sexta-feira, 3 de abril de 2015

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio da Lição 1 - Revista da CPAD


AULA EM 05 DE ABRIL DE 2015 – LIÇÃO 1
(Revista: CPAD)

Tema: O Evangelho Segundo Lucas
Texto Áureo: Lucas 1.4
  
INTRODUÇÃO
- Querido(a) professor(a), nesta lição dê os boas vindas aos alunos pelo novo trimestre que se inicia, apresente a revista, teça comentários, anime o aluno a participar desse trimestre.
- “o mais refinado do Novo Testamento”, pode se dizer que ele é o mais bem elaborado. Lucas não se contentou somente com o que eles sabiam, ele fez um trabalho de pesquisa e busca de mais informações e detalhes.
- “quando Ele se deu como sacrifício expiador”, a crença em Cristo é a certeza de que Ele veio do Pai, e o evangelho de Lucas ensina isso com muita clareza.
- “o advento do Messias para estabelecer o seu Reino é a prova”, o Reino de Cristo, por enquanto é espiritual, mas em breve será físico, e a História mostra Deus está no controle de tudo para concretizar esse objetivo.
__________________________________________
1. O TERCEIRO EVANGELHO

1. Autoria e data.
- “o médico amado”, o Evangelho de Lucas é o único em que aparece o fato de Jesus ter suado sangue Lc 22.44. provavelmente, como Lucas era médico conhecia esse tipo de ocorrência patológica e por isso não imaginou que fosse alguma invenção de quem narrou. O nome disso é hematidrose e acontece nos casos de intenso stress em largo período de tempo.
- “isso não depõe contra a autoria lucana”, boa parte do livro de Atos é narrado em 1ª pessoa, porém o evangelho d Lucas está em terceira pessoa, pois ele está narrando fatos acerca da vida Jesus, nos episódios em que ele não estava presente, por isso não havia a necessidade de citar seu nome nesse evangelho.
- “início dos anos sessenta do primeiro século”, por esse período, com certeza, a maioria das pessoas que testemunharam os fatos da vida de Cristo ainda estavam vivas e em plena consciência.

2. A obra.
- “Ele escreveu sua obra em dois volumes (Lc 1.1-4; At 1.1,2)”, professor(a), recomendo que você peça a um aluno para ler essas referências, pois são bem esclarecedores sobre esses escritos de Lucas. Após a leitura chame a atenção quanto as ligações entre eles, mostrando as semelhanças. Pergunte aos alunos o que eles acharam, e se eles entendem que são duas partes de uma mesma obra.

3. Os destinatários originais.
- “destinatários originais”, são aqueles para quem o evangelho foi originalmente escrito, enquanto os outros destinatários são os povos do mundo inteiro, mas com certeza Lucas não imaginava que o Espírito Santo o estava usando para escrever um livro que seria lido no mundo inteiro em todas as gerações.
- “sendo citado como "excelentíssimo"”, isso aparece no verso 3 de Lucas 1, esse é um pronome de tratamento para Teófilo, mas a palavra que aparece é “excelente Teófilo”, usado para se dirigir à autoridades. No livro de Atos esse pronome não é usado, talvez por haver agora certo clima de amizade entre eles.
- “Soteriológica, porque narra o plano da salvação”, soteriologia é o estudo da salvação, os outros evangelhos também narram, mas Lucas dá mais ênfase.
__________________________________________
2. OS FUNDAMENTOS E HISTORICIDADE DA FÉ CRISTÃ

1. O cristianismo no seu contexto histórico.
- “Pôncio Pilatos governador da Judeia”, não há narrativas históricas sobre Pilatos fora da Bíblia, a não fragmentos de placas de cerâmica da época e Jesus em que aparece o seu nome, comprovando que ele existiu naquela época. Pilatos era a autoridade romana na região da Judeia recolhia impostos e mantinha o controle da província.
- “tetrarca da Galileia”, era rei subordinado a Roma, era tetrarca por ser um dos quatro filhos de Herodes o Grande, que dividiu a região após sua morte.
- “Anás e Caifás sumos sacerdotes”, Anás era sogro de Caifás, só poderia haver um sumo sacerdote, Roma nomeou Anás, mas a classe sacerdotal e o povo preferia Caifás.
- “São fatos históricos que poderiam ser testados”, há diversos relatos fora da Bíblia acerca desses personagens, escrito em rolos, tábuas e fragmentos de papiro.

2. Discipulado através dos fatos.
- “deu origem à palavra portuguesa catequese”, daí se originou o verbo catequizar, que é o mesmo que doutrinar, muito usado no meio católico.
- “seu Evangelho para formar discípulos”, na verdade essa era a intenção de Cristo, e deve ser a nossa também, sempre que alguém entrar para os caminhos do Senhor devemos discipulá-lo a fim de que aprenda a doutrina e a cumpra.
- “fundamentar-se na veracidade dos fatos da fé cristã”, não deve ter sua fé baseada em fábulas, deve ser racional para ser espiritual. Aqueles que desenvolvem uma fé sem uma base bíblica racional, estão fadados ao extremismo e fanatismo.
- “para mostrar os fundamentos das verdades”, por isso Lucas é tão detalhista ao narrar os eventos.
__________________________________
3. A UNIVERSALIDADE DA SALVAÇÃO

1.  A história da salvação.
- “Lucas divide a história da salvação em três estágios”, essa é uma característica dos estudiosos, a organização. Todo discípulo deve aprender a ser organizado em tudo para que possa ser melhor usado na obra de Deus.
- “"Lei e os Profetas" é uma referência ao Antigo Testamento”, seria como dizer: o que está escrito na Lei e o que os profetas escreveram”.
- “é derramado sobre todos os crentes”, e pela abrupta interrupção do livro de Atos, podemos entender que o tempo da Igreja ainda não acabou e que a História ainda está sendo escrita por nós.

2. A salvação em seu aspecto universal.
- “O aspecto universal da salvação”, a ideia de que a salvação é para o mundo inteiro. Hoje sabemos disso, mas no tempo de Lucas os cristãos judaizantes acreditavam que somente os do judaísmo poderiam usufruir dessa graça.
- “vai até Adão, o pai de todos”, essa foi a genealogia descrita por Lucas, diferente da de Mateus que relata somente até Abraão Mt 1.2, dessa forma notamos a preocupação do médico em mostrar a promessa é desde Adão e por isso é para todos da Terra.
- “Destaque especial é dado para os samaritanos”, povo que foi colocado na terra de Israel e que aprendeu a adorar o Deus de Israel, e por isso também era discriminado pelos judeus.
____________________________________
4. A IDENTIDADE DE JESUS, O MESSIAS ESPERADO
1. Jesus, o homem perfeito.
- “expressões messiânicas”, expressões para se referir ao Messias prometido.
- “Jesus como verdadeiro Deus”, por ser filho de Deus Ele teria a mesma essência, diferente de qualquer judeu que seria parte do povo escolhido.
- “mostra-o como verdadeiro homem”, Professor(a), experimente perguntar: porque Jesus é o verdadeiro homem? Colha as respostas e veja se alguma satisfaz ou está de acordo com essa ideia: “Jesus não tinha pecado, por isso ele é originalmente a imagem e semelhança de Deus, assim como era Adão antes da queda. Como Ele não veio da semente genética de Adão, então não herdou o pecado dele.”
- “Messias político”, é o Messias que os Judeus esperam, que libertará o povo de seus inimigos.
- “estava consciente de sua natureza divina”, algumas teorias afirmam que Jesus teria se tornado Filho de Deus ao ser batizado por João.
- “Jesus enfrenta, e derrota, Satanás”, Deus humilhou Satanás ao derrotá-lo pela mão de um homem, e a partir daí levantou uma Igreja constituída de homens que vem derrotando o inimigo através dos séculos.

2. O Messias e o Espírito Santo.
- “dependia do Espírito Santo”, os milagres e grandes feitos de Jesus foi pelo Espírito Santo de Deus. E hoje esse mesmo Espírito está sobre a Igreja.
_____________________________________
CONCLUSÃO
- “a coroa dos Evangelhos sinóticos”, os evangelhos sinóticos são os três primeiros que mantém semelhança entre si, por terem sido escritos a partir de relatos populares daqueles que presenciaram os fatos.
- “Mateus enfoca a realeza do Messias”, apresentando Jesus como o Filho de Davi e por isso teria direito ao trono.
- “Marcos o poder”, Marcos é o evangelho que mais registra milagres de Jesus, ressaltando assim seu poder.
- Elabore o resumo e apresente.

Marcos André – professor

Boa Aula!

4 comentários:

  1. Deus Soberano ,obrigado pela vida do seu servo Marcos .
    da a ele força, Ânimo pra continuar...segure em suas mãos PAI , agradeço por sua fidelidade PAI , leva-o pra mais perto de ti, amém. Naiane Santos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado irmã por essa oração de intercessão e palavras de ânimo. Paz.

      Excluir
  2. glorificamos ao Senhor por nos mostrar um prof:marcos.Maravilhoso que nos tem
    feito passar aos nossos alunos o verdadeiro evangelho e ele também vai nos dando
    cada dia mais discernimento e sabedoria continue Senhor iluminando teu servo
    muito obrigada pastor MARCOS que DEUS lhe abençoe sempre

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De nada irmã, obrigado por você fazer parte do nosso trabalho, continue usando nossos esboços e aprendendo juntamente conosco.

      Paz de Deus.

      Excluir

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.