terça-feira, 1 de maio de 2018

ESCOLA DOMINICAL CPAD - Subsídio da Lição 6


AULA EM 6 DE MAIO DE 2018 - LIÇÃO 6
(Revista CPAD)

Tema: Ética Cristã e Suicídio


Texto Áureo: Jo 10.10

INTRODUÇÃO
- Professor(a), nesta lição apresente as causas e consequências que envolvem o suicídio, é interessante estudar mais profundamente sobre o tema em outras fontes.
"Essa prática tem sido um mal silencioso", é um mal silencioso porque a ideia de suicídio quando nasce ma cabeça de alguém, já torna a pessoa em suicida ainda que ela não tenha praticado o ato. Pode ter um suicida ao nosso lado na nossa parentela e não sabemos.
"o índice de pessoas que se suicidam vem crescendo assustadoramente", conforme o aumento da complexidade dos problemas, também a taxa de doenças psicossomáticas aumentou também.

I – O SUICÍDIO NAS ESCRITURAS E NO MUNDO

1. No Antigo Testamento.
"Decidido a cumprir sua missão, na festa a Dagon, derrubou o templo sobre si e seus inimigos", esse é um tipo de suicídio com propósito, Sansão provocou a morte dele com o objetivo de derrotar os inimigos de Deus.
"Por isso, Sansão aparece na lista dos heróis da fé", diante dessa afirmativa podemos derrubar o velho paradigma de que o suicídio conduz direto ao inferno, na verdade nem todos, os provocados em combate não contam.
"tais homens, motivados pelo orgulho, escolheram a morte em lugar de confiarem em Deus", o suicídio praticado nesses casos conduzem ao inferno, a pessoa registra como último ato em vida a desistência e atentado contra o próprio corpo.

2No Novo Testamento.
- "Sua ambição por dinheiro foi uma das motivações para entregar Jesus", há quem diga que Judas tivesse o propósito de que Jesus utilizasse Seu poder para liderar uma revolta e libertar Israel do domínio romano, se isso fosse verdade Judas teria traído Jesus por uma motivação nobre e demonstraria ter fé em Cristo, acreditamos que essa linha não é correta.
"rebentou pelo meio, e todas as suas entranhas se derramaram", ao que parece com essa afirmação, Judas teria tido a sua barriga aberta por de forma não explicada e suas tripas saído, é possível que ao se matar ele tenha caído de alguma altura e aberto a barrida.
"nem teve a humildade para buscar o perdão do Senhor. Ele preferiu o suicídio a corrigir o erro", dessa forma ele demonstrou falta de fé no Senhor como Filho de Deus e salvador do mundo, se encheu de remorso e deixou que esse sentimento o dominasse.

3. O suicídio no mundo.
"Quase um milhão de pessoas tiram a própria vida todos os anos", quase a quantidade de habitantes da cidade de São Gonçalo no Rio de Janeiro, é como se suicidasse uma cidade por ano.
"as autoridades iniciaram o movimento “setembro amarelo”, essa campanha começou em 2015 sendo uma iniciativa do Centro de Valorização da Vida (CVV), Conselho Federal de Medicina (CFM) e Associação Brasileira de Psiquiatria.

II - OS TIPOS DE SUICÍDIO

1. Suicídio convencional.
- "o Ministro da Agricultura do Japão sentiu-se extremamente envergonhado", apesar da cultura diferente os sentimentos originadores da ideia de suicídio são os mesmos, a vergonha, a desesperança, a dor na alma e a tristeza profunda. Esses sentimentos são comuns em toda cultura e conseguem mexer com muitas pessoas.
"costumam citar a antiga tradição de “suicídio em nome da honra”...tornaram os japoneses mais propensos", quer dizer que devido a essa tradição eles são mais inclinados a se suicidarem, ou seja, a cultura antiga ainda reflete nos costumes dos dias atuais. Pra evangelizar um povo assim é necessário não quebrar a cultura de imediato, eles ficam resistentes, mas ir ensinando aos poucos que o suicídio é um atentado contra a criação de Deus.

2. Suicídio pessoal.
- "muitas vezes não é possível apontar causas aparentes.", pode ocorrer de o suicida deixa uma carta ou bilhete, mas quando eles não deixam nada fica difícil identificar, nessa situação é investigado os amigos e as redes sociais do suicida, o motivo é quase sempre a tentativa de fugir de uma situação difícil.
"Tais pessoas, desprovidas de fé e de esperança", esses suicidas geralmente são descrentes, porém existem alguns casos de jovens crentes que se suicidam, mas são bem poucos graças a Deus.
"Dados oficiais indicam que 32 brasileiros cometem suicídio a cada dia", nesse número está contando um tipo de suicídio que tem sido praticado por jovens no nosso país que não está sendo tratado aqui, que é pelo aliciamento de jogos online, como o "baleia azul", um jogo de estágios onde o último nível consiste em cometer suicídio. 

3. “Suicídio” sacrificial.
...

III – O POSICIONAMENTO CRISTÃO PARA O SUICÍDIO

1. O posicionamento teológico.
- "fundamentado no sexto mandamento do Decálogo: “Não matarás”, não há uma passagem bíblica específica sobre suicídio, apenas essa fundamentação teológica do decálogo.
"O Criador é quem determina o início e o término da vida, não a criatura", o suicídio teologicamente é um pecado contra Deus e não é um pecado maior do que os outros, o problema é que é o ultimo pecado em vida e como após a morte segue-se o juízo, então a pessoa fica com a condenação assegurada.

2. O posicionamento ético.
- "A posição da Ética Cristã é contrária ao suicídio pelos seguintes e principais motivos", a argumentação ética cristã é aquela que não é clara na Bíblia, não está especificada em mandamento direto, por isso é analisada conforme a prática cristã.
"a igreja precisa ajudar as pessoas a não sucumbirem diante desse mal", essa é marca cristã que nos identifica com Jesus, a ajuda que damos ao nosso irmão, quando em um grupo cristão é percebido que alguém está se distanciando é necessário visitar a fim de identificar algum problema espiritual ou social. 

CONCLUSÃO
"é resultado da ideologia que enaltece a criatura em lugar do Criador", essa ideologia faz com que a pessoa acredite que pode decidir se vive ou não, associado a isso há o despreparo para enfrentar as adversidades da vida.
- Faça a revisão e corrija os questionário.
 
Pr Marcos André

Pr Marcos André - Contatos para palestras, aulas e pregações: 21 969786830 (Tim e zap) 21 992791366 (Claro)

SE VOCÊ QUER AJUDAR ESSA OBRA, ENTÃO CLIQUE NO ANÚNCIO ABAIXO! 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.