar questões acerca da religião.
- “extraoficialmente”, quer dizer que não era uma reunião oficial, se reuniram em uma local não previsto e sem a presença de todos os membros.

1.2.1. Judas Iscariotes
- “pensamentos perversos”, Judas era do partido dos Zelotes, por isso existe uma teoria de que ele tivesse entregue a Jesus acreditando que Ele pudesse lutar contra os romanos, nessa teoria Judas aparece como alguém que sabia que Jesus era o Messias, mas é só uma teoria.
- “em troca de dinheiro”, em João 12.6 nos relata que Judas era ladrão, por isso entendemos que na verdade ele não considerava Jesus como o Messias.

2. A ÚLTIMA CEIA
- “judeus devotos”, devoto é aquele que tem devoção por algo, que admira e pratica.
- “subiu até a cidade”, Jerusalém é uma cidade edificada em uma montanha, as outras cidades e aldeias ficavam abaixo de Jerusalém, por isso existe o termo “subir à casa do Senhor” ou “subir a Jerusalém”: “Também dissera Ezequias: Qual será o sinal de que hei de subir à casa do Senhor?” Isaías 38:22

2.1. Os preparativos
- “mãe de João Marcos”, é o mesmo Marcos que escreveu o evangelho que leva o seu nome. É provável que João Marcos seja o jovem que fugiu nu, no momento da prisão de Cristo, após tentarem pegar ele também. Mc 14.52
- “como um quartel general”, essa casa provavelmente foi o cenáculo onde os discípulos se reunião após a ascensão de Jesus.

2.1.1. A Páscoa judaica
- “obra redentora”, a Páscoa foi instituída em memorial para relembrar a saída do Egito, a libertação da escravidão. Hoje ela representa para nós a nossa libertação do mundo.

2.1.2. Os rituais
- ...

2.2. A celebração da Páscoa
- “refeição memorial”, assim como é a Santa Ceia hoje, sendo que para os judeus não havia o significado do corpo e do sangue.
- “outros alimentos”, o ritual era basicamente comer do pão sem fermento, das ervas amargosas e do cordeiro pascal, depois comiam de outros alimentos.

2.3. O traidor é identificado
- “mais uma lição de amor”, junto com esse gesto Jesus deixou a recomendação de que os discípulos fizessem isso uns com os outros, era uma forma de demonstrar que um deveria ajudar o outro, que cada um considerasse o outro superior a si mesmo.
- “a Seus amigos”, foi assim que Jesus os chamou em João 15.15.
- “deu a Judas Iscariote”, é uma daquelas situações que acontecem bem debaixo do nosso nariz e não percebemos.
_______________________________________
3. EM MOMÓRIA DE CRISTO ATÉ QUE ELE VOLTE
- “expiação substitutiva”, é a expiação onde alguém é entregue no lugar de outro. Jesus foi acusado pelos judeus de se dizer “filho de Deus” e foi crucificado sob acusação de se dizer “rei dos judeus”. De fato Ele fez aquelas afirmações, mas eram verdades, os culpados somos nós, Ele morreu falando a verdade e nós que sempre mentimos vamos receber a vida eterna por causa Dele que é verdadeiro. 

3.1. Isto é o meu corpo, que por vós é dado
- “uma proclamação”, até o mais leigo na igreja entende que á um significado nos elementos desse ritual.
- “quanto ao Seu retorno”, a mensagem “até que venha.” acompanha a mensagem principal.

3.2. Este cálice é o Novo Testamento no meu sangue
- “inaugura a nova Aliança”, a Nova Aliança começa na cruz, quando Jesus estreia um novo concerto entre Deus e o homem através de Seu sangue.
- Um outro fator nessa ocasião que podemos mencionar como acréscimo é o que Jesus afirmou sobre o fruto da vide Lucas 22.18
______________________________________
CONCLUSÃO
- “compreensão que Jesus tinha”, se refere ao fato de Cristo saber a importância de Sua morte.
- “com uma dimensão futura”, a Santa Ceia fala de fatos ocorridos e ações futuras.
- “à Páscoa eterna”, parece se referir as Bodas que ocorrerá na eternidade: "E disse-me: Escreve: Bem aventurados aqueles que são chamados à ceia das bodas do Cordeiro. E disse-me: Estas são as verdadeiras palavras de Deus.” Apocalipse 19:9.
- Não esqueça do resumo, apresente os pontos mais importantes aprendidos.

Boa aula!


Marcos André – professor

Um comentário:

  1. Que Deus abençoe a sua vida grandemente e retribua em dobro essa obra que você está fazendo através do blog.
    Carolina Rodrigues/Belo Horizonte.
    krolrodrigues17@yahoo.com.br

    ResponderExcluir

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.