terça-feira, 22 de julho de 2014

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio da Lição 2 - Revista da Central Gospel


AULA EM___DE______DE 2014 - LIÇÃO 2
(Revista: Central Gospel - nº 39)

Tema: OSEIAS, O MARIDO TRAÍDO
  
Texto Áureo: Oseias 14.1
 _________________________________________
 PALAVRA INTRODUTÓRIA
- Professor(a), nesta lição tente mostrar como os ensinamento de Oséias são atuais hoje para o povo de Deus.
- “solidariedades de seus leitores”, se refere ao fato de o leitor entender o que ele fez e suas razões, poucos de nós aceitaria a missão que ele aceitou.
- “genealogia de Oseias”, se refere aos seus antepassados, é a árvore genealógica, a fim de mostrar sua origem e família.
_______________________________________________
1. O NOME DO PROFETA
- “raiz da palavra”, se refere a uma palavra primitiva que deu origem ao nome Oseias e Josué.

1.1. A data do livro
- “Jeroboão II”, recebe esse número no nome por ter havido um rei chamado Jeroboão, assim que foi dividido o reino.
- “Reino do Norte”, é o reino composto pelas 10 tribos que se separaram da nação de Israel. Sua capital era Samaria.
- “contemporâneo”, aqueles que viveram na mesma época.

1.2. O destinatário
- “para o Reino do Norte”, o destinatário é então o Reino do Norte, cujo rei era Jeroboão II.
- É interessante perguntar para a classe quem era o rei em Samaria, só a título de revisão, pois já foi falado quem reinava no reino do Norte.
- “comparado a uma relação matrimonial”, a ideia era mostrar para a nação como ela era infiel.

2. UM CASAMENTO INDESEJADO
- “teve de entrar em um casamento por determinação divina”, professor(a), aqui eu recomendo que você leia com a classe alguma referência e explique sucintamente essa história da vida de Oseias.
- “simbolizava a relação de Deus com Israel”, o profeta teria que transmiti a mensagem de Deus com a sua própria vida.

2.1. Quando o profeta encarna a mensagem
- “cronologicamente o primeiro lugar”, quer dizer que foi escrito primeiro.

2.2. A razão da imposição
- “não havia outro meio de expressar Sua mensagem”, na verdade havia sim, porém esse meio era e é até hoje o meio mais eficaz. Os pregadores e profetas de hoje conseguem transmiti melhor a mensagem do evangelho se viverem ela na íntegra.

2.3. Os nomes dos filhos de Oseias
- Professor(a), sugiro que você leia com os alunos as referências de cada nome e dê o seu significado.
- “Jezreel”, significa “Deus espalha”. É o que Deus iria fazer com aquela nação.
- “Lo-Ruama”, significa “desfavorecida”.
- “Lo-Ami”, significa “não meu povo”, como se dissesse “Esse não é meu povo!”
- “Ami”, significa “meu povo”, como se dissesse “esse é meu povo!”
- Não só o casamento de Oseias era ruim, mas os nomes de seus filhos também expressavam a desgraça.

3. OS PECADOS DA NAÇÃO
- “contexto histórico”, se refere ao momento que a nação vivia, seu aspecto político, social e religioso. Conhecer esse contexto ajuda a entender algumas atitudes.

3.1. O ambiente político
- “Reino do Norte (Israel) e Reino do Sul (Judá)”, professor(a), vale a pena explicar como ocorreu essa divisão, o texto que narra essa história esta em 1 Reis 12.
- “não estava propensa a voltar-se para Deus”, assim são muitos que estão se desviando hoje, ficam de um lado para o outro buscando em que se afirmar, mas vão ao Senhor, querem facilidades e comodismo.

3.2. O ambiente social
- “alguns dormiam em camas entalhadas”, isso nos mostra como o povo havia alcançado um nível social mais elevado.

3.3. O ambiente religioso
- “ter buscado conselhos com os jovens”, esse fato é interessante destacar, pois o jovem rei Roboão deixou de ouvir os conselhos dos sábios que aconselhavam Salomão e seguiu os conselhos dos jovens seus amigos.
- “Jeroboão II cometeu os mesmos erros”, Oseias estava vivendo o mesmo contexto que viveram os profetas à duzentos anos antes.
- Nesse tópico pode ser pedido aos alunos, a título de acréscimo, que eles descrevam o ambiente religioso da nossa nação.
______________________________________
4. A MENSAGEM DE OSEIAS
- “encarnar o próprio sentimento de Deus”, ele ao ser traído por Gomer, sentiu a dor da infidelidade que Deus sentiu com a nação de Israel.
- “dando-lhe a oportunidade”, Deus sempre dá oportunidades, sempre é paciente. O Senhor nos dá oportunidade de se concertar mesmo sabendo que muitos de nós não querem e não vão fazer isso, mas Ele nos dá a chance mesmo assim, para que ninguém se diga inocente por não ter tido uma oportunidade.

4.1. O estilo literário de Oseias
- “figura retórica”, retórico é a característica daquilo que serve como ferramenta de boa comunicação. As perguntas, as frases de efeito e as analogias são elementos retóricos. Nesse caso o casamento de Oseias serve como uma figura de efeito. De fato pelo terrível exemplo daquele casamento, as pessoas daria atenção ao que Deus estava anunciando.
- “metáforas”, é uma figura de linguagem em que se utiliza da comparação de situações semelhantes.

4.2. Chamado ao arrependimento
...

4.3. O perdão concedido à mulher
- “provavelmente repudiaria sua mulher”, se hoje é extremamente difícil um marido perdoar e reatar a relação onde tenha sido traído pela mulher, quanto mais na época de Oséias.
- “Deus, no entanto, deseja fazer o mesmo”, o fato de Oseias ter perdoado sua esposa representa a disposição de Deus em perdoar seu povo.

4.4. Apelo para o conhecimento
- “perderam o contato com os sacerdotes”, Jeroboão fez a mudança, dividiu a nação em duas e ficou com dez tribos, mas se esqueceu do mais importante, prover o culto a Deus. Esse foi o seu grande erro. Assim nós, sempre que mudarmos algo em nossa vida, precisamos nos lembrar de cultuar a Deus.

4.5. Promessa de restauração
- “apartou dele a sua ira”, essa promessa pode ser tomada hoje para aqueles que se afastam das coisas mundanas.           
______________________________________
CONCLUSÃO
- “intensos momentos de devoção”, se refere aos avivamentos que a nação passou.
- “episódios de apostasia”, são episódios em que o povo abandonou a Deus e se envolveu com outros deuses.
- “frequentemente o povo esquecia-se”, é muito fácil as pessoas se esquecerem das bênçãos do Senhor. Por isso é necessário estar sempre em contato com Deus.
- “ou adequando sua vida ao mundo”, esse é um outro problema de muitos crentes desses últimos dias, eles se adéquam ao mundo e vivem uma espécie de mundanismo cristão. Não há diferença entre esses crentes e um ímpio qualquer.

Boa aula!


Marcos André – professor

2 comentários:

  1. A vida é um mistério. É difícil entender os mistérios de Deus, e do irmão entender o nosso ponto de vista , achando que só os deles ou delas (professores e professoras é que estão corretos .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não entendi amigo, você está se referindo a algo que eu disse ou a alguma situação ocorrida contigo? Pode compartilhar conosco?
      Ou então me chama no zap!

      Excluir

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.