sábado, 3 de maio de 2014

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio da Lição 5 - Revista da Central Gospel


AULA EM___DE______DE 2014 - LIÇÃO 5
(Revista: Central Gospel - nº 38)

Tema: GUERRA ESPIRITUAL, COMO VENCÊ-LA
  
Texto Áureo: Neemias 2.20
 _________________________________________
 PALAVRA INTRODUTÓRIA
- Professor(a), esta lição vai se basear na obra de Neemias, eu recomendo que você se itere da vida dele antes de iniciar a aula, tente ler o seu livro, pelo menos os primeiros capítulos.
- “inimigos e opositores”, lembre aos alunos que o nosso inimigo é Satanás, isso para não sermos apanhados lutando contra nossos irmãos, porém sabemos que algumas vezes alguém se move de inveja e passa a fazer a obra do demônio.
- Essa lição trata das lutas de origem espiritual, por isso o crente deve saber quem seu verdadeiro adversário.
- “precisamos preparar-nos”, o problema que tem ocorrido muito é que em certas áreas os crentes tem relaxado e baixado a guarda, ou em certas ocasiões deixamos as defesas fracas então o maligno aproveita para fazer seus ataques surpresas. Baixar a guarda, se entende por diminuir a oração, o jejum e a leitura da Palavra de Deus.
_______________________________________________
1. QUEM FOI NEEMIAS
- “reconstruir a cidade de Jerusalém”, o projeto inicial e de maior vulto foi a reconstrução do muro. Ele também se empenhou na organização social e resgate da espiritualidade do povo.

1.1. Quem foi Neemias?
- “Artaxerxes Longimanus”, era filho de Xerxes I e neto de Dario, esse Xaerxes I foi conhecido Assuero que se casou com Ester e que lutou na famosa batalha de Termópilas contra os trezentos de Leônidas.
- “seus homônimos”, são pessoas com o mesmo nome, era um costume dos escribas registrar o nome do pai, pois os livros tinham a finalidade de contar os feitos das autoridades para registro.
- “função tão eminente”, naquela época não havia concurso e nem tão pouco a peixada, o rei estava sempre em guerra e tinha muitos inimigos, dentro e fora do palácio, por isso só os de confiança e competentes ascendiam às funções próximas ao rei.
- “o colocou em Susã”, aqueles que receberam do Senhor bênçãos como porta de emprego, promoção ou aprovação em concurso, certamente poderá ser útil na obra do Senhor no local onde o Senhor o colocou.  

1.2. A situação de Jerusalém
- “Susã”, nesse local o pai de Artaxerxes teve o seu romance com Ester.
- “opróbrio”, vergonha.
- A cidade de Jerusalém continuou existindo durante o cativeiro, mas havia escassez de alimentos e nenhuma infraestrutura.

1.3. A reação de Neemias
- “finalmente restaurada”, já haviam passado setenta anos.
- “copeiro de Artaxerxes”, essa era função de Neemias, ele tinha o encargo de provar as bebidas antes de dá-las ao rei. Esse ato era para evitar que o rei fosse envenenado.
- “madeira para reparar as vigas”, o rei mesmo sendo ímpio decidiu dar uma grande oferta para ajudar a reconstrução. Até hoje notamos homens e mulheres fiéis conseguirem ajuda até mesmo dos não crentes para fazerem a obra de Deus.
- “definir estratégias”, a vitória não poderia ser alcançada diretamente, seria necessário estabelecer formas de consegui-la.

2. DEFINIR ESTRATÉGIAS, REQUISITO INDISPENSÁVEL À VITÓRIA
- “não olhou somente os problemas”, quando olhamos somente os problemas ficamos desanimados e sem energia para lutar. Às vezes encontramos pessoas desanimadas pelo simples motivo de olharem somente para os problemas.

2.1. Não se permita intimidar diante dos opositores
- “Sambalate”, era governador de Samaria, provavelmente viu-se ameaçado pela reconstrução da Jerusalém fortificada de antes. Eles alegavam que os judeus estavam querendo se rebelar contra o império persa, mas na verdade eles não estavam preocupados com aquele império, eles estavam preocupados era com eles mesmos, pois temiam o crescimento dos judeus. Muita gente demonstra estar preocupado com o bem estar da igreja de Cristo, e por isso persegue outros irmãos. Mas na verdade estão incomodados com o crescimento dos pequenos servos de Deus.

2.2. Seja cauteloso com o inimigo
- “Neemias sabia que”, diante do conhecimento das intenções do adversário vemos Neemias tomou certas atitudes, como prevenir o povo, estabelecer a vigilância e anima-los para o trabalho. Infelizmente encontramos irmãos muito passivos diante do perigoso adversário que os rodeia em derredor. Não se previnem, não redobram a vigilância e nem se animam.
______________________________________
3. PRECAUÇÕES NECESSÁRIAS PARA QUE SE ALCANCE A VITÓRIA
- “diversas táticas”, aqueles que pensam que o inimigo só ataca de uma forma, está redondamente enganado. Se o adversário foi repreendido em uma área na vida da pessoa, ele já tem uma estratégia pronta para atacar em outra área.
- “frustrando”, quando o inimigo consegue frustrar um de nossos projetos, nós acabamos ficando desanimados em outros, por isso Satanás vai tentar impedir todos os nossos planos, por menores que sejam.

3.1. Não dê ouvidos às calúnias
- “para rebelar-se contra o rei”, esse tipo de calúnia poderia gerar consequências terríveis se chegasse aos ouvidos do rei.
- Professor(a), aqui é interessante você ler com os alunos os versos 10 e 11 de Neemias 6, e ressalte a atitude de Neemias de não se refugiar no templo. Também leia a conhecida resposta de Neemias proferida em Neemias 6.3 e comente a importância de não parar a caminhada diante das investidas.

3.2. Tenha cuidado com os falsos profetas
- “conhecia bem a Palavra de Deus”, quem conhece a Palavra de Deus consegue ver a artimanha inimiga de longe.
- “discernimento espiritual”, significa entendimento nas coisas espirituais.
- “apanhá-lo desprevenido”, essa era a intenção daqueles homens, mas a intenção de Satanás era de plantar uma semente de desânimo no coração do povo, porque se ele fizesse isso, se fosse se esconder no templo, o povo veria e se desanimaria vendo o chefe deles se escondendo.

3.3. Persevere nas adversidades
- “não hipervalorizava”, exatamente isso que alguns crentes fazem, se descabelam diante da perseguição achando que é o fim do mundo. Para de trabalhar naquilo que foi colocado em suas mãos, para ficar batendo de frente com pessoas que só sabem criticar e falar contra.

3.4. Estabeleça prioridades
- “era seu principal objetivo”, quando a pessoa estabelece uma meta e trabalha com foco e determinação, dificilmente vai parar diante de problemas e obstáculos.

3.4.1. Tenha discernimento espiritual
- “discernimento espiritual”, significa entendimento nas coisas espirituais, é saber a origem e a motivação das profecias e revelações dos profetas e de todos aqueles que falam em nome do Senhor.
- “confirmação do Senhor”, ele sabia qual era a intenção de Deus, por isso não is ser qualquer profecia falsa que ia pará-lo.

3.6. Não tire os olhos da benção
- “52 dias”, é um tempo recorde se considerarmos os problemas de escassez de recursos e de pessoal, somente pessoas animadas conseguem trabalhar com tanta rapidez.
- “rebatendo calunias”, os crentes imaturos perdem muito tempo respondendo a calunias, na verdade deveriam fazer como Neemias, não parar a obra e entregar os caluniadores nas mãos do Senhor. Certas palavras de críticas são simples, mas se as respondemos elas tomam proporções gigantes, virando verdadeiras tempestades.
______________________________________
CONCLUSÃO
- “atribuiu a Deus”, reconheceu diante de todos que o Senhor é quem deu a benção, ainda que Ele tenha usado um ímpio. Alguns crentes precisam aprender isso com Neemias.
- “preparar-nos para oposições”, não podemos entrar numa obra com Deus e achar que o maligno não vai reagir e contra atacar.
- Faça o resumo e corrija o questionário.

Boa aula!


Marcos André – professor

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.