domingo, 21 de agosto de 2011

INTERPRETAÇÃO BÍBLICA - Fogo a Terra



A paz amados, analisemos o versículo a seguir:


“Vim trazer fogo a Terra e que mais quero, se já está aceso?” Lc 12.49 (Versão Almeida Revista e Corrigida - ARC): 


Agora outra versão:
“Eu vim para lançar fogo sobre a Terra e bem quisera que estivesse a arder.” Lc 12.49 (Versão Almeida Revista a Atualizada - ARA):

  Chama a atenção a forma como esses textos, embora sendo o mesmo, foram interpretados e de forma tão diferentes nestas duas versões mais utilizadas no Brasil, pois na versão ARC, o texto passa a mensagem de Jesus de forma branda e conformada, onde Jesus afirma que o fogo já está aceso.


  Já na versão ARA, o mesmo texto aparece de forma mais tenebrosa, mais assustadora e mais eloquente, onde o Senhor Jesus afirma o desejo de ver o fogo aceso o quanto antes.

 Qual seria a melhor interpretação?

  Primeiro vamos definir a melhor tipologia para o termo “fogo” mencionado neste versículo.
 A Bíblia de Estudos – Vida Nova – Pr Russell P. Shedd, define em nota de rodapé, que o fogo mencionado nestes versículos representa a presença do espírito com a mensagem do evangelho que traz o juízo para o mundo, já na tradução do Rei Tiago, edição do Novo Testamento para estudos, o mesmo texto, segundo nota de estudo, representa o juízo que o evangelho trouxe a terra a partir da cruz.


  As duas afirmações confirmam o que o contexto mostra, de acordo com os versículos 51-53, que fala de julgamento.


  Quanto a melhor interpretação, vamos analisar de acordo algumas das melhores versões e traduções:

King James: “Eu vim para trazer fogo sobre a terra e como gostaria que já estivesse em chamas!”

N.V.I: “Vim trazer fogo à terra, e como gostaria que já estivesse, aceso!” 

Edição Pastoral: “Eu vim para lançar fogo sobre a terra: e como gostaria que já estivesse aceso!” (tradução Católica)


Conclusão:
   Essas traduções e versões são mais atuais do que a Almeida Revista e Corrigida (ARC), então parece ter havido uma espécie de correção nas versões mais atuais, concluímos que a Versão Almeida Revista e Atualizada é a melhor interpretação “neste caso” e que realmente o desejo do Senhor Jesus era trazer o juízo para este mundo o quanto antes. 
  Pode haver alguma diferença na ênfase ao juízo, entre as duas versões, porém não há heresia, pois os dois textos correspondem a mesma tipologia “O Juízo de Deus”.


Marcos André - Professor
Se houver alguma dúvida? Mande uma pergunta!

2 comentários:

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.