terça-feira, 4 de novembro de 2014

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio da Lição 6 - Revista da Central Gospel



AULA EM___DE______DE 2014 - LIÇÃO 6
(Revista: Central Gospel - nº 40)

Tema: O SEMEADOR E OS SOLOS
  
Texto Áureo: Marcos 1.15
 _________________________________________
 PALAVRA INTRODUTÓRIA
- Professor(a), nesta lição concentre nos problemas que cada coração apresenta e as possibilidades de concerto.
- “pintou com beleza e precisão”, a forma de Jesus descrever a cena do semeador nos leva a imaginar ele jogando as sementes e os vários tipos de solos ao redor dele e as sementes caindo neles.
- “a semeadura”, o povo judeu sempre foi de costume agrário, dado a pecuária e à plantação. Jesus, como sempre estava falando de algo que eles entendiam muito bem.
- “a preciosa semente”, é a Palavra de Deus, obviamente a palavra de salvação. No texto, os diversos problemas tiram a semente que impedem a pessoa de produzir fruto, logo essa semente é a Palavra de salvação, ou seja, aquela que apresenta Jesus e a mensagem da cruz.
_______________________________________________
1. O PROPÓSITO DA PARÁBOLA
- “introdução de uma série de proposições”, a partir da parábola do semeador o Senhor Jesus começa a fazer outras comparações do Reino de Deus como a do “joio” e a do “grão de mostarda”.  

1.1. O Reino dos céus
- “o Reino dos céus estava próximo”, esse Reino seria estabelecido no momento em que o Senhor subisse ao céu e enviasse o Espírito Santo, concedendo dons aos homens.

1.2. Um único campo, quatro solos
- “métodos desenvolvidos na modernidade”, na modernidade os tratores aram a terra de forma igual, impossibilitando a ocorrência de solos diferentes no mesmo terreno.
_________________________________
2. A SEMENTE AO PÉ DO CAMINHO
- “as sementes não penetravam a terra”, ao pé do caminho o solo é extremamente duro, por ser pisado, impossível de uma semente germinar ali. Esse solo representa o coração duro, que não crê no que é falado.

2.1. As aves
- “Jesus não depreciou tais animais”, Jesus não estava afirmando que as aves eram más, é apenas uma figura.
- “o maior inimigo da semente”, o problema não é Satanás, é o coração que não deixa a Palavra de Deus adentrá-lo e fazer a obra. Muitas pessoas ouvem as palavras acerca de Jesus, mas não abrem seus corações.

2.2. Solo improdutivo
- “o inimigo vem e arrebata”, arrebatar significa “tomar com violência”, é assim que o inimigo faz com as pessoas que ouvem a Palavra mas não acreditam, não consideram a respeito, não julgam que devem se aprofundar nelas, então vem Satanás com suas tentação e artimanhas e faz com que as pessoas esqueçam rapidamente o que foi anunciado.
- “torna-se inacessível”, no texto da parábola, Jesus apresenta o problema desse coração duro, Ele disse: “e não a entendendo, vem o maligno, e arrebata” Mateus 13.19 dessa forma o problema é que a pessoa não entende o que foi anunciado. Nesse caso a persistência é a melhor recomendação.
________________________________________
3. SEMENTE ENTRE PEDREGAIS
- “olhar superficial”, um olhar na superfície, sem se aprofundar.
- “aparentemente, ele é considerado apropriado”, pois o problema das pedras está abaixo da superfície. É como aquela pessoa que recebe bem a palavra Mateus 13.20, mas depois não dá continuidade, não se aprofunda no conhecimento do Senhor.

3.1. Angustia e perseguição
- “queimadas pelas provações”, essas provações são representadas pelo sol, porém o sol nasce para todos e castiga todas as plantas, mas somente as plantas que tem raízes conseguem suportá-lo, da mesma forma somente as pessoas que deixam a Palavra de Deus se aprofundar conseguem as raízes necessárias para suportar as aflições.

3.2. Solo sem profundidade
- “maior algoz da Palavra”, o problema não está no sol, está no coração que não deixa a Palavra se enraizar. Muitos só se interessam pela mensagem na hora do culto, mas quando saem  do culto, deixam de lado o foi falado.

4. SEMENTE ENTRE ESPINHOS
- A terra até boa, mas está cheia de espinheiros, é o coração que se agregou muitas atividades e coisas mundanas.

4.1. Os cuidados deste mundo
- “à solicitude da vida”, são as preocupações dessa vida, as atividades e tarefas a que a pessoa se apegou e por isso logo deixam a mensagem da Palavra de lado. Quem se envolve em muitas ou está preocupado com muitas coisas, tem pouco tempo para Deus.

4.2. A sedução das riquezas
- “o dinheiro em si não é um problema”, e possível ser rico e ser servo de Deus, existem muitos exemplos disso e temos muitos crentes nessas condições.
- “fazê-lo distanciar-se de sua fé”, é incompatível ter amor a Deus e ao dinheiro ao mesmo tempo. Não tem como agradar aos dois e como dinheiro está presente no dia-a-dia, podendo ser tocado e Deus é espírito, então a pessoa dará preferência ao dinheiro.

4.3. Solo ocupado
 - “alocados entre as prioridades”, a prioridade é aquilo que damos a maior atenção, geralmente é o que mais amamos, mas pode ser o que mais necessitamos, como o trabalho por exemplo.
- “acabam por sufocá-los”, a primeira coisa que a pessoa perde é o tempo para dar atenção devida à Palavra de Deus, com isso ela perde também o ânimo.

5. A SEMENTE EM BOA TERRA
- “diferentes níveis de colheita”, isso devido à capacidade de cada um, a terra boa é aquela que vai produzir frutos pela Palavra ministrada, mas cada pessoa tem sua capacidade.

5.1. Solo fértil
- “esta é a mesma nos quatro casos”, a Palavra sempre produz algo, ou produz salvação ou condenação. Para o solo fértil ela produz salvação e para os outros ela traz a condenação.
______________________________________
CONCLUSÃO
- “três elementos podem impedi-la”, na verdade esses elementos: o Diabo, a carne e o mundo, são agentes que roubam e sufocam a semente da Palavra. O problema de verdade são os diversos tipos de coração.
- “o Diabo (Mt 13.19)”, nesse contexto o problema é o coração duro, nesse caso Satanás se aproveita e toma a semente.
- “a carne (Mt 13.20,21)”, Professor(a), fique ligado porque em nenhum momento a lição aponta a carne como o agente que impede o aprofundamento da semente. Podemos dizer que é a fraqueza do solo, pois é isso que a carne representa uma fraqueza na pessoa, note no texto que a semente começa a germinar, mas as adversidade (pedregais) a impede, essa é a pessoa fraca, carnal.
- “o mundo (Mt 13.22)”, o problema aqui é o coração que se apegou aos entretenimentos do mundo e os priorisou.
- Professor(a), faça o seu resumo e repasse os principais pontos para a classe.
- Procure também apresentar a próxima lição para a turma.

Boa aula!


Marcos André – professor

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.