sábado, 2 de maio de 2015

ESCOL DOMINICAL - Esboço e Subsídio da Lição 5 - Revista da Central Gospel


AULA EM___DE______DE 2015 - LIÇÃO 5
(Revista: Central Gospel - nº 42)

Tema: A INSTAURAÇÃO DA MONARQUIA EM ISRAEL

Texto Áureo: 1 Samuel 10.1
 _________________________________________
 PALAVRA INTRODUTÓRIA
- Professor(a), nesta lição, mostre como surgiu os primeiros reis de Israel e mostre a postura dos homens de Deus.
- “uma liderança militar, provida pelo Espírito”, esse regime de governo se chama teocracia, que significa “governo de Deus”.
- “e o primeiro dos profetas”, Samuel acumulou os três ofícios: juiz, profeta e sacerdote, por isso ele é considerado um tipo de Cristo, pois Jesus acumulou esses mesmos ofícios.
_______________________________________________
1. PANORAMA HISTÓRICO
- “do nascimento de Samuel até a morte de Saul”, no segundo livro de Samuel se trata do reinado de Davi.
- “os dois últimos juízes da nação”, eles não são citados no livro de Juízes, mas aparece no livro de Samuel como líderes levantados por Deus.
- Naquele tempo o governo estava nas mãos de Deus que exercia por meio de Seus juízes.

1.1.  Tempos de degradação
- “e sua liderança degeneravam-se”, embora não houvesse rei havia uma liderança, em cada cidade havia os anciãos.
- “não conseguiram transmiti a seus filhos”, ao que tudo indica, eles se dedicaram extremamente a obra de Deus e não puderam cuidar de suas famílias. Os filhos de Samuel, embora não fossem como os filhos de Eli, não seguiram os caminhos de Samuel.

1.2.  Foi-se a glória de Israel
- “os filhos de Abraão”, incomum usar essa terminologia, mas se refere aos filhos de Israel.
- “antiga opressão filisteia”, os filisteus chegaram a reconquistar algumas cidades que os hebreus tomaram.
- “enviaram a Arca ao campo de batalha”, essa prática vem lá do tempo em que eles caminhavam no deserto com a Arca. Os povos inimigos temiam não só o povo, mas também aquele objeto.
- “enxergava, nela, um amuleto de sorte”, esse tipo de misticismo é inaceitável, pois tira a honra que é para Deus e coloca em um objeto, a partir daí surge a idolatria.
- “trinta mil homens de infantaria”, infantaria é o contingente militar que combate a pé, naquela época, com espadas.
- Os filisteus tomaram a Arca e um dos netos de Eli que nasceu naquela ocasião passou a se chamar “Icabode”, que significa: “foi-se a glória” 1 Sm 4.21

1.2.1. A Arca indesejada
- “colocaram-na dentro do Templo de Dagom”, essa atitude foi tomada porque naquele tempo os povos vencedores das batalhas, buscavam humilhar a divindade do povo conquistado para aniquilar qualquer forma de revolta ou rebelião por parte do povo. Era para marcar a superioridade dos deuses dos vencedores.
- Note que agora os filisteus também tratam a Arca como algo sem importância, eles acreditavam que o Deus de Israel fosse uma divindade inferior a Dagom.
- “a Arca iniciou uma longa peregrinação”, onde a Arca passou cousou estrago, pois ninguém sabia como guardá-la e como manuseá-la.
- “até ser devolvida”, os filisteus encontraram um jeito de mostrar algum respeito pela Arca de Deus, e por eles não conhecerem a Lei, Deus permitiu que a Arca fosse conduzida em um carro novo.
________________________________                 
2. TEMPOS DE AVIVAMENTO
- “compêndios historiográficos”, se refere às publicações que contam a história da nação ou da humanidade.
- “o tempo cronológico não interrompe o curso das ações”, quer dizer que não é o tempo que faz com que as pessoas parem de agir de uma forma e passem a agir de outra.
- “demandam tempo para serem validadas”, quer dizer que os fatos ocorridos no começo do livro de Samuel eram ações próprias do tempo dos juízes, pois seguem o mesmo modelo.

2.1. Samuel
- “cruzando o rio Jordão”, se eles fossem direto o Sinai para a Terra Prometida, eles entraria pela terra seca, mas como deram a volta pela atual Transjordânia tiveram que entrar atravessando o Jordão.
- “pano de fundo”, é contexto histórico, é como estava a palestina na época dos juízes. Esse era o contexto histórico: “o pecado dos sacerdotes e do povo impedia que o Eterno se revelasse”. Às vezes alguns ministérios estão neste contexto, é quando Deus levanta alguns samueis.

2.1.1. O chamado
- ...

2.1.2. A ascensão
- “significava a separação total”, eles pensavam dessa forma porque a Arca era o único objeto visível da presença de Deus.
- “Ele suscitou Samuel”, era um tempo em que a Palavra do Senhor era rara e as visões não eram frequentes. 1 Sm 3.1

2.2. Quebrantamento
- “livra-se dos ídolos domésticos e dos cultos”, agora Deus levanta um juiz, não para combater os inimigos de Israel, mas para combater o que impedia o agir de Deus na nação.
_________________________________
3. O REINADO DE SAUL
- “suficientemente alicerçada em Canaã”, ainda havia muitas guerras e ataques dos povos em redor contra o povo de Deus.
- “desejou antecipar a agenda”, o ser humano geralmente é imediatista e por isso não consegue esperar o tempo de Deus.  

3.1. As Motivações de Israel
- “seguir as práticas das nações”, eles queriam imitar os habitantes da Terra. Ainda hoje esse tipo de motivação permeia o povo de Deus. A Igreja deve ser referência para o mundo, mas alguns crentes tomam o mundo como referência.
- “Ele pelejaria as batalhas”, os hebreus ainda não haviam entendido o que é servir a um Deus invisível, eles queriam ver alguém de carne e osso á frente do exército.

3.2. Saul, um líder provisório
- “era, humanamente, notável”, Deus deu alguém segundo os conceitos do povo, pois o povo não quer alguém que tenha algo por dentro, mas alguém que tenha boa aparência por fora.

3.3. Deus rejeita Saul
- “suas más escolhas”, o próprio Saul foi quem jogou fora a benção, ele não se aproximou de Deus o suficiente para saber fazer escolhas.

4. A UNÇÃO DE DAVI
- “caráter superior”, Davi em todo tempo respeitou a unção real que estava sobre a cabeça de Saul. Davi respeitava a Deus e por isso não se achou no direito de tirar a vida de seu inimigo.

4.1. Rei e servo
- “jamais ousou usurpar o trono”, não era o trono que Davi desejava. Ele desejava que o nome de Deus fosse honrado na Terra.
- “Davi servia a Saul”, aqui está a característica de um verdadeiro líder, ele sabe servir antes de tudo. Antes de Deus levantar alguém, primeiro Ele prova no servir.
______________________________________
CONCLUSÃO
- “entregou suas feridas ao Senhor”, Davi confiou no Senhor e por isso Deus guiou seus caminhos, dessa forma ele foi bem sucedido.
- “nem sempre auspicioso”, auspicioso significa esperançoso, nem sempre p relato nos enche de esperança, porém serve como um alerta.
- Corrija o questionário e elabore o resumo.

Boa aula!


Marcos André – professor

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.