quinta-feira, 18 de outubro de 2018

ESCOLA DOMINICAL BETEL ESBOÇO - Subsídio da Lição 3


AULA EM 21 DE OUTUBRO DE 2018 - LIÇÃO 3
(Revista Editora Betel)

Tema: A importância da perseverança
Texto Áureo: 2 Co 4.8,9

INTRODUÇÃO
- Professor(a), neta lição aponte sempre o exemplo de Neemias, para não sair do foco, estude antes as suas qualidades apresentadas aqui e outras que por ventura você descobrir.
"como Neemias enfrentou essas circunstâncias, não esmoreceu",é bom já deixar claro que se algum líder tiver compromisso em cuidar das ovelhas de Cristo, vai ter trabalho, perseguições e até decepções, mas aquele que coloca a mão no arado não deve esmorecer diante dessas adversidades. Por outro lado, aqueles que fazem a obra com o objetivo de angariar recursos, cargos e renome sofrem pouco com adversidades, porém no final muitos deles irão para o inferno.
1. Os princípios empregados por Neemias
- "não só compreendam a visão, mas também que a vivencie e a respirem", ou seja, o líder não só mostra o que deve ser feito, mas acompanha a execução. Um pastor de uma igreja ou líder de departamento, não somente ensina, mas também cobra a execução.

1.1. O princípio da prioridade
- "já fora contemplada por muitos, mas ninguém tomava a iniciativa", já haviam dois grupos que foram anteriores a Neemias, um com Zorobabel e outro com Esdras. Eles se esforçaram mais em restabelecer o culto e reconstruir o templo.
"sensação de impotência era uma autêntica barreira", os judeus não tinham condições de fazer nada e nem com quem reclamar, por isso a maioria deixava de lado os problemas estruturais.
"só podem ser idealizadas por uma mente tranquila", quer dizer que Neemias não tinha sua mente empenhada em outras coisas, atualmente existem um ativismo muito grande nas igrejas, onde os líderes fazem várias coisas ao mesmo tempo e muitos acabam não realizando seus projetos por conta desse ativismo.

1.2. O Princípio da cooperação

"edifica relacionamentos enquanto participa das tarefas", ninguém consegue fazer nada sozinho, aqueles que são mais fechados, ou que constroem poucos relacionamentos encontram muitas dificuldades na realização de projetos, quem possui mais amizades tem mais chances de conseguir recursos, material, oportunidades e apoios.
"Todos cooperando para a reconstrução dos muros", os tipos de pessoas mencionadas aqui só tinham uma coisa em comum, a liderança de Neemias, eles tinham a admiração pela causa daquele líder, por isso decidiram seguí-lo na empreitada.
Fig 1. Quando se delegar tarefas, todos podem participar.
"isso é delegar tarefas", quando o líder centraliza as tarefas em torno de si, ele se desgasta e começa a gerar desânimo em muitos liderados que anteriormente estava empolgados. As pessoas gostam de colocar as mãos na obra e ver as coisas acontecerem. Fig 1.

1.3. O princípio da comunicação
"O resultado foi a confusão de línguas", e como resultado da confusão de línguas a obra da torre de Babel parou, Deus mexeu naquilo que os unia, a comunicação. Atualmente muitas atividades param por falta de comunicação, pessoas que falam o mesmo idioma podem não se entender na hora de executar as tarefas na obra de Deus.
"Desta forma, puderam obter o favor de Deus", agora Deus fez com que eles se entendessem perfeitamente, quando alguém está na obra de Deus com outras intenções no coração, dificilmente essa obra consegue seguir bem, muitas vezes vai com dificuldades e outras até param.

2. Motivação, inspiração e trabalho
- "mas se colocou a disposição para inspirá-los com seu exemplo", esse é o princípio da liderança, as pessoas seguem aqueles que elas veem que podem levar a vitória, aqueles que elas veem trabalhando. O exemplo é o argumento mais forte para se convencer alguém. 


2.1. Instrumento nas mãos de Deus
Fig 2. Pedro deixou de olhar pra Jesus
"mesmo assim, consiga ausentar-se da autoexaltação", dificilmente alguém fala de si mesmo sem puxar uma sardinha para sua brasa, Neemias conseguiu, principalmente por estar sendo inspirado pelo Espírito Santo de Deus, pois a sua narrativa da construção dos muros entraria para o livro sagrado.
"Se pensarmos de modo diferente, é possível que estejamos tentando roubar a glória", quando alguém começa a achar que realizou algo por seus méritos pessoais, então começa a tirar Deus do foco e a se colocar no foco, a partir daí podemos ter vários finais para esse tipo de filme.

2.2. Produzir sob pressão
 - "líder é aquele mantém firme a visão da meta a ser atingida", quando um líder consegue manter seus liderados focados num propósito, eles olharão menos para as dificuldades e adversidades, pois terão uma meta prioritária. Fig 2.
- "mantiveram a disposição de continuar trabalhando", o simples fato de se ocupar do trabalho nos ajuda a não olhar as dificuldades que querem tirar nosso foco e nos parar. São muitos inimigos da obra de Deus, muitos emprestam seus pensamentos a Satanás e se colocam como barreira contra o povo de Deus.

2.3. Impelido pela fé
"mas estava impelido pela fé e conseguiu incuti isso no povo", o verdadeiro líder consegue passar para os liderados a importância da tarefa e assim eles se empenharão da mesma forma que aquele que os lidera.

3. Como reagir às críticas?

3.1. Não desanime com as críticas
...

3.2. Não dê demasiada importância às críticas
- "elas devem ser consideradas", até mesmo as críticas destrutivas podem ser aproveitadas de forma construtiva por aquele que é alvo delas, pois quando somos criticados destrutivamente é porque o que nós estamos fazendo está incomodando os invejosos e arrogantes.
"mas não devemos deixar que nos dominem ou guiem", quando alguém ainda não conseguiu chegar a uma maturidade, essa pessoa não suporta nenhuma crítica, nem construtiva e tão pouco as destrutivas. As suas tarefas são logo abandonadas na metade.
"há também os que estão no mesmo pensamento e dispostos a nos ajudar", às vezes só olhamos para os que nos criticam e isso acaba nos desanimando, mas se nos concentrarmos nos que estão dispostos a pegar conosco no arado, então nos animaremos na obra.

3.3. Ore pelos autores das críticas
"No entanto, pode não perceber sua falta de sensibilidade", devemos ter o máximo cuidado ao emitir opiniões sobre qualquer atividade de outros, nem sempre seremos bem interpretado e a nossa opinião poderá ser entendida como uma crítica destrutiva. Ainda que alguém faça uma crítica com a melhor das intenções geralmente não será bem recebida.
"e consideram que suas ideias são ímpares e infalíveis", essa é uma característica do orgulho, algumas pessoas se acham intelectualmente acima das outras e assim acreditam saber mais e se acham em condições de sempre acrescentar algo.
"É uma capacidade de se afirmar de maneira clara, objetiva e transparente", é preciso deixar claro o nosso foco, desanimar a pessoa de fazer novas críticas que não serão aceitas, ser claro com alguém não é pecado, e muitas vezes é necessário, pois alguns dos nossos críticos pensando ajudar acabam nos atrapalhando.

Conclusão
"trabalhava junto com seus liderados", vale a pena reafirmar, quando o líder coloca a mão no arado junto com a equipe, ele os impulsionará ao trabalho, pois eles verão que o seu líder entende do que está mandando eles fazerem.
- Faça a revisão.
- Corrija o questionário.


Pr Marcos André

Contatos Pr Marcos André: palestras, aulas e pregações: 21 969786830 (Tim e zap) 21 992791366 (Claro)

SE VOCÊ QUER AJUDAR ESSA OBRA, ENTÃO CLIQUE NO ANÚNCIO ABAIXO! 

2 comentários:

  1. Bom dia a paz do Senhor Jesus, os comentarios são otimos, mais nao chegam ao ponto 3, porque?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, tenho tido aolguns problemas estas últimas semanas, devido a um computador quebrado, mas o problema já foi solucionado, e nesta semana será concluído.

      Abraços

      Excluir

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.