sábado, 12 de abril de 2014

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio da Lição 2 - Revista da CPAD


AULA EM 13 DE ABRIL DE 2014 - LIÇÃO 2
(Revista: CPAD)

Tema: O propósito dos Dons Espirituais  

Texto Áureo: 1 Coríntios 14.12
  
INTRODUÇÃO
- Amado(a) professor(a), recomendo que você relembre com a classe as divisões dos dons feita na primeira lição: Dons de Serviço, Dons Espirituais e Dons Ministeriais.
- “edificar-nos”, significa edificar (construir) a nossa fé. A fé vem pela Palavra, mas os dons podem auxiliar nessa na edificação.
- “fortalecendo assim a Igreja”, esse fortalecimento vem pela manifestação dos sinais que os dons proporcionam.
__________________________________________
1. OS DONS NÃO SÃO PARA ELITIZAR O CRENTE
- “elitizar”, criar uma elite, ou seja, uma classe dominante ou acima das outras.

1. A igreja coríntia.
- “Igreja em Corinto”, ficava obviamente na cidade de Corinto próxima a Atenas. Hoje a cidade de Corinto está no litoral, mas existe a Antiga Corinto, onde estão as ruínas da Corinto da época de Paulo.
- “economicamente rica”, naquela época a maioria das rotas comerciais entre a Grécia e a Ásia passavam por ali.
- “Por conhecer muito bem a comunidade”, além de conhecer aquela igreja, Paulo também tinha seus informantes rsrsrs. BRINCADEIRA. IMAGINA SE HOUVESSE CELULAR NA ÉPOCA DE PAULO...
- “nenhum dom” lhe faltava”, quer dizer que dentro daquela igreja havia manifestação do dons espirituais, ministeriais e de serviço.

2. Uma igreja de muitos dons, mas carnal.
- “tinha em seu meio divisões”, muitas divisões nas igrejas ocorrem por mau uso dos dons aliado à falta de amor.
- “ser ao mesmo tempo carnal”, esse é um problema de todas as épocas, encontramos pessoas que falam línguas estranhas, mas são carnais estando inclusive em pecado.
- “imatura”, que não tem maturidade, que não amadureceu, sendo como criança inexperiente.
- “indicadoras de seriedade, espiritualidade e santidade”, e nem de salvação, os dons tem relação com a missão da Igreja e não com a santidade do indivíduo.
- “longe pode ser chamada de espiritual”, professor(a), atualmente existem um grande número de igrejas que tem as mesmas característica de Corinto.

3. Dom não é sinal de superioridade espiritual.
- “mais espirituais que os outros”, esse tipo de erro fica pior ainda quando a própria pessoa que possui o dom pense assim. Por causa disso surge nas igrejas certas “panelinhas” ou “grupinhos”, de um lado os supostos espirituais e de outro os supostos carnais.
- “por méritos próprios”, por isso nome é “dom”, ou seja aquilo que é dado, não pode ser comprado e nem conquistado, pode ser até buscado, mas ninguém o achará, somente terá aquele a quem for dado.
- “Nunca vos conheci”, muitos pensam que essas palavras de Jesus se referem às pessoas que estavam firmes, mas depois se desviaram, mas na verdade Jesus esclarecerá que nunca conheceu a pessoa, nem quando ela operava todas as maravilhas, pois o seu coração estava longe de Deus.
_____________________________________________
2. EDIFICANDO A SI MESMO E AOS OUTROS

1. Edificando a si mesmo.
- “fazê-lo de maneira devocional”, para atender a devoção, a prática de cultuar.
- “relacionamento com Deus”, aumenta sua intimidade com o Criador.
2. Edificando os outros.
- “edificação da vida do outro”, preocupar-se a fé dos irmãos é um manifestação do dom mais excelente “o amor”. A preocupação de Paulo era que a igreja de Corinto se unisse em amor, não por obrigação. Por isso ele apresenta o dom do amor como sendo o mais excelente de todos.
- “prosperidade material”, esse é o problema mais atual, em muitos lugares se prega o evangelho para se resolver problemas financeiros e psicológicos, mas não para solucionar o maior problema da humanidade, a falta de Deus.
- “barganhar com Deus”, barganhar significa “negociar”, é muitos fazem em busca da prosperidade, entregam seus dízimos achando que Deus vai dar em dobro.
- “e também aos outros”, quando todos se unem em amor e usam com sabedoria os dons, a igreja local cresce de forma saudável.

3. Edificando até o não crente.
- “que a igreja toda fosse edificada”, esse era o maior desejo de Paulo, ele orienta que edificar a igreja é mais importante do que a si mesmo.
- “enfatizava a profecia”, quando alguém profetiza toda igreja ouve e vê um demonstração do poder de Deus, mas quando alguém fala em línguas, o povo nem sabe se a pessoa está imitando ou não.
- “podemos escandalizar aqueles”, se refere aos visitantes não crentes que ficam assustados com alguns cultos super desorganizados, com correria e muito pula-pula, mas com pouquíssima profecia, quase 2 mil anos e são milhares de testemunhos como esse.
_________________________________________
3. EDIFICAR TODO O CORPO DE CRISTO

1. Os dons na igreja.
- “utilizados com amor”, nem todos que estão manifestando os dons nas igrejas estão amando os irmãos em Cristo de verdade, alguns profetizam porque hoje em dia isso dá um certo status, não é como no tempo dos profetas do Antigo Testamento que a missão de profetizar custava caro ao profeta.
- “parafraseando Paulo”, significa repetir as ideias de determinadas palavras de Paulo.
- “O amor é essencial”, Paulo chama de “um caminho mais excelente”, no final do capítulo 12 de 1 Coríntios e então ele entra no capítulo 13 falando do amor, Se ele estava falando de dons espirituais no capítulo 12 e fecha falando que vai mostrar um caminho mais excelente, é porque o amor é mais excelente do que os dons.
2. Os sábios arquitetos do Corpo de Cristo.
- “O fundamento já está posto”, o fundamento é o alicerce, assim como se levanta as paredes e as colunas a partir do alicerce, também o Senhor está levantando as paredes e as colunas de Sua obra a partir do alicerce que é Jesus.
- “cuidado com as pedras assentadas”, nas construções da época dos apóstolos se usava pedras e não tijolos. Era colocada uma pedra angular e dela se traçava a linha para assentar as outras pedras. Jesus é a pedra angular e nós fomos assentados no Seu alinhamento.
- “pôr outro fundamento”, se refere a novas doutrinas que não vem de Cristo.  

3. Despenseiros dos dons.
- “administrava a despensa”, a despensa é a guarda de mantimentos da família. Assim como hoje, naquela época os homens importantes não tinham tempo de ir em feiras e mercados comprar comida, essa incumbência ficava com os despenseiros.
- “devem alimentar a “família de Deus””, a função de despenseiro pode ser de todos, mas de acordo com a Palavra parece uma exortação aos ministros.
- “fale segundo as palavras de Deus”, significa falar o que Deus mandou falar e nada mais. Tem falsos profetas que pegam carona na profecia dos outros ou inventam coisas.
______________________________________
CONCLUSÃO
- “hostil às verdades de Cristo”, é contra as verdades, é violento e rebelde.
- “arsenal”, local onde se guarda as armas.
- “edificar toda a igreja”, igreja com “i” minúsculo se refere à igreja local. Não é edificar só alguns irmãos, mas sim todos os irmãos, não deixar ninguém de fora ou separado como acontecia em Corinto.
- Corrija o questionário.

Marcos André – Superintendente e professor


Boa Aula!

3 comentários:

  1. poder usufruir deste material e sem sombra de duvidas uma dadiva de DEUS .

    ResponderExcluir
  2. O entendimento e discernimento da vontade de DEUS em nossas vidas e soberano e isto o irmao ja demonstrou por varias vezes. Que a uncao de DEUS continue a se manifestar em sua vida de mesma maneira intensa que o Senhor nos tem demonstrado. Eu sou professor da EBD da Assembleia de Deus do Jardim America em Foz do Iguacu PR, e tenho com muito orgulho usado os seus estudos em minhas ministracoes com muito sucesso e uncao. QUE DEUS TE ABENCOE CADA DIA MAIS E MAIS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém irmão Youssef, Deus tem me abençoado e por isso estou abençoando os professores, espero que eu possa continuar a ajudar a todos por muito tempo. Ore por mim e minha casa.
      Paz de Jesus.

      Excluir

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.