INICIE CLICANDO NO NOSSO MENU PRINCIPAL



__________________________________________________________________

sábado, 7 de janeiro de 2017

ESCOLA DOMINICAL BETEL ESBOÇO - Subsídio da Lição 2


AULA EM 8 DE JANEIRO DE 2017 – LIÇÃO 2
(Revista: Editora Betel)

Tema: Deus quer realizar grandes milagres em nossa vida

Texto Áureo: Hc 2.3
  
INTRODUÇÃO
- Querido(a) professor(a), nesta lição tente passar aos alunos a necessidade de cada um desenvolver uma vida devocional com Deus a fim de ter experiências com o Senhor e ver as maravilhas que Ele quer fazer.
- “situações em nossas vidas que tudo parece estar ao contrário”, são os momentos em que Deus está projetando algo e nós ainda não sabemos. São momentos em que não enxergamos a vitória prometida.
- “estar firmados na certeza de que o que Deus prometeu”, há promessas que o Senhor nos faz e ficamos aguardando, umas vem rápido, porém outras levam anos.
__________________________________________
1. Mudando a geografia da mente
- “mas Deus viu um marco na história”, Deus conduziu o movimento do povo para que ocorresse aquele grande acontecimento que seria lembrado até os dias atuais, a abertura do mar Vermelho.

1.1. A visão determina nosso alcance.
- “está relacionada à revelação que carregamos conosco”, no início de nossa fé cristã ou durante a caminhada o Senhor se revela a nós de várias formas e mostra seu propósito em nossas vidas, essa é a nossa chamada, essa é a revelação de Deus a nós.
- “Estamos nesse mundo para brilhar (Fp 2.15)”, lembrando que esse brilho não se refere a estrelismo ou fama, veja:
“Para que sejais irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis, no meio de uma geração corrompida e perversa, entre a qual resplandeceis como astros no mundo;” Fp 2.15  Comente que o resplandecer se refere a se mostrar como filhos de Deus diferenciados do mundo mau.
- “precisamos entender os processos da vida”, se refere às adversidades que enfrentamos na vida.
- “Quando Deus nos dá uma visão”, visão de algo a fazer, um propósito, uma chamada.

1.2. Um grande inimigo, uma grande vitória.
- “Um milagre desencadeia uma grande história”, quando o povo atravessou o mar Vermelho sua história e fama correu o mundo, tanto que os cananeus ainda falavam dela quarenta anos depois.
- “é porque tem algo a nos ensinar”, nas grandes adversidades adquirimos grandes experiências que jamais conseguiríamos se tudo tivesse dado certo.
- “redundará em maior glória ao Seu Nome”, o objetivo é que o nome do Senhor venha a se espalhar pela face da terra e ser glorificado. Nós somos os agentes de Deus nesse mundo, em nós ocorrerá esses grandes milagres.
- “uma geração acostumada a viver sem grandes milagres”, uma geração cética, que não conhece o poder de Deus de perto.
- “Deus é Poderoso para continuar a operar grandes coisas”, para isso cada crente deve buscar viver suas experiências com o Pai.

1.3. A visão correta.
- “estar em um mesmo lugar e ver coisas diferentes”, se refere a pontos de vista, pois cada um só enxerga aquilo que quer ver. Alguém diz que uma pregação foi ruim, outro assiste a mesma pregação e diz que foi boa, pois estavam buscando coisas diferentes.
- “dez viram apenas os gigantes e as dificuldades”, esses estavam buscando facilidades e como não encontraram decidiram que era um mau negócio tomar a aquela terra.
- “milagres que indicavam veracidade nas palavras”, porém sabemos que a fé não vem de ver milagres, Rm 10.17
- “questão de ter a visão correta das coisas ao redor”, no caso em questão, a visão correta era a da conquista a terra prometida, só Josué e Calebe estavam na visão correta. Hoje em dia a visão correta é o Céu (a terra prometida), pergunte aos alunos quem está nessa visão?
_____________________________________________
2. A estrada da liberdade
- “Depois de quatrocentos anos de escravidão”, quatrocentos e trinta para ser mais exato. Ex 12.41
- “Sua maior batalha era tirar o Egito de dentro do povo”, se referindo ao fato de eles se comportarem como escravos. Quando afirmamos isso nos dias atuais para o povo de hoje, estamos nos referindo ao pecado.

2.1. O caminho da liberdade é mais longo.
- “contrários aos que chamamos óbvios”, o caminho no deserto é mais coerente em linha reta, porém havia uma obra para ser feita nos meio do povo, uma obra que o povo e o mundo jamais esqueceriam, tanto o mundo da época como o mundo hoje.
- “O Mar Vermelho fazia parte do aprendizado”, o aprendizado dos servos de Deus envolve grandes lições. Nenhum crente deve entrar na obra de Deus achando que tudo será um mar de rosas.
- “Deus se manifestava de uma forma que pudessem entender”, isso é, em experiências pessoais cotidianas. A cada provação que aquela geração passava, as gerações mais novas iam aprendendo como deveria agir e reverenciar o Senhor.

2.2. A estrada exige paciência e confiança.
- “Deus ordenou que o mesmo retrocedesse”, Deus manda que eles façam isso para que enganasse a Faraó fazendo-o pensar que estavam encurralados.
- “vinha ao encontro de Israel para exterminar a todos?”, às vezes parece que estamos sendo entregues na mão de nossos inimigos, mas o Senhor tem um projeto de salvação grandiosa e exaltação para o Seu povo.
- “Deus faz seu líder entender o porquê (Êx 14.3-4)”, o objetivo era encorajar Faraó a perseguir o povo de Deus ainda mais. Peça a um aluno para ler a referência.

2.3. A estrada troca orgulho por dependência.
- “Aqueles que caminhavam de forma orgulhosa e independente”, sinceramente não sei dizer de onde o comentarista tirou essa ideia, essa é uma afirmação dele apenas.
- “É a primeira vez que aquele povo orgulhoso clama em massa”, não dá pra entender porque chamar o povo de orgulhoso, se em nenhum lugar de Êxodo afirma isso, apenas diz que o povo estava com muito medo.
- “fazer brotar em nós uma dependência”, de fato nas adversidades exercemos melhor a dependência de Deus, isso é uma verdade.
________________________________________
3. Nova geração, novas diretrizes
- “Ele cria caminhos diferentes e extraordinários”, o nosso Senhor abre porta onde não tem porta, então concluímos que Ele abre caminho onde não tem. Seria uma situação onde não há nenhuma saída e o Senhor cria uma saída para seu filho.

3.1. O problema humano nunca foi externo.
- “mas a situação era de pânico”, em meio ao desespero as pessoas tomam decisões precipitadas e fora do querer de Deus. O desespero é terrível para o cristão.
- “eles ainda estavam aprendendo a confiar em Deus”, por ainda estarem aprendendo a confiar, o Senhor não os tirou da herança, apenas os excluiu da herança na décima vez que murmuraram contra Ele. Nm 14.22,23
- “O seu maior inimigo eram os pensamentos que portavam dentro de si”, a pessoa que não confia em Deus não pode prosperar. Por isso afirma a lição que o problema era interno, ou seja, na mente.

3.2. Caminhos seguros.
- “Mas por que motivo Deus age assim?”, deixando que o inimigo se levante, que a pessoa sofra afronta e perseguição, para só então livrar a pessoa.
- “não precisava pedir que Abraão sacrificasse Isaque”, de fato não havia necessidade disso, porém se Deus não fizesse aquele pedido a Abraão nós não teríamos esse exemplo de fé e obediência registrado na Bíblia.
- “em cada gesto Seu aprendemos mais e mais sobre a Sua grandeza”, se Deus não criasse todas essas complicações, nós não saberíamos quase nada a respeito de Sua justiça, misericórdia e amor.

3.3. Deus sempre criará uma saída para os Seus escolhidos.
- “o natural escraviza e o espiritual liberta”, o natural aqui é o modo natural de pensar e agir e o espiritual é o modo espiritual de pensar e agir. Se pensarmos de forma natural não realizamos quase nada na obra de Deus.
- “não trabalha no âmbito da lógica humana”, só se entende Deus se for espiritualmente e mesmo assim é difícil. Quem tenta entender Deus pela lógica acaba frustrado.

CONCLUSÃO
- “para que nossa geração se volte para o Eterno Deus”, estamos vivendo o tempo da geração acomodada e dispersa nos entretenimentos do mundo. Cada um deve se despertar para a necessidade de uma vida plena com Deus.
- Faça o resumo para a revisão e corrija o questionário.

QUESTIONÁRIO

1. O que o capítulo 14 de Êxodo descreve?
R: A situação mais delicada já enfrentada pelo povo de Israel (Êx 14).

2. O que é preciso para que nosso testemunho adquira poder entre os homens?
R: Viver uma grande situação (Tg 2.12).

3. Como o povo de Israel estava?
R: Com muito medo (Êx 14.10).

4. Na ótica divina, o que significa retroceder?
R: Reorganizar (Êx 14.2).

5. Por que Deus enviou o Espírito?
R: Porque somente o Espírito é capaz de revelar as coisas mais profundas que a humanidade pode ver (1Co 2.10-11).

Marcos André – professor

Boa Aula!


SE VOCÊ QUER AJUDAR ESSA OBRA, ENTÃO CLIQUE NO ANÚNCIO ABAIXO!

3 comentários:

  1. A palavra de Deus diz,que fomos gerados de novo...
    Fomos gerados para eflueciar..fomos gerados para motivarmos....lição maravilhosa no 10.
    Pr.AbnerMiranda
    Boa vista-Roraima

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou meu pastor espero continuar fazendo comentários como este sempre.
      Paz de Cristo para você e sua casa.

      Pr Marcos André

      Excluir

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.