sexta-feira, 20 de abril de 2018

ESCOLA DOMINICAL CENTRAL GOSPEL ESBOÇO - Subsídio da Lição 4



AULA EM___DE______DE 2018 – LIÇÃO 4
(Revista: Central Gospel - nº 54)

Tema: Sabedoria nas Adversidades da Vida

Texto Bíblico Básico:

Romanos 5.1-61 - Sendo, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus por nosso Senhor Jesus Cristo;
2 - pelo qual também temos entrada pela fé a esta graça, na qual estamos firmes; e nos gloriamos na esperança da glória de Deus.
3 - E não somente isto, mas também nos gloriamos nas tribulações, sabendo que a tribulação produz a paciência;
4 - e a paciência, a experiência; e a experiência, a esperança.
5 - E a esperança não traz confusão, porquanto o amor de Deus está derramado em nosso coração pelo Espírito Santo que nos foi dado.
6 - Porque Cristo, estando nós ainda fracos, morreu a seu tempo pelos ímpios.

1 Pedro 5.6-106 - Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que, a seu tempo, vos exalte,
7 - lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós.
8 - Sede sóbrios, vigiai, porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar;
9 - ao qual resisti firmes na fé, sabendo que as mesmas aflições se cumprem entre os vossos irmãos no mundo.
10 - E o Deus de toda a graça, que em Cristo Jesus vos chamou à sua eterna glória, depois de haverdes padecido um pouco, ele mesmo vos aperfeiçoará, confirmará, fortificará e fortalecerá.
Texto áureo: Jo 16.33
 _________________________________________
 PALAVRA INTRODUTÓRIA
- Querido Professor(a), nesta lição busque ensinar os alunos a enfrentar e evitar as adversidades, lembrando que nem todas as adversidades podem ser evitadas.
"Todos nós estamos sujeitos a adversidades", conforme as pessoas foram se tornando mais esclarecidas passaram a entender mais isso e deixaram de acreditar nas pregações fantasiosas de que todos os nossos problemas são solucionados por Jesus. Porém ainda existem os que tentam enganar as pessoas com esse tipo de coisa e alguns ainda caem nesses enganos.
_______________________________________________
1. CAUSAS DA ADVERSIDADE

1.1. Imprudência
- "nos sobrevém porque a procuramos.", geralmente por falta de vigilância, vigilância com o que havemos de falar e fazer, até mesmo com o havemos de pensar.
"envolveu-se com pessoas malfaladas", os servos de Cristo não são proibidos de falar com os ímpios, mas é altamente recomendável que não se participe da intimidade deles, que não se associe com eles.

1.2. Permissão de Deus

- "pessoas que caem em pecado e se acostumam com ele", pecar é algo inerente à natureza adâmica em nós, por isso ninguém está livre disso, mas quando a pessoa se acostuma com o pecado, então ela perde a presença do Espírito Santo e consequentemente a salvação.
"a adversidade pode ser um meio de levar o indivíduo ao arrependimento", por isso o Senhor permite essas adversidades, pois se a pessoa que Deus ama se entregar ao pecado e continuar vivendo uma vida tranquila dificilmente se convencerão de sua miséria espiritual.

1.2.2. Frieza
- "não ser necessário manter uma vida de comunhão com o Senhor", na verdade a maioria das pessoas sabem que precisam dessa comunhão, porém não se esforça porque não conhecem o tamanho dessa necessidade.
"Caso não se trate de uma apostasia", se refere a um tipo de adversidade espiritual, onde a pessoa perde as forças e a vontade de estar na presença do Senhor, isso pode provocar uma frieza que pode levar a pessoa para o mundo.

1.2.3. Excesso de bênçãos

"por terem recebido inúmeras bênçãos divinas", muitas pessoas não estão preparadas espiritualmente para receberem vitórias da mão de Deus. Não são poucos que buscam coisas que os tiraram da igreja e por fim da presença de Deus.

1.2.4. Aprimoramento

"o crente tem uma vida consagrada, íntegra, mas se vê em tribulação", semelhante ao caso de Jó a quem o próprio Deus julgou ser íntegro diante Dele. Jó 1.8
- "erguê-lo a um patamar mais elevado de espiritualidade", no caso de Jó ele mesmo afirmou que elevou o nível da revelação de Deus em sua vida, veja.
"Com o ouvir dos meus ouvidos ouvi, mas agora te vêem os meus olhos.", Jó 42.5

2. O QUE NÃO FAZER DURANTE A ADVERSIDADE

2.1. Não transfira responsabilidades
- "procuram alguém sobre quem colocar a culpa", mais uma característica da natureza adâmica, assim como Adão jogou a culpa em Eva quando foi questionado por Deus também muitos buscam logo alguém a quem culpar.
"a pessoa deve assumir os seus erros", quando a pessoa analisa o que fez de errado e o que poderia melhorar, ela cresce espiritualmente e alcança maturidade na vida, os pais devem ensinar isso a seus filhos e nas igrejas devemos ensinar isso aos nossos jovens e novos convertidos.


2.2. Não se isole
- "orientação de uma pessoa idônea e de confiança", algumas pessoas tem receio de compartilhar problemas pelo risco de serem expostas, mas esse risco é necessário, pois o isolamento pode gerar algumas complicações mentais ou doenças psicossomáticas.

"na adversidade que pessoas amigas mostram-se mais próximas", algumas amizades desaparecem nesses momentos, pois eram amigos que buscavam somente o que poderiam se beneficiar da amizade.


2.3. Não dê lugar ao diabo
- "acabar com a própria vida para fazer cessar o problema", há situações em que a pessoa chega a um fundo do poço, onde não enxerga mais saída nenhuma, nós apregoamos que nunca se deve desistir, sempre manter a esperança. Quando estiver visitando alguém que passa por adversidades deve estimular essa conduta.


3. CRESCENDO NA ADVERSIDADE

3.1. A paz que nasce por termos sido justificados

- "que pode levá-lo a ser provado e aperfeiçoado pelo fogo", o crente com certeza vai precisar do amadurecimento espiritual para conseguir chegar a esse entendimento e são exatamente as adversidades que o conduzirá a isso. Não se consegue isso da noite pro dia, é necessário um tempo.

3.2. Após a paciência vem a experiência
- "para providenciar uma vitória maior, adiante", às vezes uma porta de emprego que não se abre, uma cura que não chega, etc, poderão ou não estarem incluídas nessa situação, não podemos colocar regras para o agir de Deus.

4. COMO ENFRENTAR A ADVERSIDADE

4.1. Procure fazer um autoexame e busque descobrir o porquê de Deus

4.2. Descubra suas possibilidades e lute
- "em favor daqueles que o buscam como única saída.", há situações que Deus deixa chegar a um extremo, onde as possibilidades humanas se esgotaram e só o impossível é a solução. Às vezes Deus permite chegar a essa situação para demonstrar o tamanho do Seu grande poder.

4.3. Não perca a fé na misericórdia do Senhor
- "nossa fé, na misericórdia de Deus e nos livramentos", se Deus nos desse o que merecemos, já teríamos todos morrido, mas Ele nos abençoa conforme o Seu bondoso coração e isso se chama misericórdia, o ato de ajudar o que não pode se ajudar e não merece ser ajudado, como nós.

CONCLUSÃO
"Nada nos sobrevém por acaso", quando o servo de Jesus entende isso ele passa a ter tranquilidade em sua mente, vive em paz e não teme a adversidade. 
- Faça a revisão e corrija a atividade proposta.

Pr Marcos André

ÁUDIO DO SUBSÍDIO


Check this out on Chirbit



Contatos palestras, aulas e pregações: 21 969786830 (Tim e zap) 21 992791366 (Claro)

2 comentários:

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.