sexta-feira, 9 de novembro de 2018

ESCOLA DOMINICAL BETEL ESBOÇO - Subsídio para a Lição 6



AULA EM 11 DE NOVEMBRO DE 2018 - LIÇÃO 6
(Revista Editora Betel)

Tema: Enfrentando as diferentes investidas do inimigo
Texto Áureo: Ne 6.3
INTRODUÇÃO
- Professor(a), nesta lição a ideia é transmiti o quanto o inimigo de nossas almas é persistente e como devido a sua natureza ele consegue nos cercar e até usar pessoas próximas do nosso convívio para nos atingir.

1. Velhos inimigos, novas máscaras
Aqui convém orientar aos alunos, que se o inimigo for envergonhado hoje, ele virá por outro meio depois, pois o que falta em muitos crentes, sobra no diabo, a persistência. Ele tenta se infiltrar de uma forma, não consegue, então vem de outra.
1.1. Buscando a distração dos trabalhadores
- "vale dizer que a cidade continuava exposta ao perigo", apesar de a obra estar aparentemente acabada, ainda faltava a finalização. Embora, às vezes, pareça que estamos na reta final, mas ainda estamos expostos ao ataque.
"rumo à benção que os ataques se intensificam",  pelo menos dois momentos em que o inimigo mais se empenha em atacar, o início da obra e o final. No início porque ainda não sembemos lutar com habilidade e no final da caminhada porque geralmente o servo está mais desatento.

1.2. Falsa aparência amigável
Nesse ponto pode ser usado como exemplo as situações que às vezes passamos em meio à sociedade, trabalho, escola, etc. Nesses locai algumas pessoas movidas por inveja alimentam ódio silencioso contra nós, por inveja ou ciúmes, se tornam inimigos não declarados, nos boicotam, falam mal de nós pelas costas e sempre que encontram uma oportunidade denigrem nossa imagem.

1.3. Afastar ou intimidar o líder
Neemias era um alvo compensador para os inimigos da obra, pois se ele parasse os outros não o teriam mais como um exemplo, assim é que o inimigo tem agido contra os líderes no povo de Deus nos dias de hoje. É estratégia de Satanás afastar determinado líder de perto da obra para ele deixar de ser a referência e ficar vulnerável e se conseguir abate-lo Satanás também conseguirá parar os trabalhadores.

2.Táticas para Vencer os Opositores
Aqui vão ser apresentadas algumas táticas para combatermos os opositores, mas todas elas devem estar acompanhadas da oração, ou seja, devemos orar para por em prática as táticas de combate.


2.1. Discernimento, uma Importante Arma de Defesa
Aqui está falando a respeito do discernimento espiritual, ou seja, conhecer o que acontece no mundo espiritual, como o inimigo age nesse mundo, para que o crente possa ter esse entendimento é necessário a maturidade espiritual, maturidade essa que não se consegue com o tempo, mas pela atitude. Por isso temos irmãos com muitos anos de igreja, mas que agem como meninos, outros mais novos, mas com postura e atitudes de autoridade espiritual e conhecimento.

2.2. Manter o foco, uma Arma indispensável na Obra de Deus
Aqui é apresentado o exemplo de Neemias focado totalmente na tarefa principal, não deixando seu objetivo para se reunir com os inimigos, isso está expresso na seguinte passagem: "E enviei-lhes mensageiros a dizer: Faço uma grande obra, de modo que não poderei descer" Ne 4.3a
O fato de sermos cooperadores de Deus nos impulsiona a mantermos mais o foco na missão.

2.3.Oração, uma Arma Fundamental para Renovar as Forças
Comente com os alunos, que na época de Neemias o clima era bem parecido com os dias atuais, não há relatos de grandes operações de maravilhas, Neemias orava e não via os grandes milagres, mas apenas a mão de Deus operando nas pequenas coisas, isso era suficiente para ele, e o nome disso é fé.
Hoje precisamos exercitar nossa fé na oração e em contemplar agir de Deus nas pequenas coisas.

3. Resistindo à Intimidação
Os judeus só não desistiram da reforma porque tinham um líder que se empenhou, dando um exemplo de coragem, estratégia e determinação. Muitas atividades no Reino de Deus está seguindo adiante porque há homens comprometidos com essa obra, dedicados e que clocam a mão no arado, esses homens impulsionam outros a pegarem juntos na obra, a não desistirem da missão.

3.1. Consolidando as Conquistas
A obra estava na reta final e é nesse momento que os inimigos tentam nos parar, como tentaram fazer com Neemias, mas é nessa hora que se deve consolidar a conquista. Talvez nossa tarefa seja numa nova congregação, num departamento, numa superintendência ou num novo ministério. Consolidar as conquistas é manter para não perder que se ganhou.

3.2. As Estruturas de uma Liderança Eficaz
Aqui é apresentado três elementos da liderança de Neemias que podemos aplicar: seu caráter, sua confiança e sua coragem, cada uma delas pode ser vista separadamente: o caráter é a essência do líder cristão, pois vive pela Palavra de Deus e seus liderados percebem esse caráter e o seguem. A confiança dá ao líder a certeza de que Deus está no controle e por isso ele vence obstáculos e a coragem faz ele prosseguir em meio ao perigo.

3.3. Um Caminho Traçado por Deus
A fé em Deus é o maior tesouro de um líder cristão, se ele colocar em prática essa fé, será um excelente líder dos servos de Deus. Por isso o líder cristão tem que ter fé em Deus acima de tudo.

Conclusão
Aqui é uma mensagem para todos os potenciais líderes da obra de Deus, que hoje são alunos de uma classe da EBD, hoje é hora de aprender, mas chegará o momento de colocar em prático tudo isso.
Faça um resumo e corrija o questionário.


Pr Marcos André

Contatos Pr Marcos André: palestras, aulas e pregações: 21 969786830 (Tim e zap) 21 992791366 (Claro)

SE VOCÊ QUER AJUDAR ESSA OBRA, ENTÃO CLIQUE NO ANÚNCIO ABAIXO! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.