sábado, 18 de agosto de 2018

ESCOLA DOMINICAL CENTRAL GOSPEL - Subsídio da Lição 8

AULA EM___DE______DE 2018 – LIÇÃO 8
(Revista: Central Gospel - nº 55)

Tema: Acabe, Um Rei Manipulável e Idólatra

Texto Bíblico Básico: 1 Reis 16.29-33

Texto áureo: Jeremias 23.13
 _________________________________________
 PALAVRA INTRODUTÓRIA
- Professor(a), nesta lição convém lembrar sempre que o reino se dividiu em dois e por isso havia reino do Norte chamado de Israel e reino do Sul chamado de Judá.
"Infelizmente Acabe conseguiu ser um regente ainda pior que Onri", a história de Acabe é com certeza a mais conhecida de todos os reis do reino do Norte, principalmente por causa de sua esposa Jesabel.
"pois institucionalizou o culto a Baal", quer dizer que tornou o culto a esse ídolo como algo legal e obrigatório em Israel.
_______________________________________________
1. JEZABEL E SUAS ASTÚCIAS MALIGNAS
"pois Jezabel era filha de um rei-sacerdote fenício", era filha de um rei que professava uma religião pagã e por ser filha ela era também sacerdotisa dessa divindade pagã.
"Após unir-se a Acabe, ela dominou-o por completo", talvez tenha sido esse o maior erro de Acabe, era dominado por Jesabel, chega-se a pensar que Jesabel era quem governava de fato e não Acabe.

1.1. A obstinação de Jezabel em matar os profetas
- "Jezabel estava determinada em eliminar o culto a Jeová em Israel", não era possível cultuar a outras divindades em Israel, pois a maior pregação dos profetas e sacerdotes de Deus é contra a idolatria e o culto pagão, dessa forma normalmente haveria atrito entre Jesabel e o povo de Deus. Até hoje é impossível ao crente servir a dois senhores, como vemos em outras religiões.
"cem homens tementes a Deus foram preservados naquele tempo", estes cem eram profetas de Deus que falavam em nome do Senhor, mas o Senhor declarou ainda que havia 7 mil remanescentes em Israel que não cultuavam a Baal. 1 Rs 19.18

1.2. O culto a Baal
- "o culto a Baal servia-lhe de atrativo", nesse ponto é interessante perguntar se algum aluno sabe por que o culto a Baal atraía tanto os israelitas?
A resposta é que o culto a Baal era marcado pela libertinagem e orgias, enquanto o culto a Deus era pela santidade, e qual dos dois atrai mais?

2. ELIAS VERSUS BAAL
- "que significa o Senhor Jeová é Deus", o nome Elias por si só, já era uma forma de protesto contra a idolatria pagã.
"A partir da oração de Elias, Jeová não permitiu que caísse orvalho ou chuvas", Deus deu a Elias uma autoridade tremenda, ele ficou conhecido como o profeta do fogo, pois o seu ministério está envolto em eventos acerca do fogo.

2.1. O perturbador de Israel
- "era chamado pelo rei Acabe de perturbador de Israel", na verdade Elias perturbava a Acabe, o rei via em Elias o poder de Deus operando e com certeza isso o enchia de dúvidas, essa é a principal perturbação na vida de um ímpio como Acabe, ele sabe que está errado, mas está aprisionado aos seus sentimentos e às pessoas que os influenciam.

2.1.1. Os falsos profetas contra Elias no monte Carmelo
- "convocou a nação israelita a decidir a quem serviria", a expressão que ficou marcada nessa ocasião e que é usada até os dias atuais é essa:
"Então Elias se chegou a todo o povo, e disse: Até quando coxeareis entre dois pensamentos?"1 Rs 18.21a
Deus quer que cada um tome a sua decisão, pois o que fica em cima do muro está em situação pior que ímpio.


2.1.2. E há de ser que o deus que responder por fogo esse será Deus (1 Rs 18.24)
- "O desbaratamento dos profetas de Baal", se refere à morte de 850 profetas das divindades pagãs de uma só vez, o povo fez isso após declarar "Só o Senhor é Deus!"

3. O VINHEDO DE NABOTE
- "a Lei proibia a transação", Nabote se recusou a vender a vinha, pois vendê-la implicaria em vender também a terra, e a terra era herança entregue por Deus às famílias e isso era regulado pela Lei de Moisés, Nabote foi muito sábio e corajoso.

3.1. As artimanhas de Jezabel
- "Os nobres e as autoridades da cidade seguiram todas as instruções da rainha", Jesabel de fato era mais temida que Acabe, ela era quem governava em lugar dele, embora Acabe  fosse o que era, ele ainda temia um pouco ao Senhor, por isso achou que jamais poderia se apossar daquela vinha, mas Jesabel não tinha qualquer temor a Deus e por isso armou uma armadilha para matar Nabote.
Devemos ter o devido cuidado para não nos aliar com aqueles que não temem a Deus, pois são capazes de coisas horrendas.

3.2. O juízo do Senhor sobre Acabe e sua casa
- "teve de ouvir as palavras duras de punição, as quais se cumpriram de forma literal", note que todas essas maldições foram decretadas após a morte da família de Nabote, Deus tolerava Acabe e sua esposa pagã, mas ao tocar numa família o Senhor não teve mais tolerância.
"Devorarei os seus descendentes e eliminarei da sua família todos os do sexo masculino", seria o mesmo que dizer: "eliminarei a tua semente", dessa forma a memória de Acabe seria apagada de Israel e isso era terrível para um rei.

Conclusão
- "mas também podemos escolher enfrentar com Deus (e em Deus) os desafios", Deus não se agrada de quem vai pela cabeça dos outros, que tem opinião própria, que é influenciável facilmente, como Acabe.
Deus gosta de ver um crente firme no propósito e em suas convicções.
Faça uma revisão e corrija a atividade proposta.

Pr Marcos André


Contatos Pr Marcos André: palestras, aulas e pregações: 21 969786830 (Tim e zap) 21 992791366 (Claro)

SE VOCÊ QUER AJUDAR ESSA OBRA, ENTÃO CLIQUE NO ANÚNCIO ABAIXO! 

2 comentários:

  1. Paz do Senhor Pr Marcos André!... Que subsídio abençoado!... Que Deus continue abençoando ao senhor e a sua família!... Glória à Deus, como o senhor tem nos ajudado, com essas ministracões tão esclarecedoras, para nós professores de EBD!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém, amém, que bom, me ajude em oração amado. paz de Cristo.

      Excluir

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.