INICIE CLICANDO NO NOSSO MENU PRINCIPAL



__________________________________________________________________

sexta-feira, 3 de julho de 2015

ESCOLA DOMINICAL - Esboço e Subsídio da Lição 1 - Revista da Editora Betel



AULA EM 05 DE JULHO DE 2015 – LIÇÃO 1
(Revista: Editora Betel)

Tema: Os milagres do Novo Testamento

Texto Áureo: 1 Coríntios 15.14
  
INTRODUÇÃO
- Querido(a) professor(a), nesta lição apresente a revista e o tema do trimestre antes de começar a aula.
- “Uma nova dispensação para a humanidade”, a dispensação é a forma dispensada ao homem para relacionar-se com Deus. No Antigo Testamento houve a dispensação da Lei onde o homem se relacionava com Deus pela aliança da Lei. Em o Novo Testamento o homem se relaciona com Deus pela aliança do sangue de Jesus derramado na cruz por nós.
- “Sua ressurreição redime o pecador”, a ressurreição de Cristo nos mostra que ele é realmente o Filho de Deus. Se Ele não tivesse ressuscitado Suas palavras hoje seriam somente sabedoria, mas tendo ele ressuscitado elas são para nós o poder de Deus.
__________________________________________
1. O significado dos milagres de Jesus.
- “são acontecimentos cotidianos”, para o crente o milagre é um fato corriqueiro, porque os crentes fieis consideram todos os milagres, desde os menores até os mais inexplicáveis, enquanto os fracos na fé só buscam pelo grande milagre. Para um crente fiel o simples fato de estar vivo já é um milagre, e por isso ele tem motivos para agradecer a Deus todos os dias.

1.1. O poder milagroso da pregação de Jesus.
- “Seu milagroso agir jamais poderá ser desvinculado de Seu ministério”, uma forma de fazer essa desvinculação seria receber os milagres sem receber a Cristo, e apesar de ser algo que não se deve fazer, existem muitos que fazem.
- “manifestação do Reino de Deus que está chegando”, o Reino de Deus existe, mas ainda não chegou na sua plenitude, isso ocorrerá no milênio, onde ele regerá as nações. Por enquanto nós estamos no Seu Reino sendo Seus embaixadores em uma terra estrangeira.
- “Se desconsiderarmos os milagres onde predominam as curas”, alguns seguimentos do cristianismo não acreditam na manifestação espiritual de Deus em forma de milagres, afirmam que essa operação era somente para o primeiro século da Igreja devido à necessidade de divulgação da obra.

1.2. Os milagres anunciam a chegada do reino de Deus.
- “realizados por Jesus trazem o Reino futuro de Deus para o presente”, na verdade os milagres confirmam, porque o que traz o Reino de Deus é a pregação.
“E, depois que João foi entregue à prisão, veio Jesus para a Galiléia, pregando o evangelho do reino de Deus,
E dizendo: O tempo está cumprido, e o reino de Deus está próximo. Arrependei-vos, e crede no evangelho” Marcos 1:14,15 Notemos que aqui está o anúncio que Cristo está fazendo.
- “manifestação do reino que veio nos anunciar”, a manifestação do Reino de Deus no mundo ocorre em forma de anúncio, curas, operação de maravilhas e libertação do domínio do pecado. Lc 4.19
- “a destruição do reino de Satanás”, o reino do inimigo está em plena operação no mundo e além da expulsão de demônios também existe a salvação de almas. Dessa forma o Reino de Deus o reino de Satanás.
- “Os evangelhos sinóticos (Mateus, Marcos, e Lucas)”, assim chamados por serem semelhantes.
- “o termo “dynamis””, termo grego que deu origem a palavra dínamo, que é um transformador de energia mecânica em elétrica.
- “não para despertar a atenção ou promover-se”, milagres não são para promover a pessoa, nem tão pouco o ministério, mas sim para apresentar o poder de Deus em salvar almas.

1.3. Os milagres de Jesus ilustram a realidade do Reino.
- “distingue um milagre divino de outros acontecimentos”, o comentarista não está deixando claro que outros acontecimentos são esses, talvez esteja se referindo a supostos milagres de Deus.
- “dos quais podemos negar a existência”, ou seja, podemos afirmar que não são milagres de Deus ou não são milagres nenhum.
- “uma vaga esperança utópica”, utopia é a ilusão de algo inalcançável, assim os críticos afirmam ser o Reino de Deus.
- “o homem é liberto dos poderes maléficos”, muitos órgãos tentam libertar pessoas da dependência química das drogas ou bebidas, mas só o Reino de Deus pode promover uma libertação completa.   
_____________________________________________
2. A multiforme sabedoria de Deus
- “Deus nunca teve a intenção de impressionar os homens”, Deus não tem necessidade de provar sua existência e nem o seu poder a ninguém.
- “possa se voltar para Ele em gratidão”, Deus não quer que o homem se volte a Ele por obrigação ou por falta de opção e sim por amor e gratidão.

2.1. Os efeitos milagrosos da graça.
- “o perdão dos pecados”, perdoar pecados é uma obra que Deus faz que se for compreendia e aceita pelo homem pode livrá-lo de muitos males e inclusive curá-lo de doenças psicossomáticas.
- “a transformação de uma vida”, só por poder miraculoso uma vida pode ser transformada.
- “das riquezas e da ansiosa solicitude pela vida”, só Jesus e a mensagem do Reino de Deus pode dar a paz que o homem precisa para ser liberto de todos os outros males.
- “seus atos poderosos são efeitos da exousia de Sua Palavra”, exousia é a competência atribuída a algo ou alguém, quer dizer que a palavra que sai da boca de Jesus tem o poder que vem Dele. Essas palavras estão todas nas Escrituras. Quando Jesus manda pregar o Evangelho, as Palavras do evangelho que ministramos tem o poder de salvação e cura.
- professor(a), dessa forma concluímos que a Graça pode operar milagres no coração e na mente dos servos de Deus.

2.2. A relação entre a fé e o milagre.
- “a fé jamais foi premissa para que Jesus operasse um milagre”, premissa é a primeira condição para algo. Isso pode gerar debate, pois sabemos que Jesus sempre questionou a falta de fé, mas sabemos que Ele operou sinais na natureza independente da fé dos discípulos.
- “a fé tanto pode gerar o milagre quanto o milagre gerar a fé”, essa afirmação pode ser contestada, pois o que pode gerar fé é a Palavra e não os milagres. Rm 10.17 Um outro argumento é que os judeus que atravessaram o deserto viram o mar se abrir e muitos sinais da grandiosidade de Deus e mesmo assim tiveram dúvida Nm 14.1-3

2.3. O alcance dos atos milagrosos.
- “tanto na esfera do corpo quanto na sociedade”, de fato o conceito principal de milagre é aquilo que age no sobrenatural e transforma o plano físico de forma inexplicável.
- “voltam a ser reintegrados à sociedade”, esse é o alcance social dos milagres de Cristo. Dessa forma a sociedade recebe uma ministração da Palavra quando observa alguém que foi reintegrada pelo poder miraculoso de Cristo.
- “Jesus sempre expressa os propósitos da salvação”, nas Escrituras os milagres estão associados às pregação do evangelho e é claro, à salvação das almas.
________________________________________
3. Ressurreição, o pilar da fé cristã

3.1. A realidade da ressurreição.
- “exigia um alto preço: a morte”, todo pecado condenava o homem a morte, porém para que não fosse preciso todos os homens morrerem o Senhor introduziu o sistema de sacrifícios.
- “Morrer resolveria apenas a questão da justiça”, o homem teria a sua dívida paga, mas continuaria com a sua natureza corrompida e sem esperança.
- “e nos desse a possibilidade de vencer juntamente com Ele”, através de Sua vitória sobre a morte recebemos a promessa de que seremos como Éle é.
Veja esse texto:
“Porque se nós, sendo inimigos, fomos reconciliados com Deus pela morte de seu Filho, muito mais, tendo sido já reconciliados, seremos salvos pela sua vida.” Romanos 5:10

3.2. O grande milagre da cruz.
- “O grande milagre da cruz”, Jesus não venceu a morte somente quando ressuscitou, na cruz Ele já estava vencendo a morte, note que Jesus não morre de forma natural Ele é quem rende o espírito. Lc 23.46 A morte não tinha autoridade sobre Ele.
- “pode ser experimentado também o poder de Sua ressurreição”, a ressurreição de Jesus não tem significado se não entendermos a Sua morte na cruz.
- “embora não satisfaça sempre os desejos subjetivos”, se refere aos desejos secundários que não tem relação com a salvação da alma. Está afirmando que a graça opera milagres que são para a salvação, vez ou outra alguém pode receber alguma outra benção, mas o grande propósito do Pai é a salvação da humanidade.
- “energia para resistir à morte, à lei e ao pecado”, quer dizer que a graça dá força para resistir à morte e ao pecado, mas resistir à lei não é possível. No caso da lei a graça nos livra da condenação que a lei impõe.

3.3. O poderoso efeito da ressurreição.
- “alicerçada única e exclusivamente na ressurreição de Cristo”, eles começaram pregando para os judeus e deveriam apresentar Jesus como o Messias prometido e como o Filho de Deus, e para conseguir isso eles deveriam afirmar a Sua ressurreição dos mortos, sem isso teria efeito dizer que Ele é o Messias.
- “viram coisas espetaculares porque jamais retrocederam”, a fé proporciona coragem, os primeiros crentes tiveram coragem de enfrentar a morte porque tinham fé. Se alguém não tem coragem de enfrentar o inimigo e o mundo, não peça coragem, peça fé.
- “prosseguiram com maior vigor e determinação”, para cada crente que morria nas arenas e nas chacinas, surgiam outros pregando e espalhando corajosamente a mensagem da cruz, isso é milagre!
_____________________________________
CONCLUSÃO
- “Milagres não são coisas do passado”, hoje ouvimos menos sobre milagres do que lemos na Bíblia, mas há muitos relatos deles ainda, todavia o maior problema do nosso tempo não é a falta de milagres, mas sim a falta da Palavra de Deus.
- “foi para nos tornar testemunhas”, testemunhas são aqueles a quem as pessoas recorrem para saberem sobre fatos que elas não têm conhecimento. O mundo não tem nenhum conhecimento do poder de Deus e nós devemos apresentar esse poder, mostrando o que ele fez em nossa vida.

Marcos André – professor

Boa Aula!

10 comentários:

  1. Boa tarde e a Paz do Senhor... Que Deus esteja te abençoando rica e abundantemente..... seu trabalho tem ajudado a muitos professores da EBD.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Glória, obrigado pelo carinho meu amigo, estamos sempre trabalhando pelo correto entendimento da palavra de Deus. E lutamos pelo ensina das santas Escrituras.
      Que Deus abençoe a tua vida irmão Luis.
      Paz.

      Excluir
  2. Paz! Boa noite! Seu trabalho tem me ajudado muito... Sempre em minhas leituras e aulas, que #DEUS continue te abençoando. Fica na paz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém irmã, obrigado pelas palavras de apoio. Que Deus esteja te abençoado muitíssimo.

      Excluir
  3. Paz meu querido, bênção de Deus, por gentileza pode me informar qdo estará estará colocando o esboço da licao 2 muitíssimo obg.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paz. Será que você pode informar seu nomezinho? rsrsrs

      Excluir
    2. O humor está no ar, kkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
  4. A revista está disponível com as 13 lições??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu vou postando a cada semana a lição da semana, até chegar a 13ª. Beleza?
      Paz.

      Excluir

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.