INICIE CLICANDO NO NOSSO MENU PRINCIPAL



__________________________________________________________________

sexta-feira, 2 de junho de 2017

ESCOLA DOMINICAL BETEL ESBOÇO - Subsídio da Lição 10


AULA EM 4 DE JUNHO DE 2017 – LIÇÃO 10
(Revista: Editora Betel)

Tema: O profeta desce a casa do Oleiro

Texto Áureo: Jr 27.6
  
INTRODUÇÃO
- Querido(a) professor(a), nesta lição mostre como o Senhor trabalha na vida de um servo Seu, permitindo e ordenando que ele desça a ponto de se humilhar para que depois alcance a revelação profunda da parte de Deus.
- “Ainda que a nossa vida tenha sido quebrada por desilusões”, note que o vaso na observação de Jeremias, se quebrou nas mãos do oleiro, quer dizer que ainda que as desilusões tenham quebrado alguns irmãos, o melhor é estar nas mãos do oleiro (Deus), pois Ele tem o poder de nos reconstruir. 
__________________________________________
1. O grande Oleiro está aperfeiçoando o Seu povo

1.1. Jeremias desce à casa do oleiro.
- “Levantar-se é tomar uma posição”, nenhum chefe gosta de falar com um subordinado que esteja deitado ou sentado, é ético que o subalterno se levante diante da autoridade e nós precisamos nos levantar diante do Senhor.
- “mas não querem se colocar na posição que o Senhor orienta”, a posição aqui não está falando de postura física, mas de uma postura espiritual, ou seja, abandonar o vício, deixar o pecado, aumentar a oração, etc.
- ““Levanta-te e desce”, o descer aqui significa parar e observar a obra do Senhor, a fim de perceber do que Ele é capaz d fazer. Geralmente usamos essa passagem para se referir a humilhação na presença de Deus, mas não é esse o significado.

1.2. O povo de Deus tem que ser paciente.
- “foi o exercício da paciência”, se referindo a paciência de Deus para conosco.
- “a paciência é um artigo de luxo”, nesse caso é a nossa paciência, não temos quase nenhuma, queremos tudo para já e nem temos paciência com os nossos irmãos em Cristo.
- “Ele não reclamou, mas tornou a fazer outro vaso”, demonstrando como a paciência de Deus é grande, às vezes alguém se quebra em Suas mãos, então Ele com toda a paciência reconstrói Seu servo.
- “está sendo aperfeiçoado continuamente”, aperfeiçoar é melhorar para aproximar-se da perfeição, no caso da vida cristã isso acontece por meio de ocorrências que vão transformando a vida dos servos de Deus, como as lutas e adversidades.

1.3. Deus pode contar conosco?
- “É na submissão a Ele que está a nossa vitória”, não são as qualidades do ser humano ou seus diplomas que o tornam uteis para Deus, mas o simples fato de se colocar à disposição do Senhor.
- “mesmo que não a compreendamos”, a nossa relação com Deus é pela fé, por isso não há necessidade de compreendermos a Sua vontade totalmente para obedecermos.
- “não tardemos em cumpri-la e, assim assistiremos o agir de Deus”, foi o que Jeremias pode presenciar, o agir de Deus através das mãos do oleiro. Então o Senhor mostrou que pode restaurar a casa de Israel. Foi uma mensagem de esperança para Jeremias.
_____________________________________________
2. É preciso descer na presença de Deus
- “Essa é a parte mais complicada...o cristão subir, ele tem que descer”, e infelizmente poucos estão dispostos a descer na presença do Senhor e dos homens, todo mundo quer exaltação, todos querem dar a volta por cima, porém é na humilhação que grandes lições são aprendidas.

2.1. José teve que descer para subir.
- “ invejavam o carinho que seu pai apresentava por ele”, um problema gerado dentro de casa, devido ao tratamento diferenciado liberado pelo pai de família.
- “vendido como escravo e lançado em uma prisão”, José foi um dos mais injustiçados da Bíblia, até ser exaltado passou muitas aflições. Muitos crentes não suportam passar por nenhum tipo de aflição e na primeira adversidade tomam a rédea de suas vidas deixando de sonhar os sonhos de Deus.

2.2. Paulo, o homem que caiu para esse mundo e suas tolas convicções.
- “Paulo precisou cair em terra para ouvir a voz do Senhor”, Paulo caiu de sua obstinação em perseguir o povo de Deus, ainda que ele pensasse fazer o certo, estava no caminho errado.
- “ver o mundo sob nova perspectiva”, Paulo passou a ver o mundo como um grande campo de almas pronto para a cega e se colocou à disposição do Senhor para esse serviço.
- “lhe diz: “Saulo Saulo, por que me persegues”?”, Paulo acreditava que estava perseguindo um povo rebelde e blasfemo, que acreditava que um impostor fosse o Filho de Deus. Nessas condições Jesus se apresenta para ele como o próprio Deus e lhe mostra que ele estava perseguindo a Deus e não a pessoas comuns.

2.3. Zaqueu, o homem que não foi mais o mesmo.
- “eram direcionados para o imperador romano.”, os cobradores de impostos eram chamados de publicanos e eram judeus, considerados traidores pela população.
- “que eram odiados por fazerem este tipo de serviço”, os publicanos aproveitavam para se enriquecer as custas das pessoas, cobrando valores indevidos.
- “Este encontro mudou a vida de Zaqueu.”, nada teria acontecido se Zaqueu não tivesse descido daquela árvore. Muitos crentes preferem permanecer nas posições elevadas do que descer pra receber Jesus de forma diferente. Em cima da árvore Zaqueu desejava somente ver quem era Jesus e nada mais, porém quando obedeceu ao convite de descer da árvore pode recebe-lo em sua casa e tudo mudou.
________________________________________
3. É preciso levantar e despertar
- “Não devemos estar apenas na igreja, é preciso estar nas mãos do oleiro”, significa dizer que existem crentes que estão na igreja, mas não estão nas mãos de Deus. Se eles se quebrarem, quem os reconstruirá?

3.1. A casa do oleiro.
- “na casa do oleiro é lugar de ouvir a voz de Deus”, há pouca disposição em se parar para ouvir, não queremos ouvir nossos filhos, não paramos para ouvir nosso cônjuge e nem para ouvir a Deus. É um grande mal dos tempos pós-modernos.
- “é um local onde aprendemos ser humildes”, lá se aprende quem é que domina quem, descobrimos que o vaso não pode comandar o oleiro, mas o oleiro que controla o vaso, e que se o vaso somente deve ficar no centro da vontade do Oleiro, nas mãos Dele.

3.2. Um vaso na mão do oleiro.
- “aquele que produz objetos de barro, entre eles, o vaso”, o profissional que faz tijolos de barro também se chama oleiro e o local é a olaria, existem poucas olarias no Brasil atualmente devido à modernidade das alvenarias.
- “alertar o povo de Israel de seus graves pecados”, algumas pessoas em Israel acreditavam que Deus jamais puniria Seu povo, enganados por falsos profetas.
- “Vasos de honra ou vasos de desonra?”, essa é uma reflexão importante, recomendo que deixe os alunos pensarem e responderem para si mesmo, enquanto eles vão pensando (de olhos fechados de preferência) recomendo que o professor(a) vá falando sobre o que é ser vaso de honra e desonra.

3.3. As fases do barro.
- “fase da escolha”, onde o oleiro separa o barro e tira as impurezas passando pela peneira ou ciranda.
- “fase do curtimento”, é onde foi feita a massa, misturando-o com água e o oleiro deixa em repouso para curtir, criar liga.
- “fase do pisamento”, onde a massa é pisada para se tornar mais homogênea.
- “fase dos acréscimos”, onde o barro recebe algumas misturas para se tornar mais resistente.
- “fase do molde”, é onde o barro toma a forma que o oleiro deseja, é a faze final onde o oleiro vai moldando aos poucos o vaso.
- “devemos aprender com as adversidades na caminhada da vida”, certas adversidades são fases em que passamos, onde Deus vai preparando o vaso para sermos o que Ele quer que sejamos.
- “e depois o leva ao fogo”, essa pode ser a parte final, onde o vaso passa pelo calor das lutas e provações, são as fornalhas da vida que faz com que nos tornemos mais resistentes.

CONCLUSÃO
- “sobre a soberania do Senhor Deus no processo de moldagem”, é uma mensagem de esperança e conscientização. Esperança porque nos mostra que o nosso Oleiro está pronto a nos restaurar e conscientização porque nos mostra quem é o Senhor o nosso Grande Oleiro, alguns crentes se esquecem disso na caminhada.
- Faça o resumo para a revisão e corrija o questionário.

QUESTIONÁRIO
                  
1. Quais as duas ordens que Deus deu a Jeremias?
R: Levantar-se e descer (Jr 18.2).

2. Qual foi um dos aprendizados do profeta Jeremias na casa do oleiro?
R: O exercício da paciência (Jr 18.4).

3. Como podemos descer na presença do Senhor?
R: Através do jejum, adoração e oração (Sl 145.18-19).

4. Cite duas pessoas que tiveram que descer para poder se achegar a Cristo?
R: Paulo e Zaqueu (Lc 19.5).

5. Qual era o intuito da quebra do vaso?
R: Alertar o povo de Israel de seus graves pecados (Jr 18.4).

Marcos André – professor
Contatos palestras, aulas e pregações: 21 969786830 (Tim e zap) 21 992791366 (Claro)

Boa Aula!

SE VOCÊ QUER AJUDAR ESSA OBRA, ENTÃO CLIQUE AQUI OU NO ANÚNCIO ABAIXO!  


2 comentários:

  1. Muito Bom ! Obrigado professor Marcos, você está sempre me ajudando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém profeta, obrigado por prestigiar e comentar. Abraços.

      Excluir

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.