INICIE CLICANDO NO NOSSO MENU PRINCIPAL



__________________________________________________________________

domingo, 22 de março de 2015

INTERPRETAÇÃO BÍBLICA - A Criação ou as Criações?


Tomemos os seguintes versículos:

“1 No princípio criou Deus o céu e a terra.
2 E a terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo; e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas.
3 E disse Deus: Haja luz; e houve luz.”
Gênesis 1.1-3

Esses versículos abrem as Escrituras e por isso selecionamos eles para uma análise mais profunda. Em primeiro lugar eles falam acerca da criação que parece começar no verso primeiro, porém o relato da Criação propriamente dita se inicia com o “Haja...” no versículo 3. A maioria dos eruditos e teólogos afirmam a existência de uma era pré-adâmica a qual chamam de dispensação dos anjos, admitindo assim a existência de duas criações: 

A primeira criação ocorre no verso 1: “...criou Deus...” o verbo usado é “bara” que significa criar do nada, teria então Deus criado os céus e terra a partir do imaterial.

A segunda ocorre a partir do verso 3: “...haja luz...” criando então a partir de uma terra que já existia.

Dessa forma se aceita que entre os versos 1 e 3 tenho se passado milhões de anos e que nesse período tenha sido extinto os dinossauros, cujos fósseis existem até hoje (Dake edição 1997, pág 4). Muitos estudiosos criticam a ideia de Deus criar algo sem forma e vazio, inclusive no Manual Bíblico da Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) aparece o verbo “estava” ao invés de “era”, ficando “estava sem forma” (Manual Bíblico SBB, pág 115)

O ponto que parece ser comum entre estudiosos cristãos e cientistas geólogos é que houve algum fato que teria extinguido quase todas as formas de vida da terra e então teria surgido novas formas de vida inclusive o homem. Para os cientistas talvez um meteoro tenha se chocado com o nosso planeta promovendo uma catástrofe mundial onde uma densa nuvem de poeira teria impedido a luz do sol por anos, sendo que para os cientistas a vida teria surgido a partir daí por meio da evolução de espécies.

Para os teólogos a afirmação de que Satanás foi lançado na terra coincide com a teoria desse impacto de meteoro na Terra. Lc 10.18

A teoria proposta é de que após a rebelião no céu, Satanás teria sido lançado na terra exterminando assim tudo que havia no planeta, deixando ela sem forma e vazia, ficando apenas os quatro elementos fundamentais para o início dos seis dias da Criação: terra, fogo, água e ar.

Podemos então aceitar a ideia de que houveram duas criações distintas, uma que é mencionada no verso primeiro de Gênesis 1 e outra que inicia a partir do verso 3. Isso explicaria a infinidade de fósseis de animais extintos existentes no mundo. A verdade plena saberemos no céu, mas por agora podemos ter essa noção.
Essa é a proposta de uma teoria que já aceita por muitos crentes, procurei aqui dar forma a esse entendimento.
Todos são livres para aceitá-la, acrescentá-la e até combatê-la se achar necessário!

Marcos André - Evangelista

7 comentários:

  1. A Paz do Senhor!
    Estou em plena concordância com esse texto, e quero aqui acrescentar um pouco mais a este rico conteúdo. Acrescentando na questão onde se fala sobre a queda de Satanás.
    Penso sim que os dinossauros existiram, pois existem fósseis, ossadas que comprovam sua existência, e que este foram extintos a partir do momento em que Satanás foi expulso do céu e lançado na Terra, que, devido a sua queda, houve a interrupção da luz do Sol na Terra, e com isso, todo tipo de planta morreu. Morrendo as plantas, os animais herbívoros não tinham com o que se alimentar e logo morreram também. Com a morte dos animais herbívoros, os animais carnívoros não tinham como se alimentar, gerando assim, dentre outras coisas, a extinção destes animais. Acrescento também o texto de Ezequiel 28. 11-29.

    Parabéns irmão Marcos! Belo texto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Irmão Diogo, obrigado por esse excelente acréscimo, eu conhecia o texto de Ezequiel, mas preferir não citá-lo para deixar os leitores a vontade para fazê-lo e você foi direto ao ponto. Sabe que essa é um teoria, mas ela está cada vez mais aceita pelo povo de Deus.

      Paz.

      Excluir
  2. Querido professor André,"olha nois aqui traveis",rsrsrsrs...de vez em quando eu apareço e espero que ao ler este comentário esteja com boa saúde e na paz de Cristo.Muito tempo atras eu ficava intrigado em ver pela televisão,tantos ossos de dinossauros que aparecia em todas as partes do planeta e não via conexão com a biblia,me deixando com a pulga atras da orelha.Conversei com muitos irmãos e nenhum me dava uma resposta satisfatoria,sem contar com os mais "fanaticos",que diziam que esse negocio de dinossauro era coisa do diabo.Comecei a pesquisar estudando a biblia,colhendo informações de muitos escritores biblicos e orando ao Senhor para obter uma resposta.Passado algum tempo eu creio que achei a resposta,crendo tambem que a terra pode ter milhôes,bilhões de anos e que a biblia não choca com a ciencia neste quesito.A luz lançada neste assunto veio quando eu li esta passagem da biblia,Is 45.18,que diz:
    "Porque assim diz o Senhor que tem criado os céus, o Deus que formou a terra, e a fez; ele a confirmou, NÃO A CRIOU VAZIA, mas a formou para que fosse habitada: Eu sou o Senhor e não há outro.(grifo meu).
    Genesis diz que a Terra estava vazia,mas Isaias 45.18 diz que o Senhor não a criou vazia...ALGO ACONTECEU!!!!...há a teoria de que a queda de satanás fez com que isso acontecesse,pode ser,mas não importa neste caso,o que importa é saber que a Terra teve uma criação original e que os 7 mil anos,mais ou menos,biblicos,é referente a recriação ou uma criação nova.
    Nós,chamados de protestantes,pela humanidade,poderíamos mostrar isso ao mundo científico e não ficar batendo de frente com eles ignorando a revelação bíblica quanto a este aspecto,assim não passaríamos por ignorantes como fizeram com a igreja católica em tempos passados no caso de Galileu Galilei,quando o mundo científico tirou o maior "sarro" na cara dos católicos,rindo da ignorancia deles.
    Um abraço,querido irmão.
    Paz do Senhor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paz de Jesus meu irmão Carlos Paulista, estava com saudades do amado, desses comentários inteligentes que o irmão elabora, um dia eu vou na tua igreja pra te dar um abraço pessoalmente. Li cada palavra que o irmão comentou e quero te dizer que você me deu mais um verso que eu não achei no meu estudo, me refiro a 45.18 que você citou com maestria, concordo com o que você comentou e acredito que os teólogos devem elaborar estudos focando na abertura das Escrituras aos leigos. Esse é um dos objetivos do CLUBE DA TEOLOGIA.
      Graça e Paz da parte do nosso Senhor.
      Grande abraço.

      Excluir
    2. Grato pelas palavras,professor...se vier será bem recebido e me dará gosto abraça-lo tambem.
      Moro em Jaboticabal-SP e sou presbítero na AD Madureira.
      Abraço e fique na paz do Senhor.

      Excluir
  3. terra sem forma e vazia quer dizer realmente Isaías 45:18 isso quer dizer inospita quer dizer sem condição de vida como qualquer outo planeta. mas Deus sabia que era o planeta apropriado com as condições para se produzir vida e a perpetuação.segundo a ciência hoje afirmam que os planetas são formados água salgada imagino água rochosa mas salgado sem condição de vida neles.
    havia trevas sobre a face do abismo isso era grandes vapores que sobiam da terra vapores densos, isso é o mesmo caso da praga das trevas no Egito, trevas tão densas que poderiam tocar.
    não sou cientista gosto mais é de ouvir, não podemos explicar as coisas de Deus por teorias Deus não é teórico é tudo fundamentado.
    o único método existente para o homem buscar respostas para essas coisas e dar respostas vejo que é pelo conhecimento que Deus nos dar no decorrer de nossa vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Interessante meu querido, penso que as teorias não explicam nada, apenas dão uma ideia do poderia ter ocorrido, pois são somente teoria. Concordo contigo nisso e acho que só teremos conhecimento profundo sobre tudo isso quando tivermos nosso corpo transformado no dia do arrebatamento.

      Paz de Jesus.

      Excluir

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.