INICIE CLICANDO NO NOSSO MENU PRINCIPAL



__________________________________________________________________

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

ATUALIDADE GOSPEL - Kéfera diz que cristãos a criticaram por serem ignorantes



A youtuber Kefera Buchmann gravou novo vídeo nesta quarta-feira (11), onde tenta se justificar diante da polêmica envolvendo seu nome. No dia 10 ela havia gravado o primeiro vídeo do ano para seu canal, o ‘5minutos’. Nele, afirmou que quando algumas mulheres foram criadas, Deus estava se masturbando.

Devido à grande repercussão do assunto, quase toda ela negativa, Kefera fez uma série de gravações no Snapchat para mandar um recado a todos que a criticaram. Afirmando que Deus é seu “brother” e “amigo”, reclamou das críticas que recebeu de muitos internautas pela sua “piadinha”.

Além de dizer que não vê motivos para pedir perdão pelo vídeo polêmico, insistiu que tem o hábito de orar “nos dias que estou triste”. Ilustrando como fazia isso, utilizou uma linguem bastante informal e, como lhe é característico, várias palavras de baixo calão.

A justificativa da Youtuber, que também é atriz e escritora, é que ela tem uma personalidade “extremamente forte” e que Deus sabe que ela não é uma pessoa “ruim”. Aproveitou para criticar quem a censurou.

“Queria eu jogar agora uma pergunta: foi isso que Deus ensinou para vocês, desejar a morte do irmãozinho?”, ironizou. Ao mesmo tempo que diz respeitar todas as crenças, insiste que, em sua opinião, aqueles cristãos que a criticam são ignorantes.

A seguir, passou a descrever como vê a Deus, dizendo que ele “olha para a essência”. Kéfera declarou ainda ser um “ser humano diferenciado” e uma “pessoa abençoada”. Asseverando não ter desrespeitado nem a Deus nem a religião, assegura que não está preocupada por que “Deus não castiga”.

Para ela, os “cristãos verdadeiros não se importam” com o que ela disse. A youtuber, que tem mais de 10 milhões de inscritos no seu canal, reclamou que as pessoas que a criticam estão apenas “espalhando ódio”.

No Facebook, ela postou um outro tipo de recado: uma foto da frase “A raiva que você sente não atinge ninguém além de você mesmo”.

Com mais de 42 mil “reações” e 10 mil compartilhamentos, a postagem reacendeu o debate.

“Antes de querer dar lição de moral em alguém, olhe se vc está sendo um bom cristão! (sic)”, escreveu um fã da moça. “Que tipo de “cristão” vcs são? Espalhando o ódio sobre as pessoas, xingando e acusando ou outros? Deus não ensinou isso! Jesus prega amor, e só Deus pode julgar! (sic)”, provocou outro em um comentário.

Fonte: Gospel Prime

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.