INICIE CLICANDO NO NOSSO MENU PRINCIPAL



__________________________________________________________________

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

ARTIGO - Oração e Palavra


  Na Bíblia encontramos pelo menos dois períodos onde notadamente o Senhor deixou de falar ao Seu povo, o primeiro ocorreu no chamado período inter bíblico, onde o Senhor não enviou nenhum profeta pelo espaço de quatrocentos anos desde Malaquias até João Batista e o outro ocorre por um período de dez dias, da ascensão de Cristo ao céu até a descida do Espírito Santo. Nesses dois períodos observamos os fieis que não se apartaram da fé. No primeiro foi a nação inteira que se manteve fiel contra a idolatria nos quatrocentos anos sem profeta enviado e no segundo tivemos cento e vinte que ficaram unidos até a descida do Espírito Santo Atos 1.15, A questão que proponho aqui é: o que manteve esse povo fiel e unido sem a manifestação da presença de Deus em seu meio?
  
  Vejamos primeiramente os quatrocentos inter bíblicos. Aquele período iniciou logo depois da volta do cativeiro babilônico, onde o povo retorna a suas atividades e reconstroem o Templo e o muro, porém algo foi modificado para sempre na nação, Neemias e Esdras introduziram o ensinamento das Escrituras Neemias 8.1-8 a partir do evento mencionado nessa referência o sacerdote Esdras inicia a edificação das sinagogas, que eram escolas para o ensinamento das Escrituras, eles fizeram isso por entenderem que o motivo pelo qual foram para o cativeiro não foi a idolatria em si, mas a falta de conhecimento do Senhor Oséias 4.6. Dessa forma o conhecimento fez com que o povo ficasse fiel a Deus por todo longo período chamado inter bíblico.
  
  Já nos dez dias que antecederam o Pentecostes encontramos cento e vinte fieis. Como eles conseguiram ficar unidos em fidelidade uma vez que mais de quinhentos irmãos testemunharam a ressurreição do Mestre? 1 Coríntios 15.6 Havia uma prática comum naquele tempo que está registrada aqui:
    "Todos estes perseveravam unânimes em oração e súplicas, com as mulheres, e Maria mãe de Jesus, e com seus irmãos" Atos 1:14
  
  Jesus mandou que eles permanecessem em Jerusalém até o revestimento de poder Atos 1.4 e assim eles fizeram, mas ficaram em oração. Aqui está a resposta para explicar como eles conseguiram resistir fieis nos dez dias sem a manifestação do poder de Deus.
  Encontramos assim dois elementos que unem o povo de Deus: o ensinamento da Palavra e a prática constante da oração em grupo. Toda igreja que quiser crentes fieis e fortalecidos espiritualmente deve incentivar a prática desses dois elementos básicos.  

Marcos André - Evangelista

2 comentários:

  1. Em nosso cardápio espiritual, esses dois ingredientes não podem faltar, pois um completa o outro, a palavra de Deus nos deixa ciente o que Ele que de nós e o que ele não quer, mas somente saber disso não é suficiente, pois a bíblia relata muitas historias em que homens e mulheres mesmo conhecendo a palavra de Deus se apostaram da fé, a nação de Israel é um exemplo disso onde eram sempre inconstantes na fé, é aí que entra o poder da oração, onde o Espírito Santo nos capacita a obedecer sua palavra e nos faz lembrar de tudo aquilo que meditamos, é por isso que esses dois ingredientes espirituais são imprescindíveis, a paz do senhor meu querido irmão Marcos André.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso mesmo meu querido irmão Carlos, hoje alguns crentes praticam bem apenas um deles, sendo que existem aqueles que não praticam nenhum rsrs.

      Paz meu amado irmão.

      Excluir

Todos os comentários estão liberados, dessa forma o seu comentário será publicado direto no CLUBE DA TEOLOGIA.
Porém se ele for abusivo ou usar palavras de baixo calão será removido.