sábado, 8 de dezembro de 2018

ESCOLA DOMINICAL BETEL ESBOÇO - Subsídio da Lição 10



AULA EM 9 DE DEZEMBRO DE 2018 - LIÇÃO 10
(Revista Editora Betel)

Tema: Atitudes coerentes com o pacto firmado
Texto Áureo: Ne 10.29

INTRODUÇÃO
- Professor(a), esta lição sai um pouco do foca da liderança e fala de arrependimento, observe a linha que você deve conduzir a sua aula.Porém se sua igreja estiver num clima de liderança, ter ocorrido algum evento sobre esse tema ou algo assim, vale a pena continuar falando disso dentro desta lição.
"convicção dos filhos de Israel de que tinham que viver de acordo com o mandamento", é interessante perguntar aos alunos por que acontece esse juramento? Deixe a classe trabalhar as ideias, dê a pista de que a resposta está nos capítulos 8 e 9 e depois dê a resposta, veja, esse juramento acontece após o ensino da Palavra, arrependimento e consagração do povo e as orações de Neemias, essa é uma fórmula maravilhosa, ensino, arrependimento, oração e jejum.

1. A base do pacto
"os estatutos do Senhor foram os fundamentos para a aliança", aqui foi onde tudo se iniciou, os estatutos do Senhor, o Espírito só pôde trabalhar no coração após o conhecimento da Palavra haver chegado.

1.1. A importância da aplicação
"e nada adianta o conhecimento se não se permitir que se faça uma transformação", para alguns adianta, adianta para conseguir status, se sobressair aos demais, se impor na argumentação e diminuir os outros, além de conseguir dinheiro com agendas etc. Alguns buscam o conhecimento para ficarem espertos como o Diabo.
"a de agente do convencimento. A Bíblia age como espelho e luz", o Espírito Santo convence, mas para isso a Palavra tem que ter entrado no coração, pois ela é a espada do Espírito e Ele só vence as batalhas no interior da pessoa se tiver a Sua espada.
A palavra com espelho serve para mostrar os erros de quem a lê, dessa forma a pessoa é trabalhada pelo Espírito Santo.

1.2. Compromisso com a obediência
- " atacam as doutrinas porque se sentem incomodados por elas", são os que usam a Palavra para ficarem espertos, e fazerem guerra no interior das igrejas, gostam de debater em escola dominicais porque tem oportunidades para falar. Debatem na frente de pessoas que estão sendo salvas sobre coisas que não são essenciais à salvação.
"fogo amigo", esse é um jargão militar para designar um ataque de uma unidade de combate sobre uma fração aliada. Nas igrejas ocorre muito esse "fogo amigo". Ex. um ministro chega para pregar em uma igreja e desce a marreta em um doutrina que ele não concorda sem buscar saber o posicionamento do pastor presidente de tal igreja.

1.3. Uma liderança participativa
"não precisa, necessariamente, fazer parte de todos os trabalhos na prática", o povo pode ser chamados pela dirigente da mesa de oração a estarem na consagração, mas somente com a presença da liderança da igreja é que eles serão animados a estarem lá. Pode ser exortado pelo superintendente da EBD, mas somente com a presença dos líderes da igreja é que conseguirão fazê-lo.
2. As responsabilidades do pacto
"O pacto serviria de mastro ao redor do qual o avivamento seria mantido", o mastro serve para marcar um território com uma bandeira e aqui seria a bandeira da Lei do Senhor, marcando aquele povo como consagrado a Deus.

2.1. Uma vida em constante santificação
- "nos mostra a união do povo em decidir andar segundo a lei Senhor", a união aqui fez toda a diferença, não foi só o desejo de praticar a santidade, mas o desejo em conjunto. Isso deveria ser aplicado em todas as igrejas.
"Satanás tenta nos emaranhar com seus tentáculos", as muitas atividades seculares propicia esses ataques de Satanás, pois ele vem nas propostas de trabalho, nos passeios, nas parcerias comerciais, sociedades, contatos de redes sociais e etc.

2.2. Evitando o jugo desigual
"Não é aconselhável que um cristão se envolva com alguém que milita uma fé diferente da sua", isso porque é muito ,ais fácil o servo de Deus ser influenciado pela vida mundano do cônjuge do que o contrário.
"Salomão começou muito bem seu reinado, porém, o início de sua derrocada deu-se com os casamentos mistos", Salomão apesar de toda sua sabedoria  foi corrompido por suas mulheres, mostrando que quando o assunto é matrimônio não se deve contar muito com a sabedoria depois casamento, pois toda essa sabedoria deve ser aplicada antes, na hora da escolha.

2.3. Dispostos a contribuir
...

3. A importância de um viver consciente
...

3.1. O arrependimento que humilha e o louvor que estimula
...

3.2. Vida cristã não é conto de fadas
...

3.3. Cultivando atitudes edificantes
...

Conclusão...


Pr Marcos André

Contatos Pr Marcos André: palestras, aulas e pregações: 21 969786830 (Tim e zap) 21 992791366 (Claro)

SE VOCÊ QUER AJUDAR ESSA OBRA, ENTÃO CLIQUE NO ANÚNCIO ABAIXO! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.